História A vida pode ser boa às vezes... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 30
Palavras 1.316
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIEE, confesso que estou empolgada com a história. Boa leitura para todos que lerem.

Capítulo 3 - Um dia de passeio e o colégio


 Acordei cedo em um domingo, que por sinal é um milagre. Fui ao banheiro tomar banho e escovar os dentes. Entrei no quarto de toalha mesmo e fui procurar algo para me vestir, pois hoje eu, minha vó e a Liza vamos conhecer o caminho para o colégio. Então vesti uma calça de moletom cinza, uma blusa preta de manga comprida, pois hoje estava frio.

 Desci as escadas e fui para a cozinha onde meus avós já estavam me esperando para comer. Eu peguei um pão e suco de laranja, – meu suco favorito – e comi. Depois de retirar a mesa junto à minha avó, nós fomos para a confeitaria esperar a Liza.

~QUEBRA DE TEMPO~

 Esperamos no máximo cinco minutos para a chegada da minha amiga e fomos indo em direção para o colégio. Durante o caminho nós conversamos muito e ficamos observando cada canto das ruas e lojas para conseguirmos nos localizar no outro dia. Como hoje era domingo a escola estava fechada, mas conseguimos ver por fora e ela era muito grande pelo visto.

 O dia foi assim, fomos e voltamos do colégio de volta à confeitaria e conhecemos um pouco a cidade. Chamei Liza para dormir em casa para que possamos ir para o colégio juntas, então passamos na casa dela para pegar suas coisas e voltamos para a minha.

-Queridas, mais tarde por volta de 19:00 horas vamos ao centro para que possam ver as luzes e ver o quão bela são as praças daqui. – minha vó disse animada. Ainda eram 16:35, então ficamos assistindo vários doramas.

-Ok vó pode deixar, mais tarde iremos nos arrumar.

-Vou deixar a Luiza uma princesa, para o passeio senhora Lee. – Liza disse, e eu revirei os olhos. Eu não sou muito fã de maquiagem, mas a Liza amava. E por sinal minha vó se chama Lee Yang mi e meu avô se chama Lee Joo-won.

~QUEBRA DE TEMPO~

 Já estava na hora de irmos para o centro de Seul. A Liza estava vestida com uma meia calça de gatinho preta e um shorts, um cropped branco com um moletom branco por cima e um all star vermelho. Ela não passou muita maquiagem, só um rímel e um gloss. Eu estava vestida com uma calça jeans rasgada, uma blusa vinho com um casaco de couro preto e estava com um tênis prateado.

 Quando meus avós estacionaram em um lugar que eu acho que era uma praça, nós descemos do carro e fomos em direção deste lugar.

-Nossa vó, que lugar lindo. Liza vamos tirar uma foto nossa aqui? – eu disse toda empolgada e meu avô deu uma risada contagiante fazendo todos rirem também.

 O lugar era uma praça mesmo, era cheio de árvores com algumas lâmpadas penduradas e com bancos para podermos sentar. Chegamos em um local da praça que era um corredor de árvores iluminadas por lâmpadas rosas. Era lindo!!! No meio do caminho, eu estava andando de costas conversando, rindo e tirando fotos com Liza e meus avós. Até que eu esbarrei em um garoto que estava desacompanhado, e que por sinal era lindo.

-Olha por onde anda garota! – ele falou em um tom grosso.

-Mas que grosseria com uma garota, desculpe-me. – eu já disse revoltada com aquele garoto que aparentava ser um pouco mais velho do que eu.

-Que seja. – quando ele falou isso, eu queria pegar a cara dele e arrastar no asfalto. Mas ele já tinha ido embora.

-Nossa! Vocês viram isso?! Que idiota, grosso. Odeio esse garoto. – todos estavam sem dizer nada. O que achei estranho, mas ignorei.

-Luh, vamos continuar com nosso passeio e esquecer esse garoto. Temos mais coisas para nos preocupar, como por exemplo nossas aulas de amanhã.

 Depois do acontecido, caminhamos mais pela praça e fomos comer algo num restaurante no centro da cidade. Chegamos em casa, enquanto Liza arrumava nossas coisas para as aulas de amanhã, – não sei por que, mas essa garota gosta de arrumar tudo, então deixei que ela fizesse minha mochila – eu estava tomando um banho e me relaxando um pouco, pois ainda estava brava com aquele idiota. Liza foi tomar banho logo que acabei o meu e fomos dormir.

~QUEBRA DE TEMPO~

 Era 6:30 quando o despertador tocou, e eu e Liza começamos a nos arrumar. Escovamos os dentes, ela foi tomar banho primeiro e logo depois eu fui. Descemos as escadas e tomamos café da manhã com meus avós. Quando vimos o horário, ficamos surpresas.

-MEU DEUS! Luiza corre, vamos nos atrasar no nosso primeiro dia de aula. – quando ela disse eu dei um pulo da cadeira, peguei minha mochila e fomos quase correndo para a escola.

 Chegando no portão de entrada, nos entreolhamos e entramos na escola. Nós duas fomos à procura da secretaria para saber nosso horário e nossa sala em que vamos estudar, entre outras informações também.

 Descobrimos que ficamos em salas diferentes, mas que pelo menos na hora do almoço ficaremos juntas.

-Então, boa sorte com suas aulas tchauzinho. – eu disse me virando e indo em direção contrária da de Liza.

-Boa sorte para você também.

 Quando entrei na sala procurei uma mesa no fundo, pois não queria chamar atenção. Todos estavam me olhando como se eu fosse alguma pessoa estranha. Isso me deixou receosa, mas tentei ignorar esses olhares, até que meus olhares para as pessoas se encontram com a pessoa em que eu menos queria encontrar naquele momento.

Aquele é o garoto da praça? Não pode ser. Não acredito que ele estuda aqui, justo na minha sala. AFF!” – pensei, quando vejo ele sentando em minha frente eu tento ignorar ele. Ele é bem cheiroso, mas isso não tira o fato de ser um babaca. Até que o professor entra na sala, e pelo visto é bem bonitinho, por que lá no Brasil só tinha uns professores velhos dando aula. Aqui parece que é diferente.

-Bom dia alunos, como já sabem sou o professor Wonho, e, hoje temos uma aluna nova. Gostaria de se apresentar para a sala, senhorita? – disse o professor sorrindo para mim delicadamente. Assim eu me levantei e fiquei ao lado da minha carteira que era próximo da janela.

-Sou a Luiza, tenho 17 anos e vim do Brasil. – eu disse de cabeça baixa por causa da vergonha. Logo me sentei e a aula começou.

 Eu tentei prestar o máximo de atenção na aula, até que me desconcentrei por causa que fui atingida por uma bolinha de papel. Quando eu abri tinha um bilhete escrito:

 Me encontre na biblioteca na hora do almoço.

 Não fazia ideia de quem era, e eu fiquei com um pouco de medo já que as pessoas daqui me olharam feio.

 Quando deu a hora do almoço, encontrei Liza com três garotos na mesa. Fui até ela e disse:

-Nossa parece que já possui amigos não é mesmo? E amigos muito gatos por sinal. – falei essa parte baixinho para que eles não possam ouvir.

-Pois é. Me deixem apresentá-los. Esse é Jungkook.

-Mas pode me chamar de Kookie. – disse o que aparentava o mais novo entre os garotos.

-Esse é o Hoseok, mas pode chama-lo de J-Hope. – ela disse e o garoto acenou para mim.

-E por fim, mas não menos importante. Jimin. E garotos esta é a Luiza, mas pode chamá-la de Luh. – ela disse e eles olharam para mim, como se eu tivesse que autorizá-los a me chamar pelo apelido e então eu assenti.

-Foi conhecê-los meninos, mas agora eu tenho um compromisso. Amanhã eu prometo que almoço com vocês. Desculpa Liza, depois conversamos sobre do que se trata. – quando terminei de falar me despedi deles e de Liza e fui em direção da biblioteca. Confesso que foi meio difícil de encontrá-la, mas achei. Quando entrei fui para as estantes mais para o canto, onde não tinha ninguém.

-Você demorou garota. – disse aquele garoto idiota que foi grosso comigo na praça. E ele não estava sozinho...

 

 


Notas Finais


Espero que tenha gostado. Beijosssss <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...