História A submissa do meu pai (Jimin) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi, Yoonseok
Exibições 131
Palavras 872
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oooie. Atrasei. Me desculpem. Estava beeem ocupada com a festa da minha amiga. Mas aqui está.

Boa leitura. [\_^_^_/]

Capítulo 19 - Amor, espera!


Jimin's POV

-Amanda!!-Eu gritava subindo as escadas-Amanda

-O que você quer? Saí daqui, Jimin. Vai cuidar da sua filha

-Primeiro preciso resolver esse assunto aqui. Abre a porta pra mim!

-Não!

-Tudo bem mas pelo menos me escuta. Eu não sabia que ela tava grávida, tudo bem? Eu terminei com ela antes de saber e ela não me contou. Ela me traíu com uns dois amigos..mas eu não posso dizer que o filho seja deles pois ela nunca transou com nenhum deles. E posso afirmar isso pois eu a perdoei e a primeira vez dela foi depois desse ocorrido e foi comigo. Acha que eu faria isso com uma criança? Mas não pense que vou te largar pra ficar com ela! Eu quero ter uma família com você. Eu posso assumir e tudo mais, eu amo crianças...mas eu te amo mais que tudo...

-Ah, duvido que não sabia da gravidez, Jimin

-Acredita em mim. Acha que eu mentiria para você?-Ela não disse nada.

Eu me abaixei e me encostei sentado na parede esperando que ela falasse alguma coisa mas ela não dizia nada. Eu chamei seu nome mais umas quatro vezes mas como eu disse ela não falava nada. Passaram-se uma, duas horas e nada dela sair..eu enconstei a cabeça na parede e acabei dormindo.

Amanda's POV

Passaram-se, acho eu, que algumas horas e eu resolvi sair do quarto para falar com ele. Assim que abri a porta eu o encontrei dormindo e me senti tão culpada! Percebi que ele falava alguma coisa baixinho, eu me aproximei e percebi que ele sussurrava para si mesmo "Amanda..não vai embora". Eu começei a chorar um pouco e me sentei ao seu lado, deitei sua cabeça em meu colo e comecei a fazer carinho em seus cabelos.


-Jimin...-Eu disse baixinho-Jimin!

-Você saiu-Ele disse sorrindo sonolento

-Desculpa por isso, eu acredito em você...só estava com raiva.

-Eu ficaria também se um cara chegasse aqui dizendo algo parecido. Desculpa eu não ter contado

-Mas você não sabia

-Mesmo assim, eu deveria saber

-Para de ser fofo..somos um casal que não briga nunca?-Perguntei sorrindo

-Quase brigamos agora. Mas eu prometi te fazer feliz e farei de tudo para não brigarmos. Que tipo de marido seria eu se vivesse brigando com a minha rainha?

-Jimin, para!-Eu falei sem graça

-Você está sem graça?

-Sim

-Então...que tipo de homem seria eu se ficasse tratando mal uma mulher explêndida como você que roubou meu coração com a velocidade de um cometa? Uma jóia rara que se eu der mole pode quebrar? Hein? Hein?-Ele disse me abraçando

-Ainda seria o homem que eu amo-Falei sorrindo bobo, ele me beijou.

-Vamos sair do chão? Quer fazer alguma coisa?

-Vamos ver um filme para distraír? E depois....vamos na casa daquela Seohyun lá resolver isso

-Ah, tudo bem! Deixa ela pra lá. Eu só ligo pra você, pros nossos filhos e se for meu eu ligarei pro filho dela

-Então, que filme quer ver, Park Jimin?

-Podemos ver Anabelle? Eu gosto de filmes assim

-Vamos.

A gente foi pra sala e ele conectou a tv na internet. Fomos até a cozinha e fizemos pipoca, pegamos refrigetante, chocolate e voltamos. Colocamos o filme para começar e sentamos para assistir. No comecinho do filme, Jimin ficou dando chocolate na minha boca o tempo todo e eu estava me sentindo uma criança mimada. Na hora que a Anabelle mexeu a cabeça, Jimin deu um grito baixo e escondeu o rosto em mim. Eu comecei a rir.

-Amor, você disse que gosta de filmes assim

-Eu gosto, amor. Mas ainda assim assusta

-Acho que é minha vez de proteger meu Super homem-Eu falei rindo e abraçando ele.

Ficamos abraçados durante todo o resto do filme. Assim que acabou, a gente resolveu ir na casa daquela vagabundazinha destruidora de lares. A gente tomou banho-E tiveram várias mãos bobas- nós vestimos e fomos rápido. Eu queria resolver isso de uma vez por todas.

-Jimin, sabe aonde ela mora?

-Claro que sei, amor. Vamos.

Ele pegou o carro e saímos de casa. Passamos por três quadras e Jimin virou na esquina a direita. Chegamos a uma rua um pouco estreita e muito calma e Jimin estacionou. Andamos até a casa número 6 e tocamos a campainha.

Quem atendeu a porta foi uma menina que deveria ter uns 12 anos.

-Olá, sua irmã está?-Perguntou Jimin

-Não, tio Jimin

-Oi, Pequena Min!-Ele abraçou ela

-Minha irmã contou sobre a Jandi?

-Contou

-Sei que você não sabia, ela que é ruim-A menina disse tristonha

-Está tudo bem, se...



-Ela me deixou cuidando da Jandi, querem vê-la?

-Sim, obrigado

-Quem é essa moça bonita?

-Minha noiva

-Olá-Ela sorriu

-Oi, menina Min.

A gente entrou e eu observei a menina. Era o oposto de Seohyun, era gentil e amigavel, já a irmã mais velha era destestável. Chegamos a um quarto que parecia ser uma suite, e tinha um bebê dentro do cercado. A criança era a cara do Jimin, sua versão feminina. Não parecia nada com a Seohyun em aparência e espero que não tenha em jeito. A pequena Min pegou Jandi no colo e deu a Jimin. Eu e ele sentamos na cama.( n sei fzr fala de criança kkkk relevem)

-Quem é esse?-Ela perguntou olhando a gente de lado

-É seu papai, lembra que a sua mamãe falou dele?

-Falou. E essa mota?

-Ela é a noiva do papai-Eu olhei pro braço dela e percebi umas marcas de cigarro e umas roxas

-A Seohyun bate nela?-E sussurrei para Min

-Bate muito

-Com quem está fando Min...O QUE FAZEM COM A MINHA FILHA?-Era Seohyung gritando


Notas Finais


Tretaaa. É tretaaa!!!!
Até o próximo!
Beijos, morangos e abraços!
~Kissus da Myka


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...