História A Vida Como O Céu... - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dakota, Dimitry, Jade, Kentin, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais
Tags Amor Doce, Armin, Castiel, Dake, Kentin, Lysandre, Nathaniel
Exibições 35
Palavras 1.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá amores do meu kokoro! Tudo bem?
Esperei pra postar hj só pra desejar feliz dia das crianças, kkkk, se é que tem alguma criança aqui, né?
Eu mesma sou uma criança de 14 anos, kkkk!
Morram com o capítulo! Brincadeira, não morre não pelo amor de Deus...
Vamos lá e boa leitura!

Capítulo 29 - Capítulo 29


*Maia On*

       _ Entendeu? _ Chloe perguntou pela milionésima vez.

       _ Entendi desde a primeira vez que você perguntou. _ revirei os olhos rindo e olhei a hora. _ Já são onze horas?!

        _ Nossa! Eu nem havia percebido. _ ela falou e sentou para mexer no celular. _ Vou ligar pro Kentin pra ele vir te buscar…

        _ Não precisa, eu posso ir embora sozinha. _ peguei minha mochila. _ Eu não quero incomodá-lo.

        _ “Incomodar”? O Kentin nunca se incomodaria em te ajudar.

        _ Chloe, não. Eu sei muito bem me cuidar sozinha. Sempre consegui, porque agora seria diferente?

        _ Por que são onze horas da noite. _ ela disse e revirei os olhos. _ Tudo bem. Mas me prometa que você vai com cuidado e não olhe pra ninguém, muito menos se estiverem te chamando…

        _ Tá bem.

        _ Ande apenas pela calçada. E se um carro parar do seu lado, corra!

        _ Okay.

        _ Olhe para os dois lados antes de atravessar a rua e não tira o casaco, se tirar pode pegar uma pneumonia…

        _ Chloe eu já entendi! _ ri vendo sua preocupação. _ Tomar cuidado, já sei.

 

        _ Quando chegar em casa me liga. _ ela disse e eu a abracei. Ela deu leves tapinhas na minhas costas. _ O que foi?

        _ Não gosto muito de abraços. _ ela sorriu meio sem jeito. _ Eu sou como um lobo solitário.

        _ Ai, só você Chloe. _ Ri  e fui embora. A casa do Kentin era um pouco longe. A rua estava deserta, ninguém passava, nem uma pessoa ou ônibus, estava totalmente vazia.

        Mas estava tudo bem… Afinal, o que poderia acontecer?

🌟🌟🌟

        Aquela noite estava realmente fria. A neblina da noite ficava a vista na luz do luar. A cada suspiro, o ar quente saía pela minha boca. Chloe estava certa em me mandar não tirar o casaco.

        Estava andando um pouco devagar, eu não gostava de andar rápido, muito menos com um frio daqueles.

        Minhas mãos geladas escondidas dentro dos bolsos do casaso tremiam. Mesmo tentando fazer as mesmas se aquecerem, o frio ainda prevalecia por todo o meu corpo.

        Ainda andando ouvi um barulho estranho. Eu me assustei e automaticamente olhei para trás.

         _ Quem tá aí? _ perguntei olhando para aquela imensa rua deserta. Dei de ombros e continuei a caminhar, dessa vez fui de cabeça baixa, olhando para os meus pés.

         Enquanto andava, bati em alguma coisa. Olhei para cima e vi um garoto alto de cabelos pretos.

          _ Me desculpe… Eu deveria ter prestado mais atenção. _ tentei continuar mas o rapaz puxou meu braço. _ Me solte por favor. _ eu já estava com medo.

          _ O que foi gatinha? A gente pode dar uma voltinha por aí…

          _ Não quero, obrigada.

          _ Não me faça te levar a força. _ o sorriso dele me deixava ainda mais nervosa. _ Vamos, vai ser rapidinho. _ sua mão foi até a minha cintura e me puxou contra ele.

          _ Eu já disse que não! _ pisei em seu pé e o mesmo se contorceu de dor. _ Socorro!

          _ Eu disse que não queria usar a força bruta. _ o homem me pegou por trás e tapou minha boca. _ Mas você não me dá escolha.

          Eu tentava gritar, mas a sua mão abafava som da minha voz.

           Não queria imaginar o que ele faria comigo, ele era muito forte, por mais que eu tentasse me soltar, não adiantava.

           _ Tire as suas mãos dela agora! _ alguém gritou.    

           O homem me soltou e corri para longe do mesmo. Olhei para o dono da voz que me salvou. Era o Kentin.

            Sem eu perceber já estava o abraçando. Naquele abraço, nem parecia que aquela noite era uma das mais frias. Seus braços eram quentes e confortáveis. Era muito bom.

            _ Se encostar na minha garota só mais uma vez, eu quebro a sua cara seu… _ pelo que conheço o Kentin, ele falaria uma besteira.

             _ Já chega Kentin! _ o interrompi. _ Vamos pra casa.

             _ Fique sabendo que eu não me importo. Você nem é tudo isso… _ o garoto deu de ombros.

             _ Eu vou… _ Kentin ergueu um dos punhos e eu segurei sua mão. Ele suspirou e se acalmou. _ Vamos Mai.

             Eu e Kentin fomos pra casa juntos. O tempo inteiro ficamos em silêncio.

             Que noite…

🌟🌟🌟

           Eu tinha acabado de tomar meu banho. Só estava penteando meu cabelo para poder dormir. Desde que chegamos, não falamos nada um com o outro. Ele deveria estar bravo comigo por ter saído sozinha. Bem, eu não sabia, e veria isso no outro dia.

         Coloquei o pente sobre a cômoda e me deitei na cama.

          _ Maia. Eu tenho cara de herói pra sempre ter que salvar você? _ ouvi a voz do Kentin e me sentei na cama. Liguei o abajur para vê-lo melhor. _ Podemos conversar? _ assenti. _ Porque não me chamou pra te buscar na casa da Chloe? Ela me ligou e disse que você já tinha saído…

          _ Vou matar a Chloe. _ revirei os olhos. _ Eu não queria te incomodar. _ disse e ele me fitou confuso. _ Você já está fazendo tanto por mim, me deixando morar por enquanto aqui com você. Eu não quero mais dar trabalho, até porque  você não tem obrigação nenhuma de cuidar de mim.

         _ Eu sei Mai. Eu sabia desde que você chegou aqui. Não era a minha obrigação, nunca foi. Mas eu queria te ajudar, cuidar de você, porque eu…

         _ Você?

         _ Porque eu te amo desde sempre. _ assim que ele disse isso, meu coração se acelerou como nunca. _ Eu quero você pra mim Mai. Sempre quis.

         _ E-eu também te amo Kentin. _ falei e ele riu. _ O que?

         _ Você está toda vermelha. _ ele colocou a mão sobre meu rosto e me beijou.

         O beijo foi ficando cada vez mais intenso. A mão do Kentin foi até minha cintura e ele começou a tirar meu moletom. Ele começou a beijar meu pescoço de maneira suave e doce. Eu o ajudei a tirar a sua roupa e o resto da minha. Ele colocou a proteção e depois voltou a me beijar. Nossos lábios se moviam como uma dança perfeita.

          _ Eu não quero te machucar. _ sussurrou no meu ouvido.

          _ Você nunca vai fazer isso. _ beijei sua testa. _ Eu te amo Kentin.

          _ Eu também te amo Mai.

          Ele foi colocando seu membro dentro de mim, eu gemia e ele fazia o mesmo. Comecei a movimentar minha cintura e ele fez o mesmo. Depois de alguns minutos deitamos na cama cansados. Ele estava ofegante e eu também.

          _ Essa foi a melhor noite da minha vida. _ sorri e o olhei.

          _ Que coincidência. Pois foi a minha também. _ ele me abraçou e beijou minha cabeça. _ Boa noite Mai.

          _ Boa noite Kentin.

🌟🌟🌟

   


Notas Finais


Oppaaaaaaaa! Mds! Maia passou por muita coisa hj não é mesmo?
Coloquem suas opiniões aí nos comentários!
Bjjs e até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...