História A thief without limit - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Visualizações 18
Palavras 738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção Científica, Policial, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


proximo acho que vem hot meu primeiro e eu nem sei como vou escrever .

Capítulo 2 - Golpe De Mestre


Fanfic / Fanfiction A thief without limit - Capítulo 2 - Golpe De Mestre


Acordei pela manhã e já fui arrumar tudo para o meu show de hoje,tinha que ser algo espetacular e inovador afinal eu nao era obvia
desde de criança que tenho um lema na minha vida que nunca vou esquecer,que eu desci nessa terra pra ser protagonista de tudo que eu 
me proponho a fazer e isso se aplica a ocosião,tinha uma surpresa para minha antagonista,arrumei uma bolsa e coloquei minhas maquiagens
meu salto Azul e minhas armas é claro.Me vesti com uma sainha mega curta e um bore todo vazado com meu meião preto e tenis pois quando eu
chegasse colocaria o salto.
-Pronta,agora camila não existe karla entra em ação.
disse a mim mesma confiante me olhando no espelho,minha mãe sempre dizia antes de morrer que isso ajudava a ser mais confiante.Eu estava pronta
para minha festa particular,desci as escadas do meu apartamento coloquei meu oculos escuro e chamei o primeiro taxi que apareceu,saquei a arama da bolsa
quando o taxi ja estava em andamento.
- Olha só gatinho acho que você é muito novo pra morrer são quiser ter uma bala linda de ouro na sua cabeça toca pro banco central agora.
Falei determina e nas pura traquilidade,ele ficou deseperado,tremia que nem vara verde e aquilo me deixa ainda mais louca pela aventura e emoção de estar 
a margem da lei,aquilo me exitava e logo logo eu ficaria pior.
Chegando ao banco peguei minha bolsa do banco,ainda com a arma aponda pra cabeça do motorista.Reparei na parte do tapa sol que havia uma foto dele beijando uma
mulher vestida de noiva,devi ser sua esposa.
-valeu gatinho e diz pra sua esposa que a assaltante mais famosa de Nova York Karla disse que ela é maior gata,Beijinho amor.
Sai do carro e notei pelas feições do moço que ele estava aliviado de eu ter feito nada com ele,no fundo eu não faria nada,eu poderia ter pego o taxi falado o meu destino
e pronto,mais eu gostava do perigo,da emoção de tudo aquilo.
desci do carro com minha bolsa entrei no banco e ja anunciei o assalto,Nossa que adrenalina de ver todos rendidos aos meu pes.
-Relaxa gente linda hoje não vou roubar nada e mais um show e se voces colaborarem acaba rapidinho.Ok?Todos assentiram com a cabeça quando derepente ouvi os carros de policia chegando
-Começou o show gente!falei rindo e pulando
Entrei numa salinha que tinha la no canto do banco pegui minha bolsa tirei meus tenis e pus os saltos me olhei no espelho.
-Você esta gata karla,e hoje a lauren é sua.
tinha acabado de passar o batom quando ouvi la de fora uma voz que eu ja conhcia bem.
-Karla saia com as mãos pra cima e solte os reféns,isso é uma ordem.
Ain que tesão de ouvi-la me ordenar algo,mais logo iria me satisfazer.conectei um celular pré-pago ao mega fone do banco e a mágica aconteceu
-Lauren você veio,demorou mais veio,vamos você esta convidada a entrar mais só voce tá se não todo mundo aqui de dentro sai daqui direto pro cemitério okay?Bjinhos cor de rosa!
Lauren POV
Aquela mulher me tirava os nervos mais eu tinha que ir la tinha mais de 70 pessoas naquele banco,pessoas que tem famílias, não posso deixar que morram.
-Eu vou entrar.(Eu disse confiante e preparando minha arma)
-Não Lauren esta louca,ela esta armando isso é fato karla sempre consegue o quer e esse é so mais um dos seus joguinhos,porque so você?
mani disse preocupada comigo.
-mani agradeço sua preocupação mais ja foi longe de mais tem muita mãe e pai de familia la dentro nao posso deixar que karla mate todos,Okay eu vou entrar e ver  que essa vadia quer 
assim que acabei de falar,sai andando,na metade do caminho olhei pra trás e vi mani sussurando"Toma cuidado"eu assenti com a cabeça e continuei.Ao entrar percebi ter muitas pessoas deitadas
ao chão e aquilo me chocou muito,será que ela nao tinha coração,mulheres chorando e um homem em especial estava com a foto de sua esposa e filhos na mão chorando e orando pra não morrer,isso não ia
ficar assim daria a karla muitos anos de cadeia por isso.Quando cheguei quase na metade do banco um moço disse quela estava na salinha la atras.Era agora todos esses meses da minha vida me prepararam 
para aquele momento karla teria o que merecia,me aproximei da porta e ou risos,era ela,tomei destancia corri e derrubei a porta.
-Não acreidito?
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...