História A viagem que mudou nossas vidas .. - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rafael "CellBit" Lange
Personagens Personagens Originais
Tags Amores, Aventuras, Drama, Luis Mariz, Perdas, Rafael (cellbit), Romance
Visualizações 7
Palavras 745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - Fatalidade


Entrei no carro e fui embora , já não aguentava ter ele perto de mim , eu achei que aquele sentimento já tinha acabado a muito tempo , mais estava enganada , só estava dormindo dentro de mim e aparece que agora ele acordou . 

Cheguei na casa das meninas , e Ana estava furiosa , fiquei sem entender logo ela que é tão calma , coloquei as sacolas na mesa e perguntei se estava bem 

Ana : bem amiga ? Olha isso . Me mostrou o celular tinha varias fotos de fãs do Luís , e nessas fotos tinha eu . Ele me segurando pelo braço , entrando no banheiro feminino , ele arrumando briga com o segurança e pegando em minha barriga . Meu Deus agora ferrou !

Flávia : Bianca oque foi isso ? As pessoas descobriram que é você tem fotos suas com marcação em todo lado , oque aconteceu ?

Eu : gente eu não sei também , estava saindo de uma loja Luís me parou e me puxou e começou a fazer um escândalo e queria saber quem era o pai , virou um rolo e deu nisso aí 

Ana : ele é o pai né Bianca ? Eu não entendo porque você não fala 

Flávia : eu também não entendo afinal somos suas amigas né , ou não ? 

Eu já não aguentava mais isso é acabei explodindo 

Eu : não interessa quem seja o pai , vocês estão me entendendo , a vida é minha , o filho é meu , só Deus sabe oque eu já passei com essa criança e ninguém , ninguém estão me ouvindo tem o direito de querer me obrigar q falar quem é , e se querer saber se vocês fossem minhas amigas iriam me apoiar e não me encher o saco . Tchau 

Virei as costas e fui embora sem deixar ninguém falar nada , poxa vida só eu sei oque estava passando em ter um filho nessa situação , nuca pensei em ser mãe solteira , e nem ter um filho de um cara que mal conheço , logo entrei no carro e vi as fotos , tinha feito um Instagram e Facebook a dois meses atrás , não passava de 100,00 mil seguidores até que tinha bastante por não ser famosa , vi que tinha muito marcação de fãs e a maioria me criticando e outras não sabendo oque estava acontecendo, e resolvi tomar uma decisão,dei RT em uma foto e fiz uma postagem em cima de um comentário infeliz de uma fã falando que eu era uma aproveitadora .

 Repostei a foto que ele estava passando a mão em minha barriga e coloquei embaixo :

Não sou de expor minha vida pessoal , primeiro que não conheço nenhuma de vocês que estão me criticando e segundo que vida pessoal não se expõe assim . Outra coisa eu tenho a dizer , primeiro Luís não é pai do meu filho , foi apenas um amigo em uma viagem e hoje nem contato temos mais , ele estava apenas me ajudando em um momento que passei mal e por um acaso ele estava no mesmo lugar , segundo eu não devo satisfação a ninguém ,  e por fim só estou dando essa declaração porque eu não preciso de publicidade alheia , nunca divulguei minha gravidez até agora , só minha família e alguns amigos sabiam , não preciso de publicidade barata , que fique o recado , beijos .

Sai logo após postar a foto ,  minha paciência tinha sido esgotada , eu nunca tinha postado uma foro da minha barriga ou falando da minha gravidez, fui grossa mais já estava de saco cheio . Seja oque Deus quiser agora , dei partida e voltei pra casa , o trânsito estava infernal , tinha muita gente tentando ultrapassar , vi que vinha uma moto em alta velocidade e logo após um carro da polícia com a sirene ligada , havia muita confusão pessoas descendo dos carros e entrando debaixo deles , escultei varias tiros , não sabia de onde viam , descido me abaixar no assoalho do carro e sinto algo me queimando na costela , e quando olho estou sangrando , a não acredito , levei um tiro e logo sinto a dor me invadir , entro em desespero , meu filho , não isso não pode estar acontecendo . Meu filho , e tudo se apaga .


Notas Finais


E agora ? Será quer vai acontecer algo com Bianca ? Ou com o bebê ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...