História A vida secreta das borboletas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Abo, Baekmin, Chansoo, Hunhan, Sulay, Xiuhan
Exibições 52
Palavras 486
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu não devia estar aqui, mas fazer o que... essas coisas são mais fortes do que eu.
Bom, e aqui estou eu com mais uma fic. Essa é uma ABO, a minha primeira fic ABO. :)) e é Baekmin, porque eu amo eles dois juntos, ne kkk.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Prólogo


Havia um quadro pregado na parede sobre a cama de Minseok e esse quadro balançava devido a cabeceira da cama que batia contra a parede. O garoto mantia seus olhos ali enquanto sentia o alfa maior entrar e sair do seu corpo. Tinha desistido de lutar há algum tempo, principalmente quando percebeu que não valia a pena, pois quando ele tentava sair debaixo do alfa apenas se machucava mais e mais. Então deixou... Desistiu do seu corpo e manteve seus olhos no quadro acima da sua cama.

Tentava focar seus pensamentos ali, tentava deixar o fato de estar sendo estuprado bem longe dos seus pensamentos, porque sabia que se começasse a pensar nisso ia começar a lutar de novo e gritar de novo e ia ser machucado de novo.

Lembrou de quando pintará aquele quadro. Devia ter seis anos de idade e talvez, por isso, o a pintura estivesse ruim. Já que as bordas estavam borradas e o desenho não fazia sentido algum. Mas a sua omma tinha gostado e tinha o encorajado a continuar pintando. Contudo, como sempre acontecia, Minseok mudou de ideia e decidiu que queria cantar apenas para na semana seguinte decidir que queria tocar piano e depois guitarra e então violão e mais tarde, violino, que se tornou a sua paixão.

Mas isso foi antes. Bem antes de se descobrir um ômega, de ter o primeiro cio e de sua omma ser morta enquanto tentava protege-lo de alfas maus.

Minseok sempre soube que seria um ômega, mas achava que pudesse estar enganado. Mas quando o primeiro cio veio, quando ainda tinha 15 anos de idade, ele soube que teria que se aceitar e cuidar mais de si mesmo, ainda mais por causa dos alfas da vila onde morava. Minseok sentia o olhar cheio de malicia deles sobre si e por mais que tenha tomado cuidado e tenha conseguido passar por seu cio sem precisar de nenhum deles, as coisas acabaram dando errado.

Sua omma estava morta e havia esse alfa nojento sobre si, assim como havia mais alfas envolta deles no quarto de Minseok. Todos entretidos com aquela cena e esperando a sua vez com o garoto. O garoto quis chorar quando o alfa que estava sobre si se desmanchou dentro de si e o nó se formou, então se afastou, saiu de cima do seu corpo apenas para dar lugar a outro alfa nojento.

O garoto tentou lutar, empurrou o alfa e deu-lhe um tapa no rosto. Mas os outros alfas vieram para cima de si e o seguraram, seguraram seus braços e pernas, o deixando completamente exposto para o amigo se satisfazer. E Minseok gritou e tentou morder as mãos que o seguravam, mas os alfas cansados de tanto escândalo, apenas acertaram-lhe o soco muito forte na barriga e outro no rosto que fez o garoto desmaiar de dor. E então continuaram se divertir com o corpo do ômega desacordado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...