História A vida de Priscila - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Diário Secreto de um Adolescente
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Aventura, Colegial, Diário, Escola, Paixão Adolescente
Visualizações 11
Palavras 717
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sinopse: A carta é lida em voz alta por todos, começam então a procurar a mãe de Valesca, que tenta mudar seu jeito de agir. Priscila terá que pensar com quem ficar, pois aceita conversar com Luca e fica na dúvida: de quem ela realmente gosta? Luca ou Thiago?

Priscila volta a ser protagonista!!
Instagram: @quezia22035

Capítulo 14 - A Carta


Fanfic / Fanfiction A vida de Priscila - Capítulo 14 - A Carta

A carta

*Todos estavam contra mim, senti-me a culpada, realmente, resolvi então ir embora e deixe uma carta que falava uma revelação importante*

— Senhora? Senhora? – fala a empregada – Ai meu Deus... Uma carta!

*a empregada abre a carta que falava:*

“Caros amigos e família, eu não podia imaginar as coisas que me aconteceriam, o início foi incerto, confuso e incomum, onde todos os estranhos fariam parte da minha vida, onde todos os cantos teriam histórias escondidas. Aqui passei os melhores anos de minha vida, fiz amigos, muitos dos quais, me acompanharão para sempre.

Esse é um momento triste! É hora de olhar para trás e ver por tudo o que já passei. Sem dúvida, muitas tristezas e conflitos, mas, felizmente, por inúmeros bons momentos, de alegria, de vitórias e de cumplicidade.

Devo esquecer aqueles que me impuseram obstáculos infundados e agradecer àqueles que me impulsionaram adiante. É hora, mais do que nunca, de valorizar as amizades e os conhecimentos adquiridos aqui.

Hoje me despeço de vocês, com a maior certeza é o melhor. Assinado: XXXXX XXXXXXXXX”

— Patrão, me ajude! – ela sai em desespero e mostra a carta à família, que fica triste e chora a perda da mulher, que foge para um local desconhecido

{Enquanto isso na escola...}

— Priscila, me dá um minuto para te dizer o que aconteceu! Por favor! – fala o Luca - Te imploro!

*Dou uma chance para ele que me explica tudo de uma forma tão convincente, o que me deixa confusa, a raiva vira um sentimento puro e diferente... *

— Então me desculpa se te julguei mal todo esse tempo... – ele pega na minha mão e me leva para a sala de aula o que deixa o Thiago meio sem graça, o achei estranho...

*Passamos algum tempo conversando e as meninas me chamam para conversar*

— Me espera aqui Luca, já volto! – dou um beijo em seu rosto e me direciono a Paty e a Bibi

— Oiê! – falo alegre

— OI... Vejo que você está bem feliz, não é mesmo? – fala a Paty alterada

— Sim, o Luca me esclareceu tudo!

— Te esclareceu tudo? Como assim! Não acredito que depois de tudo que ele fez tu ainda gostas dele! É uma trouxa mesmo! Sem comentários! O problema nem é esse e sim que o Thiago estava prestes a ir pra Toronto, Canadá, e agora você deu para ele mais um motivo de ir, ele viu você de agarração com o Luca, pelo amor né?! Você prefere esse merdinha! – a Bibi fala de uma forma triste e revoltada ao mesmo tempo

— Não entendo o porquê você falou isso...

— Nem vai entender – fala a Bibi decepcionada saindo e puxando o braço da Paty

*Toca o sinal*

— Mas... O que eu fiz de errado? – chega o Luca e me leva para a sala.

*Acaba as aulas e minha mãe me busca, ainda não posso dirigir e não ando normalmente*

— Vamos filha!

*Entro no carro e vou para casa, ao chegar lá não almoço, nem janto passo o resto do dia pensado no que a Bibi falou... Vou dormir para tentar esquecer, mas não consigo... Recebo uma mensagem no celular e vou ler, é do Thiago, e fala o seguinte: “Priscila, creio que a minha missão em sua vida já foi concluída, por isso depois de a amanhã (sábado) ás 15h00min irei voltar para Toronto, não posso viver aqui, poderá ser feliz com o Luca, não me procure, nem na escola nem em casa, na escola não irei e em casa não estarei! Saiba que você foi muito importante para mim, nunca te esquecerei, foram bons momentos juntos, mas você escolheu o Luca” começo a chorar e logo recebo outra mensagem; do Luca que dizia: “Me encontre no sábado na sorveteria, próxima ao aeroporto da cidade, não falte” choro ainda mais porque me incomoda o fato do Thiago ir embora, o que sinto por ele é estranho, algo que nunca senti antes por ninguém... Durmo*

*O dia amanhece e tenho uma sexta longa, faço as unhas, assisto filme com a Rebeka, mas continuo pensando no ocorrido, a Rebeka nota minha tristeza e eu a conto o corrido, logo chega ao sábado e eram exatas 14h38min, me arrumei para encontrar o Luca, logo fui para a sorveteria*

— Oi Pri, pensava que você não viria – fala ele aliviado – sente-se

— Não, eu...

 


Notas Finais


Gostou? Compartilhe!
Comentem para sugestões e/ou incentivo!!
Capítulos novos de segunda a sábado em horários aleatórios!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...