História A unica exceção - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kankuro, Karura, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Temari
Tags Gaaino, Naruhina, Naruto, Romance, Shikatema
Visualizações 345
Palavras 1.220
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiee eu demorei eu sei mais o cap ta ai eu nao sei quantas palavras tem mais foi feito com carinho

Eu to triste meu notebook vai demorar mais que o esperado pra chegar 😓😓😓

Capítulo 23 - Ta terminando comigo?


 

Tudo passou tranquilamente depois de umas insinuações da dona Yoshino e muita vergonha da parte de Temari, que ajudou a limpar o quarto que meus pais ocupariam.

O moreno Nara entra no escritório com o sangue quente, Kin tinha se mostrado extremamente incompetente esses últimos tempos já estava mais que na hora de dar um basta nela

Pegou o telefone e ligou para seu próprio escritório para verificar se ela realmente estava lá se não estivesse o mesmo ficaria muito puto mas depois de 3 toques finalmente a moça atendeu

- Telefone pessoal do escritório de Nara Shikamaru, no que posso ajudar? - Pergunta ofegante

- Senhorita Kin, Ajudaria bastante se você fizesse seu trabalho

- S-Senhor Nara! - Assustou-se

-...- Suspirou e friamente pronunciou - Sua incompetência está prejudicando os negócios dessa empresa, só liguei para avisar que está demitida por justa causa pois não está executando sua função, obrigado por trabalhar conosco

E desligou, estava impaciente e não estava com vontade de lidar com funcionários estava de férias mas o trabalho o perseguira, suspirou e se jogou na cadeira, percebendo rapidamente a loira que estava parada na porta lhe olhando incrédula

Temari não acreditava no que estava presenciando, nunca vira Shikamaru tão serio e frio neste tempo que se conhecem, quando percebeu que ele a olhava deu um pigarroe falou:

- Me desculpe invadir assim só vim avisar que o jantar está pronto

- Obrigado - Sorriu e levantou andando ate ela preguiçosamente e parou a olhando - Pode perguntar...

- Agora que vi esse seu lado fiquei curiosa... No que exatamente você trabalha ?

O moreno suspirou ele sabia que essa hora chegaria então pegou o braço dela a puxando delicadamente para dentro do escritório e fechando a porta se sentou na poltrona do outro lado da mesa e a loira se sentou a sua frente

- Quando eu era mais novo eu tive uma ideia, só que não tive apoio ninguém, mesmo que eu fosse atrás de patrocínio, então eu dividi minhas frustrações com Sasuke e Naruto, quando falei para eles na hora acharam a ideia muito boa e Sasuke começou a fazer pesquisas e contabilizar o que seria necessário e Naruto que ficou interessado disse que investiria e foi assim que começamos um "império". Hoje somos donos de uma multi nacional, é por isso que eu e a Chiyo não nos damos muito bem somos representantes de duas empresas que competem para ser a numero um do Japão

- Porque nunca me contou isso antes?

- Eu...Vou ser sincero com você... Eu não sabia de nada sombre você e tem muita mulher que quer ficar comigo por causa do que eu possuo...

- Wolll - Interrompe Indignada - Você esta dizendo que você me acha uma interesseira? Eu nunca te pedi nada, se não fosse por hoje eu nunca iria saber quem são seus pais

- Eu sei disso, você me surpreendeu quando disse que não queria saber nada sobre mim. Eu até fiquei esperançoso de poder te conquistar como eu mesmo sem toda a pompa que me persegue

- Espera me conquistar... -Ela fez uma pausa muito longa que Shikamaru ficou envergonhado e depois continuou - Shikamaru acho que não vai dar certo

- Espera ta terminando comigo, COMO ASSIM!?

- Sim Shikamaru, estou... Eu disse que quando um de nós se envolvesse de mais daríamos um tempo...

- Tudo bem - Suspira - Vou te dar o tempo que você quer, mais que fique claro que eu não desisti de você

- Faça o que quiser...- Se levantou e foi andando até a sala de jantar que era grudado na cozinha

Foi seguida pelo Shikamaru mas nem percebeu, sua cabeça estava cheia de pensamentos, mesmo sentindo seu coração pesado decidiu terminar, não quis dar o luxo a ele de poder partir seu coração, ele queria conquistar ela mas quem garantiria que ele ficaria com ela se conseguisse ?

"Ele já conseguiu..." Seu subconsciente gritava, ela estava com um nó na garganta e ouvi-lo dizer que não desistiria dela foi como levar uma facada de si mesma

Estava a algum tempo negando o que estava sentindo mais ouvir ele declarar pra ela tão abertamente que queria conquistá-la, a fez perceber que realmente estava gostando dele e logo em seguida, algo dentro de si queria se afastar e se esconder

Estava se chamando de burra se gostava dele porque não continuar, mais a sua resposta pareceu rapidamente, e se ele fosse quem nem o Hidan e quisesse apenas lhe usar para depois jogar fora, pior, e se ele fosse que nem seu pai e percebesse isso tarde de mais...

Suspirou e colocou um sorriso no rosto fingindo que nada aconteceu


 


 

Depois que as meninas foram embora e os caras ficavam na sala, Shikamaru ficou na cozinha com a mãe ajudando ela a terminar de arrumar

- Pode falar, aconteceu alguma coisa? - Ela havia percebido que a mente dele estava longe durante todo o jantar

- ...- Suspirou - Temari pediu um tempo

- Como assim!? Porque...Foi algo que eu ou seu pai fizemos ?

- Não! Não é nada com vocês, eu só achei que estava na hora de ela saber de algumas coisas e quando eu contei ela pediu um tempo

- O que você disse a ela ? - Olhou desconfiada

- Contei sobre a empresa e que eu queria conquistar ela sendo eu mesm...

- Você chamou ela de aproveitadora!? - Deu um pescotapa no filhp

- Ai! Eu não disse nada disso! - Se defendeu

- Então porquê não falou sobre a empresa pra ela antes? - Indagou inquisidora

- Ok, no começo eu pensei que ela poderia ser... Mais depois eu percebi que ela não era e me peguei apaixonado por ela, queria conquistar ela sendo a mim mesmo, mas parece que eu não sou o suficiente

- Como assim ? Vocês não estavam namorando?

- Não... Era apenas um sexo sem compromisso...

- Que estava mais pra namoro, vocês não ficavam com ninguém por fora, depois que começaram a ficar - Comentou Naruto se metendo na conversa

- Sim, por esse motivo que achei que eu tinha pelo menos um pedaço pequeno do coração dela mais pelo visto eu só me iludo – Bufou Shikamaru frustrado

- Filho... Não fica assim...

-Sei lá...Não sei o que pensar disso pra mim vocês pareciam que estavam namorando, sei la vocês sempre agiram como um casal, até nas brigas eu ficava comentando com a Sakura que vocês são iguaizinhos a marido e mulher só faltava o cabo de vassoura ou a frigideira – Diz o loiro rindo

- Essa foi boa – O moreno riu também - Mas nem brigamos tanto assim …

- Não... Imagina...- Diz Naruto irônico - Aposto que em uma semana vocês vão ta que nem coelhos no cio de novo

- Eu também acho, se em uma semana não acontecer é só arrastar ela de novo pra sua cama e fazer ser a noite mais inesquecível da vida dela , duvido que depois dessa ela te larga – Sua mãe deu uma piscadela e o mesmo riu

- Ótimo conselho tia, vou usar quando eu e a Hina tiver uma briga feia

- Pode usar o conselho foi de graça, mas o próximo vão ter que pagar – Riu
 

 


Notas Finais


Mereço comentários?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...