História A Última Noite


Escrita por: ~


Sinopse:
Europa, século XIV. Um casal de amigos ama explorar o bosque que fica perto da vila deles, mas a garota fica doente. Os dois partem em busca de uma última aventura, onde sua amizade é testada e mentiras podem ser a verdade.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Peste, Última Aventura
Exibições 59
Comentários 4
Palavras 1.906
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction A Última Noite
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
4
59
1.906

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Severinna
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Severinna
Usuário
É trágico, porém incrível!
Já que iria morrer, por que não aproveitar os últimos momentos? E por que não promover momentos felizes a quem se ama nos seus últimos dias?
Imagino que devo ter sido muito assustador na época ser vitima de uma doença assim, ainda mais pela medicina não ser tão avançada.
Admiro a bravura do menino, arriscar a própria vida por alguém é a maior prova de amor! Outro teria fugido pra salvar a própria vida ou teria desistido dela assim que soubesse que garota estava com a peste. (Hoje em dia pelo menos, na vida real é muito raro ver alguém querer ficara ao lado de alguém que tenha alguma doença, mesmo dizendo ama-la)
É algo que nos faz lembrar da infância por toda essa fantasia, quanto ao final, foi realmente incrível! Não ter entrado em detalhes, mesmo que eles tivessem cometido tal ato, não tirou a inocência da história.
E eles terem morrido juntos foi muito lindo! <3
Amei como todos os outros textos que já li seu. ^^
Postado por ~Starlet_Blue
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Starlet_Blue
Usuário
Eu simplesmente ADOREI sua estória, Henti!

Ela me fez lembrar de várias coisas como os contos que costumava ouvir quando era pequena ( coisa que ainda sou haha ). Me fez lembrar das estórias contadas por minha mãe, que já foram contadas por minha avó, bisavó e assim por diante rsrs

Foi bem nostálgico e encantador!

Lembrei-me dos pequenos livrinhos que costumava ler na biblioteca da escola e de alguns filmes que assisti hahaha! Meu Deus!

( Deixando claro que não estou comparando sua fanfic com os livrinhos da biblioteca u.u
Enfim, você é um rapaz inteligente e deve ter me entendido! :3 eu espero... ah sabe que não sei me expressar .-. )

O começo foi muito mágico! Muito ingênuo! Mas pode se notar que o romance a acompanha desde a primeira palavra, até a última.

Gostei de colocar esses "animais mágicos" que sempre procuraram no bosque. Coelho dourado, urso vermelho (tadinho, vermelho só se for de sangue ;-;), corujas falantes... Uma mistura de... fantasia? hehe não sei mas ficou muito bom!

E também achei ótima a ideia de ter envolvido uma doença na fic, ficou muito bom mesmo! Tipo, MUITO! haha

Achei legal a "atitude" do rapaz em dizer ser imune, foi um jeito de ficar mais próximo de sua amada <3 (nossa que brega eu falando assim :v)

Nem preciso comentar sobre o final, não é? #Xonei xD
O que eu mais gostei? Deixe-me ver...
Da primeira linha, da segunda, terceira, quarta, quinta...! Espere, tem quantas linhas mesmo???

Me fez lembrar de filmes como o de Romeu e Julieta ( --q não sei pq ), o da Peste Negra ( --qq por causa da peste mesmo :v ) e As Cruzadas: Uma Viagem Através do Tempo ( --qqq também não sei)

Fantástico! *---*
Eu ADOREI tudo!
Postado por ~Ayla-Sama
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Ayla-Sama
Usuário
Notável o tema raro no site. Claro que tem muita coisa da idade média em fanfics misc, mas original? E tratando da peste?
Apesar de ser um tema triste eu gostei da história ser focada numa doença tão arrebatadora, dado o contexto histórico. O menino tem muita coragem pra enfrentar um urso, são poucos os que saem vivos. Isso, já que nem mencionei a bravura de morrer junto com seu amor. E, sinceramente, fico feliz que a menina passou os últimos dias em uma aventura cheia de sentimentos, mesmo que sejam eles medo e dúvidas. Eu considero infinitamente melhor do que ser tratada como um paciente terminal, um morto andando.
Outro detalhe que gostei, foi o que você chamou atenção nas notas finais, o fato deles terem virado homem e mulher naquela noite. Tenho apreço por cenas implícitas, outra coisa não tão famosa no site.
Enfim, meu comentário não é tão magestoso quanto os seus, mas queria deixar algo aqui, mesmo que simples.