História A vampira demônio de Bobby Singer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Dean Winchester, Jo Harvelle, John Winchester, Lilith, Lúcifer, Meg Masters, Personagens Originais, Sam Winchester
Visualizações 15
Palavras 481
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Sobrenatural, Suspense
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Demônios


Fanfic / Fanfiction A vampira demônio de Bobby Singer - Capítulo 1 - Demônios

  - Bobby -

Eu e John descobrimos que demônios possuíram uma família inteira, os Jones:

- John temos que tomar cuidado. 

- Está com medo?

- É uma família inteira John, a família é inocente.

- Ok Bobby. 

Descobrimos onde eles moram e logo os encontramos:

- John Winchester meus amigos falam muito de você - o pai disse com um sorriso maligno e seus olhos ficaram pretos

- Por quê uma família inteira? 

- Ordens de Lucifer Bobby Singer, vamos acabar com todos os caçadores e anjos para os humanos estarem sob nosso controle. - A mãe falou e seus olhos ficaram brancos

- Deixava pelo menos a criança fora disso.

- O garoto é a melhor parte caçador, e você está errado, há mais uma escondida, e vocês não matariam um garotinho matariam? - o menino disse com os olhos dourados

- São três tipos diferentes- John

- Hora de morrerem caçadores- os três disseram

Tentamos um exorcismo mas não deu certo e nós nos escondemos:

- Três diferentes não é fácil.

- Apareçam caçadores! Queremos nos divertir! - gritou o pai 

- Temos que salvar essa família.

- Demônios Bobby, demônios, tem que ir para o inferno. 

- Ainda tem uma garota escondida John, não vou matar a família dela.

- Quanto sentimentalismo Bobby, de um jeito ou de outro os demônios e a família irão para o inferno.
 
Saímos de nosso esconderijo e tentamos vários outros exorcismos, sem sucesso:

- Não há outro jeito Bobby. 

- Está bem John, vamos acabar isso.

John pegou a arma especial para demônios e deu na minha mão:

- Você primeiro.

A mulher estava para me atacar mas dei-lhe um tiro na cabeça, ela e o demônio morreram, ouvi um barulho e vi belos olhos azul mar assistindo a cena atrás da porta, era a garotinha:

- Olha John, a menininha. 

Ele olhou e logo pegou a arma de minha mão matando o pai. Ele estava para matar o menino mas peguei na arma e puxava para outra direção, só que John era mais forte e eu acabei puxando o gatilho, a bala acertou o coração do menino e ele morreu. John guardou a arma e saiu, eu olhei ele sair, como "Trabalho feito, agora vou embora descansar". 

A garota correu até sua família e começou a chorar, senti pena dela e a abraçei suavemente:

- Vai ficar tudo bem pequena, vai ficar tudo bem. 

- Mamãe, papai, James, voltem.

- Eles não vão voltar pequena, foram para outro mundo.

- Outro mundo?

- Um mundo que você não pode conhecer, qual o seu nome pequena?

- Sally Jones.

Eu fiquei com pena dela, ficou órfã tão jovem, não vou deixar ela sozinha, a peguei nos braços:

- Vem Sally, eu vou cuidar de você pequena.

Eu a adotei, vou cuidar dela, ela vai ficar segura, Sally não vai ficar sozinha.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...