História A vida pode ser boa às vezes... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 31
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é minha primeira fanfic que escrevo...Bom espero que gostem. :)

Capítulo 1 - A mudança


P.O.V (Narradora)

                Seu nome é Luiza, e tem 17 anos. Ela é uma garota diferente, um pouco alta, não muito magra como as garotas coreanas, possui um cabelo longo enrolado nas pontas, olhos grandes e puxados, tem um estilo único. Ela também é bem inteligente, meio estressada, gosta de conversar e afins. Morava no Brasil com sua mãe, que era descendente de coreanos, os avós de Luiza no caso.

 P.O.V (Luiza)

                  Cheguei em casa, e vi minha mãe sentada no sofá balançando as pernas. Ela parecia aflita com algo ou até mesmo nervosa.

-Mãe está tudo bem com você? - quando eu perguntei ela levou um susto, parece que minha mãe não tinha notado minha presença antes. Logo ela respondeu:

-Lulu que bom que você chegou. Preciso te contar uma coisa séria, sente-se meu anjo. - me sentei no sofá esperando que ela me contasse o precisava dizer.

-Olha seu pai está nos procurando e você precisa sair do país o mais rápido possível. Eu quero que faça suas malas porque seu vôo para a Coréia é ainda hoje de madrugada, você vai morar com seus avós. Desculpa meu amor, mas eu não vou poder ir com você. – quando ela disse isso eu já estava em prantos e soluçando, não pude acreditar no que estava acontecendo.

                    Meu pai nos abandonou sem mais, nem menos. O que ele queria conosco agora?

 -Mas por quê mãe? O que ele quer com a gente? Por que você não vem comigo? – estava muito confusa e estressada por não estar entendendo nada daquilo que acontecia.

 -Filha eu não sei como, mas ele me ligou e disse que estava voltando e não aceitaria um não como resposta. E eu não tenho como pagar duas passagens ‘tão em cima da hora, então eu achei melhor você ir. Eu prometo que ficarei bem. Agora vamos almoçar porque eu preciso trabalhar agorinha.

 -Tudo bem mãe. Mas por favor me promete que não vai deixar ele chegar perto de você? E eu acho que vou me dar bem na Coréia, e estou com saudades dos meus avós, faz muito tempo que não vejo eles. – sempre tento ser a mais positiva possível, então eu creio que tudo vai dar certo. E, pelo menos eu sabia falar coreano, pois como disse anteriormente meus avós são da Coréia.

                    Depois de almoçarmos eu fui arrumar minhas malas e despedir dos meus poucos amigos virtualmente enquanto minha mãe já estava no trabalho. Tentei não contestar minha mãe na hora de ir, pois sei que ela trabalha muito para nos sustentar e sei também que ela sempre tenta me dar coisas do bom e do melhor.

                                                      ~QUEBRA DE TEMPO~

                  Já estava na hora de eu ir para o avião, me despedi entre lágrimas de minha mãe, pois sentirei muita falta dela. Ela sempre me apoiava nas minhas ideias malucas e também éramos como amigas.

- “Vai ser muito difícil ficar sem minha mãe por perto, mas eu sei que vai dar tudo certo.” – me livrei de meus pensamentos quando uma garota de minha idade mais ou menos sentou-se ao meu lado.

- Oi. – falei calma e simpaticamente para a garota.

- Oi. – ela disse meio nervosa.

- Está tudo bem? – perguntei e ela logo veio me abraçar chorando. Eu retribui o abraço sem entender nada.

- Na verdade não, eu morro de medo de viajar sozinha, ainda mais de avião. Essa também é a minha primeira vez que viajo para outro país. Me desculpe por isso. – ela disse se separando do abraço.

-Tudo bem, essa é minha primeira vez também. Calma vai dar tudo certo. Por sinal, qual é seu nome? – perguntei curiosa, talvez poderíamos ser até amigas. Quem sabe?

-Sou a Liza, e você? Como se chama?

-Me chamo Luiza, bom parece que vai ser uma longa viagem. Que tal conversarmos um pouco para nos conhecermos melhor e quem sabe tornaremos amigas. Assim também o tempo passa mais rápido. – eu disse esperando que ela falasse um não ou algo do tipo, mas não foi bem o que aconteceu...

                            Conversamos por horas e descobri que ela gosta das mesmas músicas, séries, filmes e muitas outras coisas que eu também gosto. Parecíamos duas tagarelas no avião, chegaram até a reclamar conosco, rimos por causa disso. Depois de um tempo dormimos e chegamos na tão esperada Coréia do Sul.

            

                   


Notas Finais


Obrigada por lerem. E desculpa por ficar curto, mas esse é somente o primeiro de muitos. bjss

Se gostarem deixem algum comentário dizendo o que esperam sobre a história e podem me dar dicas também. Elas sempre são bem vindas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...