História A stranger in Korea - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~MiyukyMi

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Jikook, Namjin, Suga, Vhope
Exibições 21
Palavras 634
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal, me inspirei muito nesse capítulo espero que gostem.

Capítulo 5 - "Olha o passarinho... "


Fanfic / Fanfiction A stranger in Korea - Capítulo 5 - "Olha o passarinho... "

Abro a porta do quarto, era todo laranja sem nenhuma decoração, apenas uma cama de solteiro e outra porta que seria o banheiro. Meu pai ainda lembrava que eu gostava de laranja, era a cor do meu quarto quando eu era menor, que ótimo ele se importar comigo mas ele me abandonou desde que a empresa veio em primeiro lugar do que sua própria família. Eu não me dava bem com ele, nem com minha mãe, esqueci de dizer, mas a Carmem era na verdade minha madrasta, desde que eu tinha 2 anos, então chamo ela de mãe porque nem lembro da minha, meu pai diz que ela me abandonou, eu prefiro acreditar que não, mas ele não me deixa saber nada dela e eu nem tenho mais interesse nisso, se ela não me quis, tanto  faz, estou bem assim, nem meu pai que está ao meu lado quer saber de mim, estou acostumada a ficar sozinha, lá no Brasil eu tinha a Olga que me entretia, mesmo sendo a governanta ela era pra mim como uma pessoa da família, ou melhor, a única pessoa que eu amava. Ela já estava idosa, ficou doente por uns tempos e acabou morrendo, eu estava fazendo um curso nos EUA e meu pai nem pra avisar que ela estava mal, quando voltei, ele deu a notícia na maior cara de pau dizendo que não queria atrapalhar meus estudos. Nessa época nós até que nos dávamos bem, mas ai eu passei a odiá-lo cada vez mais. Uma pessoa egoísta que só pensa nele mesmo. 

Mas mudando de assunto, deixei minha mala num canto e desabei na cama totalmente exausta, foi um dia e tanto! Eu queria dormir, mas a imagem de Yoongi, piscando pra mim não saía da cabeça, eu não podia gostar dele, já tinha percebido seu jeito, todo conquistador a ponto de fazer tudo para ter oque quer, eu repugnava esse tipo de pessoa, mas algo nele não me fazia odiá-lo. 

Deixei esses pensamentos guardados lá no fundo da minha cabeça, tenho certeza que foi só uma "Boa impressão", nada de mais.

Nem percebo mas já estou dormindo, sonhando com Yoongi, no sonho,  ele aparece vestindo um terno Preto (tenho fetiches com caras vestindo ternos), eu com um vestido nude todo rendado, estamos numa festa conversando e bebendo quando ele me convida para ir em um lugar mais tranquilo, saímos dali e vamos para um quarto, mal entramos e ele me pega no colo já me beijando, me joga na cama e fica por cima me beijando mais ainda com desejo e eu retribuia passando a mão por suas costas fazendo-o gemer, ele pede para que eu tire o vestido mas por alguma razão não tem zíper e não consigo tirá-lo nem levantando ele. Yoongi se levanta meio estressado com a situação e sai do quarto, eu fico triste e ao mesmo tempo feliz porque logo em seguida entra Namjoon só de toalha mais uma vez, com sangue nos olhos me puxa para um beijo, tira a toalha mas no lugar de seu membro, vejo um passarinho, literalmente um passarinho no meio das pernas, começo a dar risada e Namjoon sai dali ofendido. Mano ele tinha um passarinho quem não daria risada?  Nessa hora levanto e vou para a festa mas não tinha mais ninguém somente o garoto da enfermaria com aquela cara de assustado segurando uma caixa de presente,  sei que é para mim, me aproximo,pego a caixa abro, e vejo o universo lá dentro, com suas estrelas e tudo mais, era roxo todo lindo, olho pro garoto emocionada,  não sei porque, e lhe dou um beijo, só que esse era diferente dos outros dois, mais calmo, apaixonado...

Acordo num susto babando no travesseiro, com alguém chamando meu nome no lado de fora e batendo na porta. 



Notas Finais


Sei que o sonho pode ter parecido meio louco mas já tive piores kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...