História A Torre de Aço - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Rap Monster, V
Tags Autora Panda Com Bacon, Jimin, Kim Taehyung, Namjin (casal Secundário), Park Jimin, Taehyung, Vmin, Yaoi
Exibições 23
Palavras 455
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente! Leiam as notas finais, importantíssimo!
~Panda

Capítulo 17 - Capítulo 16


Jimin

Ele me abraça enquanto eu fungava e me esforçava para não chorar. Eu nunca havia pensado em toda a história, nunca havia pensado em tudo como uma história só. E não ia ser agora que eu iria chorar por isso. Já passou, não é? Minha mãe está aqui, não posso parecer fraco, depois de tanto tempo aturando isso. Não quero parecer fraco na frente de Tae, ele não merece sentir pena de mim. Ninguém deveria, afinal, a culpa foi minha, não sou a vítima da situação.

— Você foi tão forte... Por aguentar tudo isso... — falou calmamente, de uma forma triste e baixa — Eu não teria aguentado tudo… — levo minhas mãos ao rosto sentindo algo úmido no meu rosto, eram lágrimas que escorriam sem minha permissão, meu nariz arde e meus olhos umedecem.

Tento parar, mas alguma coisa não permite. Sinto Tae me abraçar mais forte, assim que olho para ele percebo que lágrimas escorriam de seus olhos também, ele tenta abrir um sorriso pra mim, mas parece ser difícil pra ele.

— Está tudo bem agora... né? — pergunto de forma insegura.

— Está tudo bem, estou com você agora Jimin e não vou te abandonar.

 

***

 

— O que você vai fazer com ela?

— Não sei... Ela nunca me falou o que queria que acontecesse com seu corpo…

— É posso imaginar…

Silêncio.

Não do tipo confortável.

— Me desculpa... — sussurro.

— Pelo o quê? — perguntou tocando no meu rosto.

— Por ser assim.

— Por ser a melhor coisa que já aconteceu na minha vida?

Não sei como responder a isso.

— Obrigado — ele beijou minha testa.

Eu que te agradeço, por me encontrar no meio dos destroços.

 

***

Ele acariciava Bola de Neve. Havia ficava um clima estranho desde que eu contei minha história a ele. Algo parecia estar nos incomodando, não sei como ele se sente. A TV está ligada, mas ele não parece prestar atenção. Encaro a urna sobre o balcão da cozinha.

— Seria estranho se... — para de falar.

— Se...?

— Nada — digo encarando a tela.

— Jimin... — eu o encaro — Eu gosto muito de você.

— Também gosto muito de você — sorrio de leve.

— Não... Eu gosto de verdade de você.

— Como assim? — pergunto confuso.

Ele suspira.

Se levanta e vai para a cozinha, eu o observo pegar água, beber e ficar ali encarando a pia vazia.

Não sei se o melhor é tirar minhas dúvidas, talvez eu deva esperar. Dar um tempo as outras pessoas é bom, não? Quer dizer, não quero atrapalhar a vida dele também. Gosto muito dele para fazer isso com ele.

— Vou sair — fala de uma forma meio estranha.

Ele anda até a porta, pega seu casaco e sai deixando a porta bater. Agora eram só nós, eu, Bola de Neve, minha mãe e o vazio.


Notas Finais


Então, o que vocês acham de um lemon?
Respondam nos comentários se eu devo tentar! Prometo me esforçar!
Amo vocês! <3
~Panda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...