História A troca de corpos (IMAGINE BTS) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, JR, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sehun, Seungri, Suga, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Exibições 112
Palavras 1.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Jay


Fanfic / Fanfiction A troca de corpos (IMAGINE BTS) - Capítulo 16 - Jay

-Eu não sei..- Ela riu -Como aguenta o Jimin..- Riu de novo.

Acabei por rir junto.

-Faço o que posso, a propósito, sou o daddy da família!- Pisquei novamente.

-Hmm, Daddy.. Interessante..-Sua voz ficou totalmente sexy juntamente com a embriaguez do vinho.

Estava maravilhado com ela, não há nada nela que não me impressione.

-Bom.. Então, vamos?- Perguntei tomando o último gole do vinho.

-Sim..- Ela se levantou e pegou sua bolsa.

Deixei a conta paga e logo pus a minha máscara, enquanto desciamos as escadas lentamente, ela quase caiu por conta do pouco álcool em seu corpo, acho que ela se embriagava rápido de mais, logo a segurei pela cintura fazendo com que ela segurasse em meus ombros.

Nossos rostos estavam próximos, poderia sentir sua respiração profunda, passei a olhar diretamente seus lábios, confesso que estavam bem convidativos mas conseguir me controlar, ainda não era o momento.

Sorrir e começamos a andar normalmente, mas a minha mão não descolava de sua  cintura um pouco nua.

-Preparada para conhecer meu amigo?- Perguntei.

-...Acho que sim..- Sorriu pouco.

-Não se preocupe, ele não morde, apenas se você pedir..- Rimos.

Entramos em meu carro e fomos em direção a casa do Jaebum, ficava em outro bairro rico de Seul. A caminho de lá nós converssavamos aleatoriamente, sentir meu celular vibrar e o tirei de meu bolso, era o Jin, bem querendo saber do meu sumiço, desliguei e mandei uma mensagem dizendo que estava bem e que dormiria fora hoje.

Ao chegar no destino, descemos do carro e ela parecia impressionada com a casa do Park, acho que já era hora de falar para era que ele era irmão do Jimin.

-_____?- A chamei.

A mesma me olhou e sorriu.

-Só quero que saiba que vai conhecer o irmão do Jimin!- Falei pondo minhas mãos em meus bolsos.

-Não sabia que o Jimin tinha irmão..- Ela murmurou pensativa.

-Quase ninguém sabe, Jimin e o..irmão dele, não se falam a alguns anos.. Ainda não sei o motivo..- Desabafei.

-Ahh... - Ela assentiu.

A puxei até a porta principal e toquei o interfone.
Escutamos alguns passos e logo a porta fora aberta, _____ estava boquiaberta ao ver o Jay apenas de calça moletom preta, me segurei para não rir.

-Eai Suga.. Que surpresa!- Ele me comprimenta.

-Eai Jay, quanto tempo..- Rimos.

-E as coisas, como estão?- Perguntou.

E quando ele falava "coisas " se referia ao Jimin, Park não me enganava, ele era um irmão bem preocupado com seu dongsaeng.

-Até agora estão bem!- Falei.

-Ah.. Que indelicado da minha parte, entrem aí!- Jay disse entrando.

Puxei a garota paralisada ao meu lado pra dentro. Nos sentamos no sofá junto ao Jay.

-Namorada Yoongi?- Ele perguntou e eu rir.

-..Não.. Ainda estamos no nível da amizade..- Sorrir de lado e Jay riu, entendendo -Vim por causa dela, sua fã!-

Olhei para a ____ e ela estava corada, Jay veio até ela e eu já sabia o que ele tinha em mente, a propósito, tinha uma garota linda e extremente sexy ao seu lado, solteira e ainda mais uma fã, ele tinha todas as cartas para dá em cima.

Me levantei e fui na cozinha afim de comer ou beber algo.

Yoongi Pov's On

________ Pov's On

Meu deus, era o Jay Park, o irmão.. Do Jimin?! Ele nunca.. Havia me con..aahhh ______, você nem conhece o garoto direito e ainda acha que ele vai te contar coisas importantes da vida pessoal dele?

Yoongi me puxou para dentro da casa, meu corpo estava um pouco mole, deve ser o efeito do álcool. Nos sentamos no sofá e eu fiquei encarando, ou melhor, babando o corpo daquele Deus grego na minha frente, seria Apolo?

-Namorada Yoongi?- Jay perguntou para Suga e eu arregalei um pouco meus olhos.

-..Não.. Ainda estamos no nível da amizade..- Olhei para casa nesse momento - Vim por causa dela, sua fã!- Voltei minha atenção pra eles e logo observei o Jay se aproximando e o Yoongi indo à algum cômodo, me deixou..só?!?

Engoli o seco e o Jay sentou-se ao meu lado, eu disse que não era fã e por que eu estou tão ansiosa, nervosa com sua aproximação? Ele passou o braço esquerdo em cima do sofá, como se estivesse me abraçando e passou a ficar me encarando, o que me deixou bastante incomodada.

-Então.. É minha fã?- Ele abriu aquele sorriso maravilhoso.

-Não..- Ele ficou confuso -Quer dizer, eu não sou uma fã, quer dizer e-eu sou mas não sou obcecada, apenas pelo seu corpo, meu deus o que eu estou falando?- Botei minha mão na testa, estava como uma pimenta ambulante.

Ele riu.

-Entendo.. Gosta das minhas músicas?- Perguntou.

-Claro, a minha favorita é You Know..E Workmanship também!- Sorrir.

Ele retribuiu o mesmo sorriso e aproximou mais seu rosto do meu.

-E como se chama?- O olhei.

-______!- Falei um pouco baixo.

-_____, nome bem exótico e bonito, como a dona!- Rimos.

-Acho que essa cantada já está um pouco velha..- Brinquei.

-Omo.. Sério? Eu achei que daria certo!- Ele fingiu estar desapontado, o que me fez rir novamente -Mora aqui na Coreia?-

-Sim, a alguns anos..-

-E de onde veio?- Ele se aproximou de mim.

-Brasil..-

-Brasil, eu gosto muito de lá..- Sorriu de lado olhando meus olhos.

-Ótimo.. Q-quer d-dizer pra você né?- Corada ao extremo.

-Você é bem fofa e bonita..-

-... Estou envergonhada, desculpe..- Rimos.

-Desculpe ser indelicadeza minha mas poderia me passar seu número, preciso de uma garota de seu gênero para um clipe e algumas fotos para comerciais, se der certo quem sabe não é?- Ele parecia envergonhado .

-Não sei se lev..- Me cortou.

-Por favor, só testes, eu prometo!- Ele fez aegyo.

-Me convenceu.. - Peguei seu celular e coloquei meu número -Pronto...-

-Jay Park agradece!- Rimos novamente -Poderia ser.. Amanhã ás 10?- Perguntou.

-Claro..- Ele me olhou, parecia que iria fazer algo mas se afastou ao ouvir a voz do Suga.

-Vamos ______?- Suga perguntou.

-Ah sim, vamos sim!- Me levantei junto só Jaebum.

-Bom, adorei por terem vindo, se sintam à vontade!- Ele piscou para mim.

Eu e Yoongi nos despedimos e adentramos seu carro, eu até pensei que o Jay fosse o tipo de cara que se joga nas mulheres, como nos clipes mas ele me mostrou um cara totalmente maduro e não um cafajeste, não, não estou dizendo que no clipe ele é, mas parece.. Pouquinho, aishh quem sou eu para julgar, até que gosto.

-Suga..- Me cortou.

-Pode me chamar de oppa.. S-se quiser é claro..- Coçou a garganta com a voz.

-Oppa..- Sorrimos -Poderia me levar para casa, acho que não estou me sentindo bem..-

E realmente eu não estava, me sentia triste, angustiada, como se algo de ruim viesse acontecer à mim.

-Claro mas.. Eu preciso me preocupar?- Segurou minha mão.

-Não, não precisa oppa..- Sorrir fraco.

8 Minutos Depois...

-Chegamos...- Yoongi parou o carro em frente à minha casa.

Ele saiu do carro rapidamente e veio abrir a porta para mim e acabei rindo, saí do carro e ele se encostou na porta do mesmo, me virei para olhá-lo.

-Obrigado pela noite maravilhosa Sr. Min Yoongi!- falei sorrindo.

-Eu é que agradeço..- Ele piscou sorrindo e um lindo sorriso.

-..bom.. Boa noite..- Sorrir fraco e me virei até ser puxada pelo braço e dando de cara com o Suga.

-Boa noite..- Sussurrou e logo me beijou, mas um beijo rápido e cauteloso.

Suga sorriu e eu me senti estranha, nos separamos e ele logo foi embora. Balancei a cabeça e entrei rapidamente em casa, tirei meus sapatos e fui tirando o vestido enquanto iria para o meu quarto.

Joguei o vestido no cesto de roupas sujas e logo avistei meu gato sumido vindo em minha direção.

-Bolota, você deixou a Omma!- Fiz bico e ele miou, esse gordo.

Peguei ele o levei até minha cama, a paguei a luz, liguei o ventilador e me deitei na cama, finalmente irei dormir.

1:59 am...

Acordei com o interfone tocando e a chuva forte caindo, me levantei rapidamente e coloquei um roupão, coçei os olhos e corrir até a porta, olhei pelo olho mágico e vi que era.. O JIMIN?!?!

Abrir a porta rapidamente e ele estava muito molhado e com o semblante triste e olhos inchados poucos avermelhados.
O puxei para dentro e Fechei a porta, a trancando.

-Jimin.. O que houve?- Perguntei enquanto segurava seu rosto molhado e colocava seus cabelos encharcados para trás.

Ele nada respondeu e me abraçou com força, não estava entendendo.

-Jimin..- Ele nada respondeu -Oppa.. O que foi?- perguntei e ele me apertou  e percebi que ele não queria falar e o respeitei.

-Tudo bem. É.. Vamos tirar essas roupas molhadas e te aquecer um pouco antes de você adoecer.- Me separei dele e comecei a tirar seu casaco.

Jimin continuava cabisbaixo, tirei sua blusa com a maior vergonha, ele tirou os sapatos e logo após a calça. Puxei Jimin até o quarto, ele parecia muito abatido, muito abatido mesmo.

Peguei uma toalha e enxuguei seus cabelos, após, desliguei o ventilador e liguei o aquecedor pois estava bastante frio e temia que Jimin ficasse doente.
Pedi para ele se deitar e fora o que ele fez, tirei o roupão ainda com vergonha mas me aliviei por Jimin não olhar, me deitei ai seu lado e nos cobrir com o edredom.

Levei sua cabeça até o meu peito e ele logo me agarrou como antes, levou sua mão até minha perna e a conduziu até sua cintura, ficando mais próximo à mim.

-Jimin..-

-Não fala nada.. Amanhã eu te explico..- Sussurrou.

Comecei a acariciar seus cabelos úmidos enquanto Jimin, se aquecia nos meus braços, selei sua testa e ele me olhou.

-Desculpe..- Corei.

Ele deu aquele lindo sorriso e eu só conseguia olhar aqueles belos lábios carnudos. Não controlei e por impulso o beijei, era um beijo calmo e acolhedor, me fazendo sentir borboletas na barriga? NÃO, EU NÃO QUERO ME APAIXONAR NOVAMENTE.

Separei o beijo pela falta de ar, ele sorriu e voltou a deitar sobre meu peito, Jimin... Eu... Não, não!!

CONTINUA...


   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...