História A vida (a)normal de quatro ômegas - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hidan, Itachi Uchiha, Izuna Uchiha, Obito Uchiha (Tobi)
Tags Jashida, Kakaobi, Kakuhida, Kisaita, Naruto, Sasodei, Shiita, Tobiizu
Visualizações 205
Palavras 921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Meio tarde mas cá estou
Desculpe os muitos erros

Capítulo 8 - Seção de fotos


Fanfic / Fanfiction A vida (a)normal de quatro ômegas - Capítulo 8 - Seção de fotos

ITACHI ON


Desde aquele dia eu não tenho sentido nenhuma diferença em mim, o que era estranho já que aplicaram algo em nós, mas melhor assim né?

Eu estava andando ao lado de Deidara para o estúdio. AH, eu não contei? Deidara foi contratado para tirar fotos para fazer propaganda da nossa escola (Ele tá se achando muito depois disso), e como ele tem medo de andar por aí e ser estuprado, fui obrigado a acompanhar ele.

Quando chegamos faltava uns 5 minutos para começar a seção de fotos, então o Dei aproveitou para conhecer o pessoal.

Por uma coincidência enorme, o fotógrafo era um dos crushs do Dei, o famoso Sosari, ou algo assim. Os resto do povo eram betas comuns, e o que mais me chamochamou atenção foi o ajudante do fotógrafo, um alfa muito alto (ainda mais para mim que sou pequeno) com a pele um pouco azulada e dentes afiados, pode parceria estranho mas isso tudo ficava muito bem bem nele.


- Você não é nada discreto Itachi, vc está a quase 2 minutos olhando para ele fixamente, sua sorte é que eu fui o único que viu - disse ele, desviei meu olhar rapidamente para o chão, provavelmente corado - não eu não fui o único, ele também viu - disse apontando pro azulado, agora eu definitivamente estou corado.


Salvo pelo bongo! Meu celular começou a tocar, eu pedi licença a deidara e fui para fora do estúdio atender.


- Alô 

- Como assim alô? Onde você está caralho?

- Shisui?

- Quem mais podia ser? PORQUE VOCE NÃO ME FALOU QUE SAIU DO COLÉGIO? SE ALGO ACONTECER COM VOCÊ EU IREI RIR EM SEU TÚMULO!


Antes que eu pudesse responder, alguém pega meu celular.


- Fica tranquilo ele tá comigo, não vai acontecer nada - PUTA merda era o kisame, aquele cara azulado de algum tempo atrás. 

- O QUE???? ITACH.... 


Kisame desligou antes que o outro pudesse falar algo. Eu estava com a boca aberta até me lembrar que ele estava com meu celular, como ele ousa!!!??


- Muito obrigado... mas você poderia devolver o meu celular? - disse com um olhar ainda meio surpresó para ele.

- Vem pegar, baixinho - eu já falei que detesto que me chamem de baixinho? Poisé, eu detesto.


Eu fui pegar meu celular mas ele o levantou muito mais alto que eu. Ele só podia estar de brincadeira com a minha cara. Eu tentava pegar pulando mas eu infelizmente sou muito baixo, até que eu desisti e me sentei no chão mesmo o olhando emburrado.


- Sabia que você me olhando de baixo é muito sujestivo? - disse ele com um sorriso malicioso, eu abaixeI meu olhos imediatamente e senti meu rosto esquentar.


Ele jogou meu celular no chão e puxou meu pulso até a uma sala deserta, sem janelas e pequena, fechando a porta com chave logo depois. Eu o olhei confuso até entender o que aquilo significava. Arregalei os olhos.


- A-Abre a porta - digo tentando não vacilar minha voz, mas foi algo quase impossível.

- Está nervoso Itachi - disse ele chegando bem perto de mim e me prensando na parede - quer sair? Então vem pegar a chave - sussurrou em meu ouvido, logo depois colocando a chave dentro de sua calça/cueca. Ele pegou minha mão e levou até sua calça. Eu a tirei rapidamente dali.


Do nada ele me beija metendo a língua com força em minha boca, eu queria resistir mas não deu, aquilo estava bom demais então acabei correspondendo. 


5 minutos depois


Eu nem percebi quando haviamos tirado nossas roupas, foi tudo muito rápido, e naquele momento isso era o que menos importava, junto com a chave da porta caída no chão. 

Eu não estava em sã consciência, e pelo visto nem ele. Eu rebolava em seu colo, enquanto o mesmo e estocava com força, me fazendo bater na parede várias vezes. Ele me beijava e me dava vários chupoes em meu pescoço, iria ficar roxo depois, mas nessa hora eu estava cagando pra isso, a única coisa que importava era eu e kisame.


Não sei quanto tempo se passou, mas aquilo só acabou quando estávamos exaustos e acabamos desmaiando de cansaço.


DEIDARA ON


Assim que acabou eu fui procurar Itachi, mas não o achei.


- Danna, você sabe onde está aquele meu amigo que me acompanhou? - pergunto teu pro meu senpai

- a última vez que eu o vi foi antes das fotos, quando ele saiu da sala para atender o celular e kisame foi logo atrás...

- PERA, O KISAME FOI ATRÁS???? - Jesus não creio, #itachipegador. 

- Não grita Deidara! Mas sim, ele foi. Acha melhor irmos procurar eles?

- Não! De jeito nenhum! Acho que eles estão mais que bem - digo segurando a mão de Sasori - Danna, você me acompanha até o colégio? Eu tenho medo de andar sozinho... - digo mansinho.

- Claro dei - Jesus acho que vou morrer - é longe daqui?

- um pouco.

- Vem, enta vamos de carro - disse ele tirando as chaves de seu bolso.


Ele me guiou até seu carro, e assim que chegamos eu me lembro de uma coisa.


- Sasori, eu pensei melhor e vou andando sozinho mesmo - digo rapidamente, assim que eu ia abrir a pouca ele a segura, mantendo-a fechada. Merda. 

- O que houve Dei - disse, ele estava perto demais de mim, isso não vai prestar.

- ME DEIXA IR SASORI!! - digo desesperado até que eu sinto um calor em baixo de mim, tarde demais, meu cio... - Sasori...


Ele me olhava como se fosse em comer, seus olhos e estavam com um brilho diferente, estava repletos de luxúria...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, tchauuuuuu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...