História A viagem da minha vida - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Nalucy-chan

Postado
Categorias Originais
Tags Amigos, Romance, Viagem
Exibições 6
Palavras 648
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Escolar, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olha agora vai ficar mas fácil de você lerem

Capítulo 2 - Segundo capítulo


- Oi, qual o seu nome? - Um moreno de corpo atlético, olhos negros penetrantes e cabelo castanho diz.
 
- Meu nome é Sofia e o seu? - Falo tímida.

- Meu nome é Gustavo, mas pode me chamar de Gusta, você quer conhecer minha turma?

 - Sim.

 Nos levantamos da carteira e fomos até os amigos dele.

 - Olha, essa aqui é a Brenda, Brenda essa aqui é a Sofia. - Diz Gustavo.

- Oi gente! - Vejo que ele só tem amigos gatos e me pergunto como vou reagir, já que sou muito tímida.

- Olá, não fique com vergonha, somos todos loucos. - Diz Brenda ao notar meu nervosismo.

 Todos começam a rir.

- Esse aqui é o Rafael. - Diz Gusta me mostrando um de seus amigos.

 - Oi princesa. - Princesa? Eu?

 -  Não cai na lábia dele não, Sofia.- Gusta diz rindo. -  Rafael é muito mulherengo.

 Todos caem na risada.

 - Quer acabar com minha reputação? - Resmunga Rafael. - Sou o príncipe que todas querem.

 - Sei... -  Gusta diz desconfiado. - Tá mais pra vagabundo.

 - Esse aqui é o Arthur.

 - Oi Arthur. - Esse Arthur, ele é lindo. Meu Deus!

 - É um prazer te conhecer, Gata. - Fico vermelha na hora, e pra piorar, Arthur beija meu rosto.

- Nossa, seu perfume é bom. Qual marca você usa? - Arthur pergunta descaradamente.

 - Obrigada. O que sei, é que ele é importado. Ganhei da minha mãe. Ela viaja muito e traz muitos presentes pra mim.

 - Nossa menina, então se é rica. - Responde Arthur.

 - Que nada! Meus pais que viajam e eu fico no tédio em casa. - Suspiro cansada.

Todos riem. O professor manda todos ficarem quietos. Sento na minha carteira, e ele passa a matéria. Quando a aula acaba, toca o sinal do intervalo.

- Quer ficar com a gente? - Pergunta Brenda.

- Sim. - Guardo meu material e me junto à Brenda. - Nossa, tô com muita fome.

 Nessa Escola, o refeitório é semelhante à um restaurante, há várias opções de lanche.

 Decido pegar duas fatias de pizza e um suco de morango. Caminho até a mesa onde todos estão sentados e começo a comer. Termino e bebo meu suco.

 Conversamos por um tempo, e o sinal toca, anunciando o fim do intervalo.

  Vamos até a sala e nos sentamos. A professora chega e comeca a escrever no quadro.

 - Sofi, vamos na minha casa qualquer dia? - Brenda pergunta.

 - Não sei. Vou ver com minha mãe e mando mensagem pra confirmar.

 Brenda coloca seu número no meu celular.

 - Ok. Vou esperar sua resposta. - Diz sorrindo.

 As aulas finalmente acabam. Guardo meu material e saio do Colégio.

No caminho eu ouço alguém correndo e dou de ombros. Deve ser alguém com pressa, penso.

 - Sofi, me espera! - Gusta grita, correndo em minha direção.

 -  Você mora naquela direção? - Pergunto apontando o caminho que uso pra chegar em casa.

- Sim moro. Vou com você. - Diz caminhando ao meu lado. - Meus amigos estão com as namoradas deles e não quero ficar de vela.

- Entendo.  Quando morava no Brasil,  sempre tinha que ficar de vela da minha amiga, era um saco. - Resmungo.

- Sério que você é do Brasil? - Ele fica surpreso. - Foi muito difícil, aprender nossa língua?

- Sim, morava lá. Você tem que conhecer, é muito bonito. Lá  tem cada lugar pra conhecer que você ficaria de boca aberta.

 - Desde que eu era pequena,  eu tinha um professor bilíngue. Minha mãe já sabia que iríamos nos mudar pra outro país. - Digo caminhando ao seu lado. - Aprendi muitas línguas com esse professor.

- Nossa, um dia irei lá. Tem uma cidade que vejo nos noticiários que quero muito conhecer, Rio de Janeiro. Mano, tem cada praia lá!


Notas Finais


Se gostarem comentem,irei adorar😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...