História A Sereia e o Pirata - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Mylène Haprèle, Nathanaël, Nino, Nooroo, Plagg, Tikki
Tags Adrien, Adrinette, Marinette, Miraculous, Pirata, Romance, Sereia
Visualizações 144
Palavras 1.044
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - VELHA AMIGA


Fanfic / Fanfiction A Sereia e o Pirata - Capítulo 16 - VELHA AMIGA

Autora -on-

Já faz cinco dias que Adrien, Nino e Alya, andavam de dia faziam um acampamento improvisado de noite. Durante esse tempo todo o pirata não sorria, estava preocupado demais para isso, toda noite ele olhava para aquele enfeite de estrela do mar, até que avistaram mansão simples, mas elegante.

-Chegamos.- Anuncia Adrien

-O que tem nessa casa que Felix quer?- Pergunta Nino

-Uma velha amiga minha e dele

Eles se aproximaram da casa, bateram na porta e o mordomo da casa atendeu.

-Posso ajudar?

Adrien escondia o rosto com um capuz o que lhe deixava suspeito.

-Gostaria de falar com a Senhorita Bridgette, ela se encontra?

-Sim.- Disse desconfiado.- Senhor...?

-Sou um velho amigo.

O mordomo não parecia convencido, se negou a chamar a a Senhorita, os quatro ficaram discutindo, até a própria Bridgette aparecer.

-William! O que está acontecendo? Quem são nossos convi...

-*Sorriso amarelo* A quanto tempo, como vai?

Ela correu e puxou o pirata pelo braço para dentro da casa. Olhou para trás.

-Vocês dois vão ficar olhando pra mim com cara de bobo, ou vão entrar?

Nino e Alya, apreensivos, entraram na casa e foram para a sala que ela tinha indicado, eles estavam assim, chocados, perplexos, a gorota que havia ido buscar eles era assustadoramente parecida com Marinette, olhos azuis e cabelos pretos azulados, a única diferença que puderam notar foi as marias-chiquinhas.

-Adrien!! Você ficou louco? Devia estar escondido, és procurado!

-Não se preocupe, eu me escondo muito bem.

-Convencido.

-Sempre, mas, mudando de assunto estou aqui para falar sobre Felix, eu, ou melhor, ele precisa de sua ajuda.

Esse nome provocava várias coisa em Bridgette, um deles era o arrependimento.

Autora -off-

Bridgette -on-

Ao ouvir o nome me lembrei de um pouco da nossa história.

Flashback -on-

Estava, mais uma vez, no castelo da família real, queria ver Adrien, era caidinha por ele, corajoso, inteligente, meio rebelde e, é claro, lindo. Diferente do irmão, meio quieto, tímido, o oposto de Adrien, toda a vez que vinha para o castelo ele me observada de longe, era estranho. Eu estava parte de fora do castelo, observando o mar e tomando chá, foi quando vi uma cauda de peixe, mas era grande e bonita demais, para ser realmente um peixe.

Curiosa e imprudente me aproximei, entrei no mar com o objetivo de poder tocar algo que já tinha desaparecido, quando desisti, era tarde, a maré tinha me puxado para o fundo, eu me debatia, mas não conseguia gritar por causa da água na minha boca, logo estava me afogando, afundei, tudo que pode ver foi o azul ficando cada vez mais escuro, quando finalmente fechei os olhos.

De repente senti alguém pressionando meu peito com movimentos de vai e vem, essa pessoa também fez respiração boca a boca. Quando parou eu me virei de costas cuspindo toda a água que tinha engolido.

-Bridgette! Está bem?

-Já estive melhor, mas obrigada Felix.

-O que aconteceu?

-Pensei ter visto uma sereia...

-*Risos* Você está falando como Adrien...Por favor, não faça mais isso.

Ele me abraçou muito forte por um longo tempo, e quando soltou sorriu, eu acabei me apaixonando por aquele sorriso. Anos passaram, e descobri o lado gentil de Felix, isso me atraia. Estávamos felizes... Até a fuga de Adrien, eu bati na porta do quarto dele.

-Pode entrar- Assim fiz.

-Felix!? Sou eu, você está bem?

-Não, Adrien sumiu, a pessoa que eu admirava se foi, e agora terei que tomar o lugar dele como sucessor e ... Me casar com Lila.

Eu conhecia ela, ou melhor, a fama dela, uma princesa extremamente egocêntrica e hipócrita, que repudiava os bordeis, mas os frequentava e pior era dona de um, que falava de igualdade, mas tratava seus servos como animais. Esbanjava riquezas em festas luxuosas, onde orgias eram comuns. E ela conseguia omitir tudo pelo simples fato de ser princesa. Se eles se casassem, além de deixar meu coração partido, ela provavelmente faria o reino falir.

-Isso é horrível, mas você sabe da reputação dela.- Disse soluçando

-Sei e é por isso que não quero me casar, meu pai fala que devemos honrar o acordo, e por isso não vai deixar que me case com mais ninguém.

Eu já estava em lágrimas, não podia acreditar que meu conto de fadas acabou de se tornar um pesadelo, e pensar que estava lá para dar mais uma notícia que iria acabar com o coração dele, eu iria para China, estudar os costumes e a cultura, pois, segundo a minha mãe como descendente, devo saber sobre o local de onde vim, não sabia por quanto tempo.

Ele veio até mim me abraçou e começou a chorar também, eu não suportaria me despedir dele.

-Está tudo bem, vamos achar um jeito...

-Adeus Felix...- Eu sai dos braços dele, e corri para a carruagem, ele estava tão chocado que só quando já estava fora do castelo ouvi ele gritando meu nome. Não olhei para trás e fui embora.

Flashback -off-

-Adrien... e-eu fiz uma coisa muito errada para o Felix, ele não vai querer me ver..

-Pode apostar, Bridgette, *pegando as mãos* ele sente muito sua falta, eu também decepcionei ele, e também acho que é tarde para pedir desculpa, mas acho que devemos tentar.

-Posso te perguntar algo antes?

-Claro!

-Por que fugiu?

Adrien olhou para os amigos dele, e voltou a olhar para mim.

-Fugi pois estava carente, tinha inveja de Felix, ele tinha uma mãe e a atenção do meu pai, só suportava ficar lá por causa do bibliotecário Senhor Fu, mas no dia que ele morreu acabei descontando tudo que sentia em Felix, briguei feio com ele, com minha madrasta e com meu pai, o chamei de covarde. Naquele dia eu fugi.

-Sabia que Felix te admirava?

-*Arregalou os olhos* Não. - Ele pareceu chateado e triste.

-Mas ele iria ser rei, mesmo eu não tendo fugido.

-Como assim?- Perguntei indignada.

-Para o rei o Felix seria melhor governante que eu.

-Isso é muito estranho, o rei é um completo maluco.

-Como assim

-Você conhece a reputação de Lila. - Ele afirmou- Como ele pode achar que você não pode governar, mas o filho amado dele pode se casar com aquela mulher?

-Tem alguma coisa de muito errada...-Ele concluiu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...