História A Teia da Aranha - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers), S.H.I.E.L.D., X-Men
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Dr. Henry "Hank" McCoy (Fera), Dra. Helen Cho, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Hope Summers, James "Logan" Howlett (Wolverine), Jean Grey (Garota Marvel / Fênix), Katherine "Kitty" Pride (Lince Negra), Kurt Wagner (Noturno), Laura Barton, Maria Hill, Mary Jane Watson, Natasha Romanoff, Nick Fury, Ororo Monroe (Tempestade), Pepper Potts, Personagens Originais, Peter Parker, Pietro Maximoff (Mercúrio), Professor Charles Xavier, Raven Darkhölme (Mística), Scott Summers (Ciclope), Steve Rogers, Thor, Tia May, Visão
Tags Homem Aranha, Romanogers, Shield, Vingadores, X-men
Visualizações 34
Palavras 728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eu sei que eu disse que ia postar antes, mas eu tô meio doente e não tinha nem força pra xingar a inimiga imagina escrever um capítulo, talvez esse tenha ficado meio curto (em comparação com os outros) mais espero que gostem

Capítulo 12 - Cap 12- Café no parque


Fanfic / Fanfiction A Teia da Aranha - Capítulo 12 - Cap 12- Café no parque

James foi até um parque no bronks mesmo, eu nunca tinha ido até aquela parte da cidade, consequentemente não conhecia o parque, mas ele é simplesmente lindo! algumas crianças correndo e brincando e um grupinho de adolescentes, pareciam ser da nossa idade, mas tirando isso não tinha muita gente, estamos no meio de outubro e o frio está quase insuportável.

— Sabe, antes aqui tinha um quiosque de sorvete, mas agora eles estão vendendo café por causa do frio.

— Não faz sentido, eu tomo sorvete no frio- digo fazendo biquinho

— Você é estranha querida- disse sorrindo

James foi até um quiosque e comprou um café pra ele e um chocolate quente pra mim, mais duas rosquinhas, mesmo eu insistindo em pagar o meu ele não deixou, mas fazer o que né?
Sentamos perto de umas crianças que estavam pulando em folhas secas e ficamos olhando pra elas em silêncio, não era desconfortável era totalmente confortável.
Sem perceber apoiei minha cabeça no ombro dele e ele inclinou a cabeça sobre a minha. Um sorriso bobo protou no meu rosto, e eu simplesmente quis congelar aquele momento pra sempre.

— Você iria querer ter filhos um dia?- James tirou a cabeça e ficou me encarando

As feições completamente relaxadas

— Acho que sim, quando eu achar a pessoa certa.

— Você se vê casada com uma mulher?

Bebi um gole de chocolate quente, como responder a essa pergunta?

— Eu acho que nunca namorei uma garota de verdade. Eu já fiquei com...com a Carnificina mas a gente só estava brincando. Na verdade eu nunca namorei ninguém de verdade.

— Eu poderia te fazer feliz...

Antes de eu poder raciocinar aquela frase James se levantou, deu pra ver todos os músculos do corpo dele se enrigerrem, olhei pro lado e vi aqueles olhos cobre, seu cabelo estava bem mais bagunçado que o normal, olheiras profundas se formaram em volta dos seus olhos, só de olhar seu rosto dava pra ver que ele tinha perdido peso, mas mesmo que me doesse muito, nem greve de fome ia me fazer voltar.

— O que você está fazendo aqui seu cretino?- perguntou James cuspindo as palavras com uma dose extra de veneno

— Eu soube do advogado, então...eu segui vocês até aqui, eu...Juh precisamos muito conversar.

Virei meu rosto e comecei a encarar o líquido marrom escuro dentro do meu copo de isopor.

— Ela não quer falar com você, sai daqui!

— Juliana, por favor, me desculpe eu...fui longe de mais, vamos conversar.

Vi a cena em câmera lenta, James pulando em cima dele com os pulsos cerrados, pele batendo na pele, o sangue, os gritos. Voltei a velocidade normal e James batia com toda a força em Pedro, e o rosto dele estava lavado de sangue, nunca tinha visto tanto sangue na minha vida, Pedro cospia sangue, e seu corpo parecia o de um boneco quebrado. Gritei e me joguei em cima de James segurando suas mãos, ele fazia muita força pra se soltar mais eu o segurava.

— Ele já recebeu a lição, deixa ele ir- disse o mais calma possível

— NÃO!! EU AINDA NÃO ACABEI!!!- gritou completamente exaltado

Dava pra ver as veias de sua testa saltadas, seus olhos estavam escuros de raiva, literalmente escuros, os olhos antes claros agora estavam completamente negros.

— Olha pra mim, você não é assim, volta pra mim James.

James começou a se acalmar aos poucos, bem devagar, passamos uns quinze minutos antes de ele conseguir voltar ao normal, com o rosto vermelho — e apesar do frio— um pouco suado.

Larguei suas mãos e o abracei forte, ele retribuiu o abraço e passamos mais um tempo abraçados antes dele dizer.

— Você deveria se afastar de mim, eu sou um mostro.

— Ninguém é perfeito James.

— Mas eu sou pior que todos.

Ele se afastou de mim e sentou no banco novamente.

— Eu não acho que deveríamos nos afastar, eu...me sinto bem do seu lado, isso é recíproco?

— Eu...voltei quando ouvi a dia voz.

— Então, eu vou ficar com você.

Me sentei no banco ao seu lado e o abracei, e ele passou um seus braços por mim, estava frio, mas não nos importamos, por que estávamos juntos.

Pedro já tinha ido embora a muito tempo, e mesmo que ele estivesse lá, eu não me importava.


Notas Finais


Meloso de mais? Talvez. Juro que chorei por dentro, e aí, Pedro recebeu sua lição?

Enfim, desculpe qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...