História A vida ficou melhor de viver - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags V Bts
Exibições 29
Palavras 2.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente andei sumida eu sei mais eram as provas que graças ao meu bom Deus acabou!!!
O capítulo e muito HOT cuidado

Capítulo 25 - Um dia sem poder te tocar e uma tortura!!!


Fanfic / Fanfiction A vida ficou melhor de viver - Capítulo 25 - Um dia sem poder te tocar e uma tortura!!!

Meu Deus hoje eu iria ter que fazer a prova de matemática, eu sempre fui ruim nessa matéria foi por causa deste motivo que entrei no grupo de dança da escola.

O professor falou que além do fato da minha humilde pessoa estar no grupo de dança, se eu fizesse uma prova extra eu poderia levar uma nota mais alta no final, então eu estudei feito condenada ontem para a prova.

Eu precisava me consentrar no estudo, e foi exatamente por este motivo que uma pessoinha não parava de mandar mensagens, eu posso ser uma namorada péssima em não aceitar a ajuda dele para estudar, mais ele sempre tinha um jeitinho de me tirar a concentração (😏).

Estava na sala pronta para o professor passar a prova, vejo ele entrando com a prova na mão.

Professor- pronta!?

-sí..

Fui cortada por alguem que falou antes.

Tae- na verdade professor tem algo que tenho que falar com ela.

Professor- Taehyung olha...

Tae- e super rapidinho eu juro.

Professor- ok, não demorem.

Saio da sala com Tae Atrás de mim, só formos sair da vista do professor que ele me joga na parede com uma certa brutalidade.

Tae- ta querendo me matar de preocupação é!

- como assim?

Tae- você falou um simples" amor desculpe não vou poder ficar com você hoje , tenho a prova amanhã e preciso de concentração, beijos" ai foi embora é não atendia minhas ligações, não respondeu nenhuma das minhas mensagens, fui na sua casa mais você pediu pra sua mãe e sua tia não me deixar subir pro seu quarto, quer terminar e isso?

- larga de ser doido, você consegue  me desconsentrar com um simples beijo, e eu preciso de nota e você sabe.

Tae- olha... Desculpa só que e difícil pra mim, fiquei um dia inteiro sem poder chegar perto de com você bem alí, praticamente do meu lado.

- foi mal mais eu precisava de concentração.

Professor- anda vamos logo com isso.

O professor aparece e viu o Tae me prendendo na parede foi meio constrangedor, Tae me larga na hora e quando o professor sai ele sussurra no meu ouvido.

Tae- eu juro pra você que se a senhorita tirar nota baixa eu te mato, eu não fiquei um dia sem poder te tocar pra você estudar e não tire uma nota alta.

Me arrupiei enteira, ele fingi que vai me dar um beijo e só sussurra um " boa sorte" e se vai.

~~~~ quebra tempo~~~~~

Terminei a prova e no final o professor corrigiu ela na minha frente, eu fiquei nervosa atoa eu tirei 5,4 e a prova valia 6,0. Eu fiquei tão feliz que nem lembrei do Tae, ele devia estar me esperando em algum lugar da escola.

Eu caminhava pela escola proucudando ele mais nada, tava tudo vazio hoje era feriado só vim para a escola pra fazer a prova, eu calo meus pensamentos quando vejo ele com uma rosa na mão sentado no banco do jardim da escola, vou até ele com cara de triste.

- oque faz aqui ainda?

Tae- amorrr e a sua prova em... Cadê? Foi boa neh aposto( ele levanta rapido )

Sentei no banco coloquei as mãos no rosto como se estivesse Chorando, ele só se sentou só meu lado e me abraçou.

Tae- amor não importa e só uma prova idiota.

- eu tirei menos que 1,0 como eu sou burra assim?? E se eu bombar de ano?

Tae- não vai não tenho certeza, ele me entrega a rosa da mão dele.

- mais olha essa nota!!!

Entreguei a prova pra ele e quando ele bateu o olha na nota me olhou rindo.

Tae- agora você me paga.

Ele se levanta me pega pelos braços e me levanta junto com ele deixando nossos corpos totalmente colados.

- pagar oque eu não te devo nada senhor Kim Taehyung!?

Tae- bem se você acha que me deixar no vácuo com mensagens e ligações perdidas, me deixar um dia inteiro sem te tocar e ainda por cima me assustar como agora não e uma dívida grande o problema e seu, mas que você me paga e um fato.

- como eu vou pagar ?

Tae- assim...

Ele me beija com um beijo muito feroz que me faz sorrir durante o beijo, ele aperta minha cintura e vai descendo as mãos para minha bunda, separei o beijo na hora.

- a divida é grande assim mesmo?

Tae- bem essa foi só a primeira parcela, hoje a noite meus pais vão sair pra jantar e não vão dormir em casa, a Maria e os outros empregados vão estar de folga e ...

- e ...

Ele se aproxima do meu ouvido e sussurra ;

Tae- e ai que hoje a noite você vai me pagar caro por não ne deixar te tocar durante um dia.

Aquelas palavras mechiam com meu psicológico.

- vou fingir que você não perdeu sua inocência e vou te fazer uma pergunta e tem que prometer me falar a verdade.

Tae- primeiramente eu tenho inocência, porém você faz ela sumir, e segundamesnre sempre te  respondo com sinceridade.

- é realmente um milagre do destino, seus pais e os seus empregsdos sairem e deixarem a casa livre só pra você.

Tae- não vai ficar brava, tipo promete!???

- eu vou tentar agora me fala oque o senhor fez?

Tae- minha mãe foi procurar fotos minhas na minha escrivaninha e achou camisinhas e então...

- então oque!??

Tae- ela disse que iria deixar a casa sozinha pra mim e pra você, e ela que teve a ideia não eu.

- meu Deus que vergonha.

Tae- calma amor!!!

Nós ficamos alí por um tempinho até o Tae me convencer de ir na casa dele.

~~~~ quebra tempo~~~~~

Eu estava em casa sozinha já que a minha bet friend forever foi embora a alguns dias atrás e minha mãe e minha tia no trabalho, foi um sacrifício falar pra minha mãe que eu iria dormir na casa do Tae mais até que ela deixou em uma boa.

Eu estava na cozinha esperando o Tae, quando ouço a campainha tocar e vou correndo atender. Ele abriu aquele sorriso lindo perfeito e me puxou para um beijo, fomos até o carro e ele abriu a porta pra mim, eu entrei logo depois ele entrou... Dentro do carro agente não falava de outra coisa a não ser * amor não fica nervosa*  ele colocou uma mão por cima da minha e com a outra segurou o volante e não largou um segundo até chegarmos.

Chegamos na casa dele e quando entramos eu já sou de cara com a mãe e o pai dele na sala.

A mãe dele vem correndo me abraçar e sussurra * aproveite a noite querida * no meu ouvido, o pai dele e a mãe dele saem da casa e eu me jogo nos chão.

- ai meu Deus não da pra passar vergonha maior.

Ele se ajoelha no chão e me levanta.

Tae- elesestão só brincando não precisa ficar com vergonha meu anjo.

Ele me da um selinho e me leva pra sala

Tae- a minha mãe pediu para os empregados fazeremolo, sorvete e pediu algumas milhares de besteiras pra gente comer, e mais tarde eu peço uma pizza.

- ok, pergunta boba mais oque você quer fazer?

Tae- oque você quiser, só  porque você ta aqui em casa sozinha comigo com camisinhas lá no quarto não quer dizer que nós vamos fazer coisas, fica calma, só faço oque você quiser.

- bobão.

Tae- oque você disse em!!???

- eu disse que você e um bobão, bobo, bobo, bobo, Bob...

Eu ira continuar só que ele começou a me beijar de uma forma que eu ficava louca.

Tae- só do comprindo oque eu falei.

- eu sei sou muito indiscreta, mais eu do com fome.

Nós assistimos um filme comemos muitas besteiras, jogamos um pouco de just dance, até que eu decido ir tomar banho Tae vai depois de mim( Jimin, ta parei).

Ele sai do banheiro e me vs sentada na cama dele, e vem até mim ficando de quatro em cima d minha pessoa.

Tae- eu quero comer um bolo e você?

- são quase meia noite!!!

Tae- nunca saiu  da cama na madrugada pra comer bolo de chocolate escondido da mãe não?

- não eu fui uma criança normal.

Tae- mais agora você vai.

Ele me da um selinho e me puxa pra cozinha e lá reparte um pedaço de bolo em um perto e duas colheres.

Tae- abre a boca!

Eu abro e ele me da na boca um pedaço enorme, depois foi minha vez e ficamos revesando, até que acabou!

- eu lavo os pratos.

Eu termino e enchugo minhas mãos na roupa e sinto um beijo molhado no meu pescoço e mãos na minha cintura, eu viro abraçando ele.

Tae- te amo sabia?

- sim, e eu também te amo.

Ele me beija com um beijo que antes era doce e meigo, porém do nada ele aprofunda o beijo de uma maneira que me deixa casa vez mais querer meu corpo no dele, eu começo a puxar alguns cabelos da nuca dele e ele arfa durante o beijo.

- sabe de uma coisa...

Tae- que foi?

- acho que do pronta pra pagar minha divida.

Tae sorri de uma maneira totalmente pervertida de uma hora para outra me vira em direção ai balcão e me coloca lá em cima e me beija, durante as mãos dele pesavam por minhas cochas.

Tae- vem vamos pro quarto.

Eu entrelaço minha pernas na cintura dele e subimos para o quarto dele, ele passa pela poeta a trancando e me deixar na cama pegando na escrivaninha uma proteção.

- eu comecei a tomar pirula, não precisa.

Tae- ok então.

Ele me beija intensamente e vai com as mãos no cos da minha blusa e entra com as mãos por dentro do tecido e começa a apertar minha cintura, ele retira minha blusa e eu tiro a dele olhando para aquele abs e Babando, eu passo meus dedinho pelos gominhos.

Tae- ei isso faz cócegas.

- e isso?

Eu cravo minhas unhas na barriga dele e saiu deslizando pelo abs dele bem devagar, ele fecha o olho e morde os lábios.

- doi opa?

Tae- a última coisa que eu sinto e dor.

Ele retira minhas mãos do seu corpo e coloca elas de cada lado da minha cabeça e começa me beijar meu pescoço e descendo por minha barriga e assim desabutuou minha calça e a retirou jogando em algum lugar, começou a morder a parte inferior das minhas coxas.

- oppa para!!!

Tae- que foi! Eu te machuquei?????

- não e isso.

Tae- oque foi então amor?

- quero tentar algo, posso ficar por cima?

Ele só se deita na cama ao meu lado e eu subo em cima dele com as pernas de cada lado do seu corpo.

- eu meio que quero fazer isso porém não sei como fazer.

Tae- só faz do seu jeito, só não morde.

Nós dois somos muito e ele me beija, eu começo a descer os beijos pro pescoço dele, ele arfa eu dou uma mordida forte no pescoço dele e ele prende com força um lábio no outro, eu contuo descendo os beijos chegando na barra do seu short e retirando ele.

Eu retiro sua box após retirar o short, e ele me olha e eu começo colocando minha boca na ponta de seu membro e começo a fazer movimentos de vai e vem com, faço isso algumas vezes e quando termino olho pra ele e ele ta com a cabeça para trás , vou até ele e o beijo ele volta ficar por cima.

Ele retira meu sutiã e começa a apertalos eu solto um gemido baixo que o faz sorrir com um sorriso sapeca, ele vai com as mãos por dentro da minha calcinha enquanto me beija ele começa a brincar com minha intimidade.

- Tae!

Tae- que foi?

- anda logo por favor.

Tae- como você quiser.

Ele retira minha calcinha com uma certa facilidade e se põe entre minhas pernas e começa a me beijar.

Eu estava tão consentrada no beijo que fui surpriendida quando ele me penetrou da primeira vez, ele foi rápido e fundo oque me fez morder com força seu lábio, já tinha perdido a conta de quantas vezes ele entrou e saiu de mim eu estava quase rasgando suas costas com minhas unhas.

Tae- eu..te..amo (seu nome)...

Ele diz pausadamente no meu ouvido e eu fico louca.

- Taee.. Eu acho que eu vou, hammm Tae haaaaammmmm 

De repente eu me estremeci.

Tae- amor só falta um pouco.

Ele continuou mais um pouco e do nada ele para e me olha e sinto um líquido dentro de mim ele sai de mim bem devagar.

~~~~~Pensamentos do Tae~~~~

 pelo fato do não uso da camisinha eu consegui sentir ela por completo, ela me deixava ainda mais louco.

Após eu me  desfazer dentro dela eu  nao consigo segurar meu gemido alto, fico olhando para a cara dela enquanto saiu de dentro dela só pra ver sua cara de prazer.

( seu nome)- ummmmm....

Ela da um gemido que mesmo  estando no final do sexo me sinto exitado.

-  VOCE E PERFEITA.

eu simplesmente grito querendo que todo mundo saiba que ela e minha, só minha.

( seu nome)- para de gritar retardado.

- agora vou gritar toda vez que eu te fazer minha, só porquê me chamou de retardado.

Ela me beija, eu não sei como ela faz isso, toda vez que ela me beija e como se eu me sentisse a pessoa mais feliz do mando ter ela do meu lado e oque me faz feliz!!!!

- amor!

( seu nome)- oi?

- você foi quem me mostrou oque e o amor!! Eu te amo de um jeito que daria minha vida pela sua, eu sempre vou estar com você, sempre conte comigo.

( seu nome)- não sei nem oque te dizer, você e uma das pessoas que eu nais me importo nesse mundo, e eu te amo demais.

Ficamos alí daquele jeito até que eu acordo e ela meche com meus cabelos, olho pro relógio e são  4:00 da manhã.

Tae- amor oque faz acordada?

( seu nome) - não ri mais eu quero bolo de chocolate, e não queria te acordar.

Olho ora ela e vejo que ela estava de roupa.

- você e estraga prazer sabia?

( seu nome ) - só por causa da minha roupa?

- sim você fica linda sem essas roupas sabia?

( seu nome)- se você diz neg.

- vem vamos comer um pedaço grande de bolo.

Visto minha box e meu short e desco com ela para comermos bolo.

(Seu nome)- eu amo bolo de chocolate.

- e eu amo você, agora me faz um favor. Vamos deitar e dormir, eu quero você hoje a noite bem disposta.

( seu nome)- só pensa nisso agora é?

- largua de ser bobinha, minha família toda vai vim aqui jantar e eu quero você aqui.

( seu nome)- vamos no shopping quero compre uma roupa mais bonita, sua família e toda chick.

- já sei vamos comprar roupas iguais.

(Seu nome)- boa ideia, mais suas priminhas vão estar todas de vestido e...

- idai!? Eu quero comprar um blusão pra nos dois que eu vi em uma loja, ai compramos tocas e tênis e a calça pode ser qualquer uma.

( seu nome)- calma eu não tenho tanto dinheiro.

- e quem disse que e você  vai pagar, eu vou comprar.

Nós subimos pro quarto e dormimos após eu conseguir convencer ela que eu vou comprar as roupas.







Notas Finais


Gente ta uma merda?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...