História A vida de uma garota indiferente - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charli, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Priya, Rosalya
Tags Amor Doce
Visualizações 21
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 7 - "Peguei a foto, escorreu uma lágrima"


Fanfic / Fanfiction A vida de uma garota indiferente - Capítulo 7 - "Peguei a foto, escorreu uma lágrima"

 - Lua, você já arrumou as suas malas para a viagem amanhã? - Jade se sentou no sofá.
 - Já está pronta, vou levar a mesma que usei para trazer pra cá, não vou nem precisar arrumar. - Me sentei ao lado dele - Quantos dias nós vamos ficar lá? Você não me falou nada!
 - Vamos ficar 3 dias. Saímos de casa amanhã às 14:00 e vamos nos encontrar com o pessoal no aeroporto.
 - Tá... - Olhei para ele - Lembra que você me disse que ia um tal de Castiel na viagem? - Ele assentiu - Como ele é?
 - Já está interessada? Não vou te contar! - Ele deu uma gargalhada, mas deu para perceber que ele não iria contar porque ele é um primo superprotetor ciumento.
 - Chato! Bem, vamos tomar café? São quase nove horas. - Me levantei.
 - Vamos. - Jade se levantou.
 Só faltavam nós para tomar café, nos atrasamos por causa da tia Agatha.
 Terminamos o café.
 - Vou para o meu quarto. Ver se falta algo nas minhas malas. - Falei.
 - Tudo bem. - Jade falou.
 Subi para o meu quarto. 
 Eu não aguento mais esse quarto, muito rosa está me enjoando. Assim que chegarmos de viagem vou mudar isso aqui.
 Olhei minha mala, como eram só três dias resolvi pegar só uma mochila e colocar uns 5 conjuntos de roupas.
 Depois peguei minha bolsa para ver se não ia esquecer nada.
 Assim que abri a bolsa, caiu a foto de mim com a minha mãe.
 Peguei a foto, escorreu uma lágrima.
 Minha mãe parece muito nova, mas ela tem 38 anos. Ela teve o meu irmão, Diego, muito cedo. Com 17 anos. Mas não passou tantas dificuldades, pois os pais dela, meus avós, aceitaram bem a gravidez, e meu pai era de família e logo se casou com a minha mãe.
 Sentei na minha cama.
 Lembrei do colar que minha tia me deu, eu estava usando no momento.
 O abri e coloquei a foto. Eu já estava chorando
 Alguém bate na porta.
 - Pode entrar. - Sequei as lágrimas.
 - Lua? - Jade entrou - Estava chorando? - Ele viu o coração que a tia me deu com a foto da minha mãe - Ah, entendi... Não fique assim... Eu vim lhe falar que já está tudo certo, a sua matrícula em Sweet Amoris. E meus amigos já sabem que você vai pra lá.
 - Obrigada... - Foi a única palavra que consegui dizer.
 - Você não vai mudar esse quarto não? Tá ridículo. - Jade sorriu, tentando me animar.
 - Vou. Depois da viagem. - Sequei as lágrimas que insistiam em escorrer e dei um risinho fraco.
 - Não sei se é hora de perguntar isso, mas eu não tirava essa pergunta da cabeça... E o Diego? - Jade se sentou ao meu lado na cama.
 - Diego? - Fiquei surpresa com a pergunta - Bem, nunca mais o vi.
 - E que tal se tivermos uma missão? - Jade levantou uma sobrancelha - Você aceita procurar o Diego comigo?
 - O que? Como? 
 Não é todo dia que te perguntam sobre o seu irmão desaparecido.
 - Ele tem o mesmo sobrenome que você, certo?
 - Sim, Schumacher Mazzaropi. Diego Schumacher Mazzaropi.
 - Vamos procurá-lo em redes sociais!
 - Podemos tentar. Mas por que quer saber dele? - Eu estava confusa.
 - Não sei. Curiosidade. Você... disse que não sabe nada mesmo dele? - Jade me olhou.
 - É, não sei nada. E ele também não sabe onde eu estava morando, porque meu pai, minha mãe e eu mudamos de casa 2 vezes depois que Diego sumiu. - Me levantei e peguei meu notebook.
 - Então de repente ele pode estar morto e ninguém soube? - Jade pareceu aflito.
 - Não, acho que morto não. Acho que no máximo ele saiu da França. Venha, vamos ver se o achamos no facebook. - Me sentei na escrivaninha e abri o notebook.
 - Ele... não deixou nada antes de sumir? - Jade puxou um banquinho que tinha ao lado da escrivaninha e se sentou ao meu lado.
 - Não. - Abri o facebook.
 Pesquisei "Diego Schumacher Mazzaropi", mas não tive resultados. Enquanto isso, Jade pesquisou em outras redes sociais.
 - E aí? Achou algo? - Olhei para Jade.
 - Não. Parece que o seu irmão sabe como sumir no mundo. Vamos esquecer isso por enquanto. Eu achei uns memes legais aqui... Quer ver?
 E foi assim que ficamos vendo memes até a hora do almoço. Era 13:00 quando nossa avó nos chamou para almoçar.
 - Então, é amanhã que vocês vão viajar? - Nossa avó perguntou enquanto nós a ajudávamos a arrumar a mesa.
 - Sim. - Jade respondeu.
 - Mas não vai dar pra vocês irem. - Nossa avó falou séria.
 - Por quê? - Eu e Jade falamos em uníssono.
 - Porque eu não vou deixar. - Ela respondeu, simplesmente.
 Eu e Jade nos entreolhamos.


Notas Finais


Acho que a vovó Olga não estava tão de bom humor assim!

Espero que tenham gostado! Deixem suas opiniões!
Por favor, qualquer erro ortográfico, peço que me corrijam nos comentários.
Não se esqueça de dizer com qual paquera Luana deve ficar, as votações nos comentários estão abertas até o dia 20/08/2017.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...