História A vingança - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Espírito
Visualizações 23
Palavras 671
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 8 - Não posso te perder


Fanfic / Fanfiction A vingança - Capítulo 8 - Não posso te perder

    Tamires ficou em silencio por alguns minutos, pensando na forma em que iria agir, não sabia o que fazer. Não sabia se teria coragem de matar sua própria mãe, será que valeria viver sem a pessoa que ela mas amava no mundo?

    E AI? SE DECIDIU?

    Tamires – eu posso pensar um pouco?

    VOU SER BOAZINHA COM VOCÊ, TEM UMA SEMANA PRA TRAZER A CABEÇA DE SUA MÃE AQUI NESTE LUGAR.

     Falando isso o espirito se foi, tamires criou coragem e foi embora pra casa. Pensava no que fazer mas não encontrava resposta. Não tinha mais ninguém para pedir conselhos suas amigas foram mortas pelo o espirito de lúcia. Chegou em casa e foi se deitar. A mãe de tamires percebendo que sua filha não estava muito bem pois estava trancada no quarto por dois dias foi conversar com ela.

     Mãe - filha posso entrar?

     Tamires – pode mãe.

     Mãe – minha filha o que esta acontecendo com você? É por causa do desaparecimento das suas amigas que voce esta assim?

     Nao tendo mas com quem confidenciar o que sentia, acabou se abrindo com a mãe.

     Tamires – eu sei onde elas estao mãe.

     Mãe - sabe? Então porque você não fala onde elas estão pra policia?

     Tamires – eles não vão acreditar em mim.

     Mãe – por que nao?

     Tamires – elas estão mortas mãe.

     A mãe fez uma cara de espanto ao saber disso, perguntando como foi, e tamires lhe contou toda a historia e disse que o espirito de Lúcia quer que a mate em troca da vida dela. A mãe de inicio nao acreditou, até que tamires levou a mãe a casa da cartomante, e ela viu a pior cena da vida dela o corpo de samara cortado em dois no chão. A mãe entrou em pânico e abraçou sua filha forte, com medo de perder sua filha. Olhou nos olhos e falou.
 

    Mãe – filha se isso vai salvar sua vida pode me matar!

    Tamires olhou para sua mãe e chorou dando soluços, por que não queria fazer isso...

    Tamires ficou em silencio por alguns minutos, pensando na forma em que iria agir, não sabia o que fazer. Não sabia se teria coragem de matar sua própria mãe, será que valeria viver sem a pessoa que ela mas amava no mundo?

    E AI? SE DECIDIU?

    Tamires — eu posso pensar um pouco?

    VOU SER BOAZINHA COM VOCÊ, TEM UMA SEMANA PRA TRAZER A CABEÇA DE SUA MÃE AQUI NESTE LUGAR.

    Falando isso o espírito se foi, tamires criou coragem e foi embora pra casa. Pensava no que fazer mas não encontrava resposta. Não tinha mais ninguém para pedir conselhos suas amigas foram mortas pelo o espírito de lúcia. Chegou em casa e foi se deitar. A mãe de tamires percebendo que sua filha não estava muito bem pois estava trancada no quarto por dois dias foi conversar com ela.

    Mãe — filha posso entrar?

    Tamires — pode mãe.

    Mãe — minha filha o que esta acontecendo com você? É por causa do desaparecimento das suas amigas que voce esta assim?

    Não tendo mas com quem confidenciar o que sentia, acabou se abrindo com a mãe.

    Tamires — eu sei onde elas estão mãe.

    Mãe — sabe? Então porque você não fala onde elas estão pra policia?

    Tamires — eles não vão acreditar em mim.

    Mãe — por que não?

    Tamires — elas estão mortas mãe.

    A mãe fez uma cara de espanto ao saber disso, perguntando como foi, e tamires lhe contou toda a historia e disse que o espirito de Lúcia quer que a mate em troca da vida dela. A mãe de inicio nao acreditou, até que tamires levou a mãe a casa da cartomante, e ela viu a pior cena da vida dela o corpo de samara cortado em dois no chão. A mãe entrou em pânico e abraçou sua filha forte, com medo de perder sua filha. Olhou nos olhos e falou.

    Mãe — filha se isso vai salvar sua vida pode me matar!

    Tamires olhou para sua mãe e chorou dando soluços, por que não queria fazer isso...

    Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...