História A Vida Tem Dessas - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Jalil Kubdel, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Nooroo, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Tags Adrien, Gravidez, Liv Fanfics, Marichat, Marinette, Miraculous, Plagg, Romance, Tikki
Visualizações 124
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~Desvia de pedras e até de uma geladeira quase caindo no chão.

Desculpem a demora eu fiquei as minhas férias inteiras sem internet e ainda por cima tive bloqueios criativos, crises horríveis de depressão e ansiedade e mais uma porrada de coisas então não me matem, please ainda tenho muitas idéias e fanfics novas para escrever para vocês *-* ^-^

E podem ficar tranquilos de que no próximo capítulo eu vou compensar que esse ficou pequenininho e vou dar uma surpresa para vocês :3

Boa leitura meus amores, nos vemos nas notas finais!

Capítulo 2 - Dad...


Fanfic / Fanfiction A Vida Tem Dessas - Capítulo 2 - Dad...


B: Liv 


  Dad...




Me virei para o indivíduo confirmando minhas as suspeitas -Adrien? E-Eu estou... eu acho- desviei o olhar para o chão pela vergonha, não por eu o amar, eu já não tinha certeza se eu ainda o amava com todas as minhas forças, estava me sentindo confusa, afinal, não ficava mais com ele na cabeça como antes. Estava com vergonha pela minha situação, estava com os cabelos soltos desgranhados, roupa suja de vômito, bafo, e provavelmente olheiras, já que dormi pouco nesse fim de semana.


-Ahh droga eu queria conversar mas daqui a alguns segundos o sinal vai bater e bem, o gorila vai vir me buscar e eu tenho uma sessão de fotos marcada para agora!- Adrien se lembrou com as mãos na cabeça e os olhos arregalados e saiu correndo com sua bolsa e alguns livros, ele estava se esforçando para as provas finais que começaram essa semana, logo na outra semana iríamos entrar nas férias de inverno.


"Agora me lembrei de que também preciso estudar, aff, tô tão enrolada com os akumas que acabei me esquecendo"


-Hey Mari- a morena me puxou pelo ombro para que a olhasse nos olhos -Eu vou ir conversar com o diretor para ele deixar eu e você tomarmos uma ducha nos vestiários. A nossa situação tá difícil!- Alya riu e eu a acompanhei.


Logo a garota foi em busca do diretor, ela queria evitar ser vista toda suja mas o sinal bateu, logo anunciando a hora da saída, e todos os alunos começaram a ir em direção às suas respectivas casas, provavelmente ela pagaria um mico, me lembrem que eu devo a minha vida a ela!



Parei para pensar na minha situação, estava com medo, Hawk Moth não havia enviado nenhum akuma desde sexta feira (estávamos na segunda feira), e sempre o vilão se encarregava de mandar um ou dois akumas por dia, POR DIA!!! Algo estava errado, muito errado, Hawk Moth era determinado demais em pegar os Miraculous de Chat Noir e o meu para simplesmente parar de nos atacar, ele possivelmente estava preparando algo ruim ou alguma coisa do tipo. Algo estava errado, minha intuição me dizia isso, e eu vou descobrir o que é!


Fora esses problemas com o Hawk Moth, estava preocupada com Chat Noir que não dava as caras a mais de uma semana, se não fosse pelas patrulhas que faço com ele como Ladybug estaria achando que o gatuno estaria sumido ou coisa pior! Mas.... .. . Será que ele está me evitando?. .. .. ... .


-Marinette~- Alya roubou minha atenção cantarolando animada -Adivinha quem conseguiu pagar um mico e ainda assim convencer o diretor a nos deixar tomar um banho?- a morena apontou para si, se gabando.


-Humn.... Deixa eu ver.... .. .- fingi estar pensando com uma das mãos na boca -Será a Rose?... Não. . Talvez o Kim?- Alya me encarou fingindo estar brava 



-É claro que sou eu, a melhor amiga do mundo!- ela cruzou os braços e ficou de bico, fingindo estar emburrada.


-Eu sabia sua boba! Valeu alya- a abracei e começamos a rir como hienas e fomos em direção à os vestiários. 



Alya era daquelas amigas para vida toda, como eu sei? Ela me abraçou toda suja de vômito, não é qualquer pessoa que faz isso por você! 


*~P.O.V. Adrien Agreste~* 


Estava deitado em minha enorme cama com Plagg dormindo encolhido em minha barriga pensando na vida, tinha saído da escola ido para uma sessão de fotos "correndo", e agora estava em meu quarto deitado esperando que meu Cheff preparasse alguma coisa para eu comer.



Hawk Moth não enviara nenhum akuma desde sexta feira, e já estávamos na segunda, há algo de errado.... Será que ele seria capaz de desistir de pegar nossos Miraculous? ... Não, ele sempre foi muito determinado nisso... Ele provavelmente planejava algo, me lembrem de conversar com Bugboo sobre isso mais tarde.


Estava preocupado com Marinette, desde a minha última visita como Chat Noir, há quase duas semanas atrás, não pude ir visitá-la novamente, meu pai me sobrecarregou muito com sessões de fotos, desfiles, entrevistas para revistas ou programas de TV, e os akumas de Hawk Moth não davam uma só pausa! Então acabei por não conseguir sair durante essas semanas todas! 


Meu pai havia viajado na sexta feira e até agora não dava notícias, mas já estou acostumado, sempre que viajava meu pai não dava notícias, era como se uma mínima ligação minha pudesse atrapalhá-lo.


-Adrien?- Nathalie batia na porta do meu quarto me arrancando brutalmente de meus pensamentos.


Me levantei, escondi Plagg atrás do travesseiro, o pequeno preguiçoso nem se mexeu, e fui em direção à porta sem nem me preocupar em pôr os sapatos -Sim?- abri a porta e olhei em direção a mulher que com o passar dos anos se tornou mais baixa que eu, estava com os cabelos desgranhados como de costume, estava sempre cuidando dos assuntos de meu pai, coisa que a deixava estressada.


-O almoço está servido, lembre-se que depois teremos uma entrevista com a revista Vip- A mulher avisou e se retirou, sempre com sua extrema educação.


Fui até minha cama e coloquei os sapatos, até que me lembrei de um pequeno ser dorminhoco -Plagg...- cutuquei o pequeno felino -Plaaaagg...~- nada do Kwami acordar -PLAGG!- gritei por fim perdendo a paciência. 


-Só mais cinco minutos. ... ..- o Kwami se virou para o outro lado resmungando. 


Acabei então por decidir que o levaria assim mesmo, afinal nunca se sabe quando Hawk Moth pode atacar a cidade. 


Desci até a sala de jantar que parecia estar maior e mais vazia a cada dia, me sentei e almocei tranquilamente logo voltando ao meu quarto para me preparar para a futura entrevista com a revista Vip.


-Hey, Adrien- Plagg saiu de repente de dentro do bolso da minha jaqueta.


-Aahh então o senhor preguiça pura finalmente acordou?- tirei sarro do meu Kwami mal humorado.


-Eu estou me sentindo meio estranho, vou ir comer meu precioso camembert, talvez eu melhore- o pequeno saiu voando em direção ao mini freezer que coloquei no meu quarto e também onde guardava um estoque de camembert.


-Estranho... . .. Muito estranho. ...- fui no banheiro escovar os dentes -Plagg, Kwamis ficam doentes?- perguntei preocupado do banheiro enquanto escovava os dentes. 


-Sim, mas eu não estou doente, se não eu saberia... . Já fiquei doente inúmeras vezes durante minha vida, mas nunca me senti assim. É como um pressentimento ruim. ... .- Plagg respondeu do quarto aparentemente com a boca cheia.


-Woow, que daora!- me empolguei, para mim qualquer descoberta a respeito dos Miraculous ou Kwamis era incrível! 


-Heey, loirinho, vou ver televisão, vê se pára de me encher o saco!- Plagg se exaltou, daria para ouvir até do andar de baixo.


-Okay rabugento, se você parar de gritar para mim está de bom tamanho- disse depois de escovar os dentes indo em direção ao sofá e pegando meu dever de casa, mas quando iria começar a fazê-lo, Nathalie bate na porta do quarto.


-Adrien? Sairemos daqui à meia hora, não se atrase.- a secretária ditou do outro lado da porta, enquanto aguardava uma resposta da minha parte.


-Okay, obrigado Nathalie- respondi para que eu pudesse continuar a fazer meu dever de casa. 




*~QUEBRA~DE~TEMPO~* 

 ***17:38 **


Havia acabado de chegar em casa, finalmente estaria livre, depois da entrevista Nathalie me informou de que eu teria aula de violino, sim violino, assim que terminei de aprender a tocar piano e aprimorar a minha habilidade meu pai disse que gostaria de que eu aprendesse a tocar violino, então procurei entrar logo em um curso, tudo para agrada-lo, não que eu tenha conseguido, mas mesmo assim eu tentava.


Mal entrei em meu quarto e Plagg já saiu voando em direção à TV. 


-Humn, vamos ver o que está acontecendo de interessante...- Plagg dizia enquanto passava os canais pulando no controle remoto, provavelmente ele iria colocar em um canal de desenhos, mas por algum motivo parou em um de notícias -Hey loirinho, o que é um avião?- perguntou ingenuamente olhando para a TV, o pequeno não tinha muita noção da tecnologia atual.


-O que?... Hmn... É uma grande "máquina" que permite que os seres humanos voem, carrega centenas de pessoas para lugares distantes, animais, ou cargas comerciais. Por que, Plagg?- disse me deitando em minha cama.


-Aviões caem?


-As vezes, mas só por um falha no sistema ou estas coisas- expliquei


-Adrien, 'isso' era um avião?


Olhei para onde o pequeno apontava, no início não dei tanta importância era só mais um dentre tantos acidentes em que aviões caiam -Era .. . . - mas notei então algo....

.

.

.

.

.

.


.

-... Pai...





Continua...


Notas Finais


Enton é isso meus amorecos, tá pequeno mas ta valendo, né?




Mari toda vomitada tadinha mal sabe o que lhe aguarda MUAHAHAH

Pobre Adrien, o que será que aconteu com o Sr. Agreste?

O que Hawk Moth está tramando?

Descubram no próximo capítulo de AVTD (A Vida Tem Dessas)!


Desculpem por isso eu não resisti ksksksk *-*

Um beijo, um queijo, um abraço, um amaço e eu fui, Byeee!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...