História A Vida de Castiel - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Lysandre, Nathaniel
Exibições 43
Palavras 583
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Contrato


Fanfic / Fanfiction A Vida de Castiel - Capítulo 19 - Contrato

Liguei para Lysandre e falei meio devagar :
- Cheguei. Onde é pra mim ir  ?
- No mesmo prédio que a gente foi antes.
- ...
- Castiel você está chapado ?
- Eu tô e você ?
- Não porra! isso é sério! 
- Pau no seu cu.
- Caralho, você é foda em porra! fica ai na sua casa que eu vou buscar você.
- As meninas tão aqui comigo.
- Problema é seu, elas vão ficar o seu apartamento sozinhas enquanto nós vamos encontrar o Willian. 
- Que Willian ?
- Puta que pariu Castiel, o pai do Viktor, o poderoso chefão! dono da gravadora !
- Que ?
- Só fica ai que eu vou te buscar.
- ...
- Jorgin me empresta a doze eu vou matar esse maconheiro.
Então ele desligou na minha cara, nem deu tempo de eu raciocinar direito essa porra.

Sentei no sofá e esperei, fiquei me perguntando quem é Jorgin. Pouco tempo depois, meu amigo me manda mensagem, avisando que chegou.
- Garotas, tô indo lá, me desejem boa sorte.
- Boa sorte pra que ? ele já concordou em gravar as musicas com vocês.
-É mesmo...
- Cara você ta muito louco.
- Foi sem querer. 
- Não  foi não.
- Foda-se.
Desci para encontrar ele. Lysandre olhou pra minha cara e disse : 
- Cara, seus olhos estão da cor do seu cabelo.
- Por que vocês insistem em dizer que eu tô chapado ? eu sei disso. 
- Vamos logo. Tenta não fazer merda.
- Não garanto nada.

Entramos no prédio, e demos de cara de novo com o Careca. 
- Subam logo. 
- O que ? você não vai nem dizer oi ? 
Senhor sem nenhum fio de cabelo na cabeça me fuzilou com o olhar e Lysandre me puxou para o elevador.
- Entra logo filho da puta, bem hoje que é um dia importante, você resolve fumar ?
- Eu tava comemorando, otário.
- Nem trouxe pra mim. 
Tirei dois baseados do bolso da minha jaqueta e sorri pra ele, que sorriu pra mim de volta. 
- É isso ai, irmão.

Chegamos no andar e andamos pelo corredor até chegar a sala certa, que estava entreaberta. Entrei  e tropecei no tapete, caindo no chão. Willian e Viktor  olharam pra mim na mesma hora, parecendo achar graça.
- Boa noite. Falei com um sorriso meio torto, tentando me concentrar. 
- Boa. 
- Como vai ser ? Lysandre perguntou.
- Primeiro precisamos ver os outros integrantes, depois veremos os outros detalhes.
- E se o Viktor tocasse com a gente ? Falei sem pensar muito.
Lysandre arregalou os olhos na mesma hora e olhou pra mim querendo me matar. 
Willian se dirigiu ao filho :
- O que acha ?
- Seria do caralho! 
- Tem certeza ?
- Você tinha que ver a gente mandando um som outro dia, ficou incrível.
- Vamos ver se isso funciona. 
- AEEEEEE PORRA. Corri e praticamente pulei em cima dos dois . Que pareceram levemente desconfortáveis com minha atitude.
Willian pigarreou. 
- Está ficando tarde, assinem os papéis. 
- Ok, obrigada pela oportunidade. 
Quando estávamos indo embora, me virei e gritei para o novo integrante da banda : 
- Ai parça, quer tomar umas lá em casa ?
- Vamos! Quer dizer...posso pai ?
 Willian abriu um sorriso e disse :
- Se divirtam, e tentem não usar muita maconha. 
Todos riram, e vazamos pra minha casa, felizes da vida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...