História A tale of shadows - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Eldarya
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Dajan, Dakota, Dimitry, Ezarel, Jade, Kentin, Leiftan, Lysandre, Nathaniel, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Tags Amor Doce, Eldarya, Sobrenatural
Exibições 48
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Uma lágrima


Fanfic / Fanfiction A tale of shadows - Capítulo 7 - Uma lágrima

??? – Por que diabos temos que ir a uma escola em uma prisão? – uma garota resmungou passando – Além do que, vamos todos morrer. O que vai adiantar um diploma? –

 

A menina passou pelo corredor prendendo seus cabelos castanhos, ela tinha lindos olhos azuis e pele dourada e uma tatuagem em uma de suas mãos.

 

??? – E além do que, qual a necessidade disso? –

 

??? –- C-Com licença… – uma menina a chamou –

 

??? – Hã… o que foi? –

 

Ikki – V-Você sabe onde fica essa sala? – falou lhe entregando o papel –

 

??? – Deixa eu ver. – falou olhando o mesmo – É a minha sala… –

 

Ikki – M-Mesmo? P-Poderia me levar? –

 

??? – Se eu soubesse onde era… – falou se encostando na parede – Não conheço esse lugar, me perdi umas 3 vezes antes de você me chamar. –

 

Ikki – Entendo… sou a Yori! Ikki Yori. –

 

??? – Ikki? Sou a Priya… você é americana? –

 

Ikki – A-Ah… acho que não… não sei. –

 

Priya – Ah… – arqueou a sobrancelha – Vamos procurar? Acho que duas não a chance de se perde! –

 

Ikki – A-Ah certo! –

 

~~ Quebra de tempo ~~

 

Priya – Nos perdemos… –

 

Ikki – S-Sinto muito! –

 

Priya – Francamente… –

 

Estávamos em um porão, sim, conseguimos achar o porão daquele lugar mas não achamos a sala de aula.

 

Ikki – V-Vamos sair desse lugar? É-É um pouco… assustador – um barulho veio do fundo e eu corri para trás da mesma – Ai! Eu não quero morrer! –

 

Priya – N-Não grita! Não precisamos ter medo… foi o vento. –

 

Ikki – D-Desde quando tem vendo no porão? – sussurrei em seu ouvido –

 

Priya – É… é-é… vamos sair daqui! – falou andando rápido –

 

Descemos uma escadinha que sabe-se lá da onde apareceu, mas na hora do pânico, quem pensa que uma escada pode te levar pro inferno né?

 

Priya – Onde que a gente veio parar? – falou olhando ao redor –

 

Ikki – Hã! – dei alguns passos para trás reconhecendo o lugar –

 

Priya – O que foi? Sabe onde estamos? –

 

Ikki – V-Vamos sair daqui… Priya… ande logo… – falei andando de costas –

 

Pryia – Olha! Ali tem uma luz. Pode ser a saída? – falou indo a mesma –

 

Ikki – Não! Priya volta aqui! – falei indo atrás dela – Não devemos… –

 

“Que cheiro bom…”

 

Priya – A-Ah… – a mesma caiu de costas quando viu –

 

“Tão cheiroso…”

 

Ikki – Droga… –

 

Essa era a ala que espécies fracassadas mais que continuaram vivas foi trancada, abaixo do próprio Sweet Amoris. Era aqui que me deixavam quando eu saia do controle.

 

Aquela vampira tinha, pelo, menos uns 2 metros de altura, sua boca escorria sangue, seu corpo era todo rasgado e uma parte do seu rosto era sua carne viva.

 

Priya – Ikki… o que é aquilo… – falou recuando –

 

Ikki – U-Uma… vampira… –

 

Priya – I-Isso realmente… existe? –

 

Ikki – Sim. –

 

Olhei para os dois lados procurando uma saída, eu não poderia lutar com a Priya aqui, se algo aparece-se eu não poderia salvá-la.

 

Ikki – (Eu só queria ir pra aula! Droga…) – segurei a mão da mesma – Vamos correr… –

 

Priya – V-Vai vir atrás de nós… – se levantou – O que faremos? –

 

Ikki – Vê aquela porta? Entraremos dentro. –

 

Priya – E se tiver mais dessas coisas lá dentro? –

 

Ikki – AGORA! – falei e ambas corremos o mais rápido possível –

 

“Não vão fugir! Não vão! Hahaha!”

 

Aquele maldito pulou parando na frente da porta nos fazendo correr para trás e em um instante, suas garras perfuraram minha barriga me fazendo voar longe.

 

Ikki – Kyaah! – senti minhas costas se chocar com a parede – A-Ah! –

 

Priya – Ikki! – antes mesmo que ela pensasse em correr a coisa a segurou por uma de suas penas a deixando de cabeça para baixo – KYAAH! –

 

Ikki – (P-Priya…) – coloquei a mão na minha cabeça e vi que sangrava – A-Ah… –

 

Levantei o olhar para poder vê-los, mas meu corpo não se mexia.

 

Pryia – IKKI! –

 

Aquela coisa estava a devorando em minha frente. Havia sangue para todos os lados.

 

Ikki – A-Ah.. P-Priya… –

 

Priya – SAIA DAQUI! AGORA! –

 

Ikki – N-Não… v-você… –

 

Priya – VÁ EMBORA! FUJA! –

 

Ikki – N-Não… – estendi meu braço na direção na mesma – E-Eu não quero… fugir… –

 

Priya – KYAAAH! –

 

Aquela coisa arrancou um de seus órgãos e começou a lamber com um enorme sorriso.

 

Ikki – M-Maldi… –

 

Priya – Fuja… por favor… – falou sem força alguma –

 

Ikki – V-Você nem… nem me conhece! COMO PODE MORRER ASSIM! –

 

Priya – Você é uma boa… garota… – falou fechando os olhos –

 

Ikki – Não! Não! Não! Priya! Por favor! Priya! – falei me arrastando até a mesma – Por… favor… –

 

Passei a mão em seu rosto frio, havia um sorriso em seu rosto.

 

Ikki – Por quê? – senti uma lágrima cair – Morreu… sem saber quem era eu… e mesmo assim… sorriu? –

 

“Hahaha! Agora é sua vez… garotinha!”

 

Ikki – Cale-se. – o olhei de olhos vermelhos –

 

~~ PV Laboratório On ~~

 

??? – Quando vai acontecer o próximo jogo? –

 

??? – Eu quero ver logo a carnificina! –

 

Francis – Senhores, senhores! Estamos com alguns problemas. Enquanto isso, que tal começarmos as apostas? –

 

??? – Hum… vou continuar com o Yukio, ele será meu trunfo. –

 

??? – Yukio? Não foi ele que foi escolhido no jogo da morte? –

 

??? – Ele se salvou matando o jogador seguinte. –

 

??? – Sim, ele tem um talento único. –

 

??? – Eu estou apoiando os irmãos 15 e 16. –

 

??? – O elfo? Soube que ele perdeu para uma garotinha. –

 

Francis – Sim, sim. A minha criança. –

 

??? – O que quer com toda essa história? Soltar aquele monstro.. –

 

Francis – Eu só quis deixar o jogo mais interessante… –

 

??? – Acha mesma que sua preferida irá vencer? –

 

Francis – Eu não sei, veremos ao decorrer. – falou com um enorme sorriso –

 

Crystal – Tsc. – a mesma deixou a sala sem dizer mais uma palavra –

 

A mulher parecia deprimida ou algo do tipo. A mesma começou a andar pelo corredor.

 

Crystal – Hã… – murmurou olhando rapidamente para trás – Mas o que… –

 

Sem pensar duas vezes, correu atrás dos fios brancos que viu no final do corredor.

 

Crystal – Droga… – falou parando – Eu devo está doida… eu estou ficando louca. –

 

A mulher voltou a andar no corredor até chegar a sala de antes, porém quando ela abriu a porta…

 

Crystal – Kyaah! – gritou caindo para trás –

 

Havia pedaços de corpos humanos jogados por toda a sala, aqueles que estavam trancado nas capsulas foram totalmente destroçados, o sangue coloria as paredes e o ar fedia a carcaça.

 

No telão havia uma mensagem em japonês escrita a sangue:

 

今、私はそれは私の方法を行います。”

 

~~ Quebra de tempo ~~

 

Dimitry – 09°. –

 

– Aqui. –

 

Dimitry – 10° –

 

– Aqui. –

 

Dimitry – 11° –

 

Olhei para todos da sala a procurando mas ela não estava em seu lugar.

 

Dimitry – 12° –

 

~~ PV Ikki On ~~

 

Ikki – Doku no namida ga kira kira hikaru… –

 

Estava sentada no telhado olhando para céu enquanto o vento batia em meu rosto sujo de sangue levando meus cabelos com ele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...