História A thousand miles - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Só queria explicar que quando eu coloco em maiúsculo é que a pessoa ta gritando. Beijo!

Capítulo 3 - Capítulo 3


Nesse momentos os pais dela se entreolharam e com toda certeza pensaram que estávamos doidos. Meu pai, por sua vez questionou - Não é só isso, né?! Conta tudo! - Eu o olhei, olhei a Dani e ela o respondeu com toda irreverência que há nela - Não! Não é só isso, eu tô grávida também. Mas o Nando trabalha, eu também vou trabalhar e vamos criar esse bebê, juntos! 

O pai dela levantou e acredito que só não bateu na mesa, por ser minha casa. Ele me olhou, a olhou, respirou e por mais sangue que estivesse em seus olhos, perguntou, se sentando com calma - Vocês estão malucos? São duas crianças, SEUS IRRESPONSÁVEIS! Estão começando a vida agora. E você, Fernando? Acha que porque é dono do próprio nariz, pode sair por aí fazendo filho, na filha dos outros? ... Eu fechei meu punho e por mais que me custasse admitir, ele tava certo. Por isso abaixei minha cabeça, mas ele continuou - E você Daniele? Acha que a vida é brincadeira? Eu nem vou falar nada com você. Vai pro carro, conversamos em casa! 

– Hoje. Pov, Autor –

Dani - Nossa, meu pai falou muito aquele dia e minha mãe, não falou nada. Isso foi o que mais me machucou. 

Nando - Foi mesmo! E eles estavam certos, vai um marmanjo engravidar minha menininha pra ver...  O bom é que depois de pouco tempo, já estávamos todos de bem. Todo mundo animado com o bebê. 

Dani - Sim! Fomos morar juntos e quando a Júlia fez um ano, nos casamos, na verdade fizemos uma pequena reunião para os amigos mais próximos e assinamos os papéis ... Ainda consigo lembrar daquela pessoinha de cabelo loirinho e olhos azuis, que mal sabia andar, correndo pelo apartamento. Foi maravilhoso! A casa estava cheia, família e amigos reunidos na mesa. Nós estávamos radiantes, principalmente porque a Lana, minha irmã estava no Brasil e conheceu a sobrinha naquela ocasião, Nando também. Foi muito engraçado, quando ele a viu pela primeira vez, ficou uns dois minutos olhando e eu morri de ciúmes, a Júlia que estava no colo dele pulou no colo dela, mexendo os bracinhos, até hoje é toda puxa saco da Lana. Aliás, todos somos. Ela é linda! Mais velha, Tem o cabelo castanho bem escuro, na altura do ombro, usa sempre ondulado(apesar  de ser cacheado), tem olhos castanhos bem escuros e chamativos, que são realçados por sua pele branquinha. Fala quatro idiomas. Ela é muito inteligente e pensei que ia me roubar o marido e a filha, no altar! ... Termina de contar causando risos em todos. 

Nando - Até parece mesmo! Eu só fiquei olhando, porque vocês se parecem muito. Ambas, são lindas, inteligentes e, João, Gabi. Se eu descrever. Uma mulher de cabelo na altura dos ombros, ondulado. Alta, de olhos castanhos bem escuros. Não tô descrevendo a Daniele? A diferença e, muito pouca diferença, é que seu cabelo é um pouco mais claro e ela é um pouquinho mais clara que você.

João e Gabi riem e falam juntos - Eu não vou me meter ... E voltam a rir. 

 Nando olha seu copo vazio e comenta - Foi um ano e tanto! Acho que preciso beber mais ... Fala chamando o garçom e pedindo outra bebida. Dani pega a "carona" do garçom e pede uma  também - É, mudei de ideia, preciso beber!

João e Gabi também aproveitam e pedem suas bebidas. Após o garçom buscar João pega sua e volta a história. – E vocês tão novos, já passaram por tanta coisa!

Gabi - Sim! E vocês são bem unidos, né?! É notório, o entrosamento entre vocês.

Eles se olham e Nando responde mexendo em sua bebida - Nós temos nossos arranca rabos, mas aprendemos a conviver juntos. Nos primeiros meses, a Dani era insuportávelmente mimada, mas acabei amansando a fera. 

Dani - Bem eu, né? Mimada, eu era mesmo. O insuportável, eu deixo por sua conta. Nós brigavamos demais, por causa da rotina intensa, que o Nando fazia. Era cada caso... 

Nando - Não! Nós brigavamos porque você era chata e não me deixava ficar perto da Júlia.

Dani - Claro que não, Fernando! Vou contar de uma briga nossa, do dia que ele esqueceu nosso aniversário, aí vocês me falem quem tinha a razão...

– Aproximadamente 11 anos, atrás. POV Dani –

O Nando chegou 23h da noite e eu havia acabado de fazer a Júlia dormir, ela já tinha chorado a noite toda, eu estava exausta, carente, cansada, irritada, doida pra voltar pro meu estágio e mesmo assim, fiz um esforço enorme pra me arrumar. Era nosso aniversário de namoro. Consegui lavar meu cabelo, passei um corretivo nas olheiras e sentei no sofá pra esperar. Primeiro ele demorou tanto, que eu cochilei. Quando chegou, me deu um selinho e disse todo marrentinho - Por que você tá arrumada? Vai sair? Eu esqueci algum compromisso? -  Eu o olhei, respirei, contei até dez e respondi - Esqueceu de ir a merda, Fernando! - Ele me olhou, com um olhar irritantemente lindo e subiu pra ver a Júlia, como se eu fosse louca. E como se não bastasse, acordou a menina. Sim! Ele acordou a menina que chorou a noite inteira na minha cabeça. Aí, eu o deixei lá com ela e fui curtir meu aniversário de namoro, com um vinho que tinha na cozinha. 

– Hoje. Pov Autor –

Gabi - Mentira, que você fez isso com uma mãezinha, Fernando! 

João - Nossa. Dani deve ter dormido de calça jeans, até o próximo aniversário de namoro ... Fala rindo e causando risos em todos

Nando diz em meio a risadas - Pior! Ela me fez ficar acordado a noite toda com a Júlia. Sozinho! E no outro dia, brigamos feio por causa do ocorrido. Mas eu só esqueci nosso aniversário, porque tava cansado, trabalhando muito num caso... 

Dani - É né?! E eu estava exausta. Sendo mãe! 

Nando - Lembra quando a Júlia quebrou o braço, enquanto a Maria e eu a ensinavamos andar de bicicleta e você deu um chilique enorme? 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...