História A Vida Continua - Until Dawn - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Until Dawn
Personagens Ashley "Ash", Beth Washington, Christopher "Chris", Emily "Em", Hannah Washington, Jessica "Jess", Joshua "Josh" Washington, Matthew "Matt", Michael "Mike" Munroe, Personagens Originais, Samantha "Sam"
Tags Romance, Until Dawn
Exibições 18
Palavras 1.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal, tudo bem?
Quarto Capítulo.
Sei que falei que postaria só sábado, mas não resisti. rsrsrsrs.
Comentem se gostaram.
Aproveitem: acomodem-se, façam um lanche gostoso, coisa leve para não fazer mal À saúde e vamos nessa!
Obs: A história será contada a partir do ponto de vista de cada personagem.

Capítulo 4 - Verdade X Versão Oficial


Fanfic / Fanfiction A Vida Continua - Until Dawn - Capítulo 4 - Verdade X Versão Oficial

Capítulo 4

Jéssica - 8:20 - Sua casa

Minha vida está uma bagunça. Não consuigo fazer nada. Nem comer direito eu estou. Estou emagrecendo e perdendo meu corpo escultural. Não consigo dormir e quando fecho os olhos tenho a impressão de que estou sendo arrastada para a escuridão. Mike até tenta me animar, mas não consegue. Matt me manda mensagem todos  os dias, provavelmente encondido da Emily. Esse pensamento me fez rir. Sam e Ashley também me mandam mensagens. A dor não passa, minha ansiendade é também não. Estou sob medicamentos. Tenho tomado Valium. Até que melhora um pouco. Pego um comprimido e coloco na boca e engulo. 

O telefone toca  eu atendo. É o Mike.

- Jess, precisa se arrumar agora. Estou passando aí. Aconteceu uma coisa!

- O que foi Mike? - pergunto aflita - Você tá bem?

- Estou  bem Jess... Mas não posso falar isso pelo telefone. Se arrume. Estou chegando. Beijo.

 - Mas, Mike... - Ele já tinha desligado.

Rapidamente me arrumo e digo para minha mãe que vou sair. Mike logo chega e buzina. 

Coloco mais um Valium na boca antes de entrar no carro.

 

Ashley - 8:40

Estou no taxi com Chris e Sam. Indo ao local indicado por Mike. Não faço a menor ideia do que se trata, mas ele parecia bem sério ao telefone.

- Será que é sobre o Josh? - Pegunta Sam esperançosa. Estava conversando com o Mike sobre isso. Ah! Nem contei. O pai do Josh me ligou dizendo que o encontraram, mas soube me dizer se vivo ou morto. Estou orando para que esteja vivo e bem.

- Espero que ele esteja... Humano - Chris falou baixinho.

Olhei para o motorista do táxi e parece que ele não ouviu. Dei um tapinha em Chris e fiz sinal de silêncio para os dois. Seguro a mão de Chris e ele me dá um beijo da bochecha. Sam vira teatralmente o rosto como se não quisesse ver aquilo e começa a rir.

- Até quando vou segurar vela?

- Até você arrumar um namorado.

- Quem sabe ele não volta dos mortos hoje? - falou Chris sem pensar -  Me desculpe Sam, não foi minha intenção. - Disse quando percebeu a tristeza no rosto de Sam.

- Não se preucupe, Sam. Vai dar tudo certo! - Tento anima-la

- Chegamos.- disse o taxista - Vinte e oito dólares.

Chris paga a corrida e descemos do carro. Era a hora de controlar a ansiedade e ver o que nos aguarda.

 

Matt - 9:50

- Chegamos! - falei para a Emily - Vamos!

- Tem certeza que é aqui memo? 

- Sim, sim! - digo olhando para o papel com o endereço e depois mostrando para a Emily - É aqui mesmo.

Era um bar modesto, não era uma espelunca, mas também não era cinco estrelas.

- Juro por Deus que se for uma pegadinha do Mike...

- Eu mesmo quebro a cara dele! -interrompo.

Mais a frente estão Sam, Chris e Ash. Cumprimentamos-nos e depois proponho:

- Vamos!

Entramos no bar e logo vejo Mike e Jess. Ele assente como se dissesse " e aí?" e Jess me abre um sorriso. Retribuo meio que por impulso e Emily revira os olhos.

- Todos chegaram? - Diz uma voz conhecida.

- Sim! - Responde Mike - Estão todos aqui.

Era a voz do nosso velho e bom xerife. Ai ai. Vai ser um dia muito longo.

 

Emily - 10:05 - Bar desconhecido

Não esperava encontrar esse cara de novo. E esse bigode? Eca! Nem todo tempo do mundo era pouco para voltar a ver esse velho, mas aqui estamos. Eu podia estar em casa deitada ou fazendo as unhas, até mesmo dando uns amassos com o Matt. Me aproximo e procuro ficar o mais longe possível de Mike e Jéssica.

- Senhores...- inicou o xerife - Estou aqui para dar algumas informações e pedir a colaboração de vocês, pois para variar  a verdade e a versão oficial não serão a mesma coisa.

- Como assim?- pergunta Mike

- Eu não estou entendendo - disse Jéssica

Vaca ou burra? O que combina mais com ela?

- Vou deixar mais claro. Na tarde de ontem, mais especificamente à 17:34, Joshua "Josh" Washington foi encontrado carbonizado nos escombros da cabana incendiada depois de nove dias de buscas. O resultado das investigações foram que ele foi vítima de uma explosão acidental.

- Não! - disse Sam rangendo os dentes - Não foi isso que aconteceu! 

- Todos nós sabemos o que houve! completou Chris.

- Eu mesmo vi o que aconteceu com ele! - Berrou Mike - Eu fui o último a vê-lo vivo!

Sam começa a entrar em desespero e Ashley tenta segura-la com com Matt.

- Sentem-se e me ouçam - Disse ele calmamente abrindo a jaqueta e mostrando uma arma. Não sei de que marca.

Mike e Chris estão bastante nervosos, mas sabem que não podem fazer fazer nada. Mike se senta  com os punhos fechados.

- O que realmente aconteceu? - Pergunta Sam enquanto Ashley tenta segura-la para acalma-la.

O xerife Madson hesita.

- O que aconteceu? - pergunta mais brava ainda.

- Meus homens o encontraram nas minas e ele estava...- tentou gesticular com as mão, mas não conseguiu achar o gesto que queria - Ele os atacou e meu homens tentou acalma-lo e infelizmente tiveram que usar força letal, fogo.

Sam coloca a mão no peito e chora de joelhos.

Mike dá um soco na mesa e dá um grito: NÃO! lágrimas escorrem do seu rosto.

Chis começar a chorar nos braços de Ashley que o conforta passando a mão no seu cabelo. Ela também chora

Jessica também chora de maneira mais comedida, sem se mexer ou fazer barulho. Ela parece anestesiada.

Matt fica com a cara de raiva, depois fica triste e passa a mão nos seus olhos cheio de lágrimas.

O céu fica pesado, o ar fica difícil de respirar... Minha cabeça está com uma sensação estranha... Um frio percorre minha espinha. Quando dou por mim estou chorando no peito de Matt.

Naquele momento, vieram flashs da nossa vida, momentos que passamos com o Josh. Então comecei a imaginar nosso futuro. Foi a primeira vez que vislumbrei um futuro sem  Josh. 


Notas Finais


Não esqueça de comentar, curtir, avaliar e mostrar para os amigos. kkkkkk
Agradeço o carinho. Espero que estejam gostando.
Abraços!
Desculpem qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...