História A vida de Lana - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lana Parrilla, Sean Maguire
Personagens Personagens Originais
Tags Lana Parrilla Sean Maguire Seana, Seana
Exibições 40
Palavras 1.758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas. Um capítulo de amor pra vocês...um beijo. Até a próxima.💓💕

Capítulo 40 - Emoções


Fanfic / Fanfiction A vida de Lana - Capítulo 40 - Emoções

                   
   
                        Pov Sean

Eu posso dizer que amar é algo sem explicação. Amar pode doer, machucar, ferir, mas com contudo amar é felicidade. O amor de Lana me deixa bambo e sem ar porém me fortalece me faz acreditar no nosso futuro, na nossa família. Nunca poderia imaginar num amor assim. Com ela eu posso enfrentar o mundo, apenas basta tê-la ao meu lado. Porque tudo de mim ama tudo dela, suas curvas, seus limites, seus ciúmes, suas brigas,suas imperfeições perfeitas. Ela é meu fim e recomeço. Suas palhaçadas, brincadeiras, seus sorrisos encantadores, seu corpo..todas as características de uma mulher sensacional. Ela me fez acreditar no amor novamente, me fez acredita e que amar é possível mesmo depois de tudo. Eu posso dizer que estou vivendo as melhores experiências da vida e ser pai é a mais importante. Me pego pensando no calar da noite em como sou sortudo em ter tudo que tenho, uma mulher ao meu lado, uma familia, e uma filha pra nascer. Quando Lana perdeu o nosso primeiro filho eu não pensei em mim, eu não pensei se estava triste, eu só queria ficar ao lado de Lana. Quando ela se afastou ai sim eu vi o meu mundo desabar. Claro, a dor dela estava bem maior que a minha...Mas Lola foi meu "Salve!". Ela fez nascer o amar que havia sido apagado. Depois veio a notícia que Lana estava grávida de novo...depois veio o nosso casamento e a primeira discussão após casamento... Mas tudo se resolveu. O que importa é que eu a amo. O mais bobo o mais tolo o mais incrível louco sou eu por ela. A sensação de ser pai ainda não sei distingui pois ainda não pude carregar minha filha nos meus braços, mas acho que seja uma sensação maravilhosa. O que me pergunto as vezes é se serei um bom pai? Bom acho que só saberei se passar pelas fases de um pai.

                      Pov Lana

Eu pude me sentir amada novamente por um homem incrível, me separei do Alfredo pois não havia mais amor em ambos, tudo virou rotina e acabou sempre deixando o nos os casamento pra segunda opção. Mas foi bom assim...Amei os meninos assim que os vi, Matt o meu criança, sempre será meu bebé, mesmo que ele não goste kkk. O Patt o descolado da casa, mas cabeça firme também. O Jack meu menino grandão, tão sério, tão cuidadoso, tão protetor de tudo. Aprendi a amá-los e ficaram sendo meus filhos, mesmo não tenham saído da minha barriga mas considero mais que filhos, são os primeiros amores da minha vida, meus tesouros, minhas crianças. Cheguei na vida deles e com o tempo fui me aproximando e ficamos amigos, depois começaram a me chamar de "Mama" e foi adaptando a ideia. E virei a mãe deles, tinha agenda de segunda a sexta de todos os 3, fora os meus compromissos de trabalho, fora casamento, fora controle de tudo em casa. Eu era várias em uma. Reunião escola eu estava presente na maioria das vezes pois Fred tinha suas viagens a negócios e quem ficava tomando conta de tudo era eu. Ai Fred começou a esquecer nossas datas, nossas comemorações e teve um dia que não me esqueço. Eu estava em casa em pleno nosso aniversário de casamento quando Jack entra no meu quarto e me ver tomando vinho deitada na cama, com lágrimas nos olhos, eu estava decidida em terminar tudo ali mesmo, pensei em ligar pra Fred mas esperei o dia seguinte que era o dia que ele voltaria de uma das suas viagens...

                       Flashback

-Lana?

-Oi filho- Dou um gole no meu vinho e coloco na cabeceira e chamo-o para sentar na cama.

-Ele esqueceu de novo? -Pergunta Jack balançando a cabeça em negação

-Esqueceu o que filho? - Dou uma de doida

-Não finge que não sabe mãe, até eu sei que vocês fazem 2 anos de casados hoje. Mas também ele nem para em casa, não liga pra ninguém, pelo menos ele mandou uma mensagem pra você ?

-mens....mensagem, claro amor, ele mandou sim.-Jack já estava com raiva do pai sobre coisas familiares anteriores se eu fosse dizer que Fred não mandou nada eu aposto que ficaria furioso.

-Duvido mãe, se não a senhora não teria gaguejado pra falar. Se ele mandou me mostra pelo menos.

-Jack...

-Eu sabia que ele não tinha mandado, isso é do feitio dele mesmo. Faz o seguinte mãe, eu já me aborreci hoje então se arruma que eu vou te levar pra jantar. 5 minutos nem mais e nem menos viu dona Lana Parrilla.

-Jack..Eii volta aqui. Que aborrecimento foi esse ?, venho logo é me conte. Meu filho está tarde amanhã ainda é sexta-feira, eu tenho trabalho e você faculdade, a gente sai outro dia.

-  A gente conversa no caminho, agora pode se arrumar logo que você só tem 4 minutos viu.. Mãe você faz tudo por mim, pelo Matt pelo Patt, sempre fez. Eu quero o melhor pra você, não me faça essa desfeita, jante comigo hoje vamos comemorar a vida. Patt vai dormir na casa de um amigo, Matt está na casa da mãe biológica e só temos nos dois aqui. Vamos jantar dona Lana, só um jantar, prometo que não demoramos.

                    Flashback off

E foi assim que fomos jantar, ele me levou num restaurante que por incrível que pareça foi o primeiro restaurante que eu e Fred frequentamos. Acho que ele sabia e estava fazendo de conta, curtimos a noite ao som de Djavan, bebemos vinho e comemos. Foi a noite mais incrível da minha vida. Ela se tornou perfeita só de estar na presença de meu filhote.
Depois desse episódio eu passei um tempo com Fred até que pedi o divórcio no início ele não compreendia eu achei foi graça, claro que ele não compreendia, ele não vivia nem um minuto com a família, na cabeça dele estava tudo a mil maravilhas.
Conheci o Sean na pior das hipóteses, estava indo pra meu trabalho como de costume quando sofri um acidente e quase perdi a vida. Sean foi meu médico e cuida  de mim até hoje. Sou feliz pois tenho um homem que me ame e um ser nascendo na minha barriga, minha filha, minha menina, meu quarto tesouro, minha princesa, minha vida, meu tudo.

                       Pov's Off
         
           (   ..Passada de tempo..  )

                        Narrador

Lana estava no seu nono mês de gestação, a pressão era grande, família e amigos não esperava a hora da "bolinha"( como apelidaram) nascer. Sean estava o maior bobo por isso. Lana uma felicidade tremenda no peito. Tudo ela tinha feito, chá de bebê, chá de revelação...

-Filha? - Fala Dollores entrando no quarto de Lana e Sean.

-Oi mãe estou aqui no banheiro, penteando os cabelos..-Fala Lana ao sair da suíte do quarto

-Filha, você está tão linda...-Fala Dolores com lágrimas nos olhos. Lana sem entender dá um abraço apertado na mãe.

-Mãe, o que aconteceu, fala..

-Lana minha filha, você se tornou mulher muito rápido, cresceu na empresa e hoje é uma das mulheres mais faladas por seu trabalho, isso me orgulha muito. A vida passou muito rápido, você hoje é casada, e está esperando a princesinha da vovó. Hoje me lembro da época que brincavas com tua irmã no parquinho da nossa casa...vocês sempre que brigavam por alguma coisa num dava 5 minutos já estavam brincando de novo kkkk. Te carreguei 9 meses na barriga, pude sentir cada mês sendo os melhores possíveis, meus desejos, a primeira mexida na barriga o famoso chute, te vi nascer, a princesa da mamãe, com esses olhos pretos e um rostinho encantador...Vi os primeiros dentinhos nascer, acompanhei seus primeiros passos, brinquei com você e sua irmã de bonecas, lembro dos desenhos nas paredes que você um dia teve a audácia com apenas 3 anos de dizer que era Arte, disse assim - É arte de nana mamãe... Eu rir muito nesse dia mas minha vontade era brigar muito por você está riscando minha parede com canetas, giz e lápis colorido, mas eu podia ter certeza que quando você estava sozinha e caladinha estava aprontando kkk...Acompanhei seu primeiro dia de aula que você foi pra escolinha e só me deu "Xau" e entrou na sala, ficamos eu e seu pai lá que nem dois bobos, acompanhei suas primeiras amizades, primeiro amigo,  primeiro namorado... Hoje quem acompanhará tudo isso será você, você acompanhará tudo da minha netinha, e o famoso "eu avisei" será dita da sua boca kkkk. Conselho de mãe nunca falha. Meu amor o que tenho pra dizer a você é aproveite, cada detalhe, cada momento, cada sentimento, cada detalhe. Pois eles passam rápido e num piscar de olhos tudo muda. Você está com uma pai muito babão por sinal e que sempre te ajudará em tudo. Eu sou completamente apaixonada por vocês três meu amor. Você, Sean e minha princesinha serão uma família linda, já são mas quando ela nascer serão muito mais.

-Mãe...Eu...Te...Amo. Você sempre esteve do meu lado em todos os momentos da minha vida e sempre vai estar, eu espero ser uma mãe maravilhosa que nem você, eu tenho um orgulho intenso em ter você, você me ajudou quando minha vida estava despedaçada, destruída...Você e o papai nunca me deram as costas até mesmo quando eu às vezes muito cansada do trabalho eu deixava nos os compromissos pra outra hora. A senhora é um ser de luz na minha vida e será o da nossa princesa também. Ela já tem muito orgulho da avó e avô que tem. Eu te amo demais mãe, não tenho palavras pra dizer o quando especial a senhora é na minha vida. Eu sou eternamente grata por todo amor que recebi e recebo de você.- Fala Lana totalmente emocionada, ela dá um abraço na mãe que também chorava e chorava...

                      
                         Narrador

Lana arrumava as últimas coisas pra levar para o hospital, lágrimas rolaram nos seus olhos e Sean que pegava o último item pra colocar na bolsa parou e deu um abraço nela.

-O que foi meu amor ? Tem algo te preocupando? Ta triste ?

-Aaa Sean estou com medo, será que serei uma boa mãe? -Sean deu um pequeno sorriso e deu um beijo em sua testa.

-Amor, seremos os melhores pais do mundo, não tenha medo eu estarei aqui pra você sempre, eu sua mãe,sua irmã, irmã , nosso amigos.. Não tenha medo. Estou com você sempre. Eu te amo amor

-Te amo meu amor.

    E assim foram pra o hospital e aguardar a grande hora....


Notas Finais


O nome da princesa só será revelado no final do último capítulo( se tudo sair como eu tendo planejar kkkkk). Beijos
( E sim a fic está terminando...)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...