História A vingança de Hanna - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hanna Matheo Amizade
Visualizações 18
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bora pra mais um Cap meus zamores!!!
Cadê os favoritos? E os comentários? Gente vcs tão aiii????
Até as notas finais 😊

Capítulo 4 - "Vc é linda" -siga em frente.


Fanfic / Fanfiction A vingança de Hanna - Capítulo 4 - "Vc é linda" -siga em frente.

Continuação pov hannah.

Oq???? Oooooq???? O matheo scoot Aguilar me beijou? (Tá não foi bem um bj mais somos crianças e tipo q?)

-pare de dizer essas coisas sobre vc, eu odeio a forma como vc deixa os outros te fazerem de boba.-Ele disse me encarando sério.

Eu não conseguia tirar os dedos do meu lábio, meu coração estava batendo tão forte q provavelmente era possível escutar suas batidas a km de distância. Resolvi responder ele é fingir q isso não aconteceu.

-Eles falam sim essas coisas de mim, e eu aceito pq sei q é vdd!.-Disse séria.

-Eu odeio ainda mais quando vc é medrosa...pior do q eles dizerem essas coisas, e vc se fazer dessas coisas q eles dizem! Vc não precisa aceitar ou muito menos acreditar no q eles falam!!!.

Eu não respondi nada apenas fiquei lá parada ouvindo. Sabia q ele estava certo, em questão de segundos matheo parou de falar e saio de onde estávamos. Sai também para chamar por ele, mas ele já estava na porta do Ginásio.

-MATHEO NÃO ME DEIXA SOZINHA!.-gritei desesperada.

Ele olhou pra trás e sorriu, dessa vez foi a vez dele me estender a mão e eu aceitei, sai correndo até onde ele estava e o abracei.

-Obrigada.-Disse baixinho.

-vamos voltar pra sala.-Ele disse afagando meu cabelo.

Foi bem difícil entrar na sala sem ser o Centro das atenções, estava me sentindo pateticamente ridículo.

Ouvi alguns coxixos como "A Hannah bolo de carne queria namorar o lukas, mas ele disse não" é coisa do tipo. (autora: Essas crianças tão muito atribulada, nessa idade eu tava sonhando q tava no banheiro e fazia xixi na cama)

Eu tentei não ficar triste, mas meu coração estava partido, eu estava envergonhada, so queria ir pra casa. O sinal tocou e eu sai correndo, mas aquela Martins q estava conversando com o matheo no intervalo me empurrou, eu cai e me machuquei feio.

Me levantei e tinha sangue na minha roupa, havia batido em uma das carteiras e cortado a sobrancelha. Eu encarei ela, estava com tanta raiva...todos começaram a gritar 

"BOLO de carne" "bolo de carne" "Bolo de carne" 

Sai correndo, corri tanto até chegar em um parquinho perto de casa.Sentei no balanço e fiquei lá, Eu não quero mais ser a bolo de carne! Preciso seguir em frente!!! Mas to com tanta fome...achei mlhr ir pra casa almoçar.

Quando cheguei em casa estavam tods preocupados,minha mãe me abraçou forte e em seguida foi buscar a caixa de remédio. Olhei para matheo e ele me retribuiu um olhar q nunca vou esquecer. Ele estava com dó de mim a indefesa bolo de carne.

~¤~¤~¤~¤~¤~¤~¤~¤~¤~



      2013 pov Hannah.

Vc deve estar pensando "agr a vida dela deve ta mlhr" ai q vc se engana keridinha (o) 

Tá tudo uma bosta! E a tendência é piorar! Estou com 13 anos agr, as zoações pioraram, todos me chamam de bolo de carne agr...Meu distúrbio alimentar aumentou, e eu me sinto muito sozinha as vezes. Sem contar q sou uma completa babaca.

MATHEO continua o msm matheo...so estamos meio distante...A gente só briga, mas se alguém me zoar ou briga cmg ele me defende...Sinto Q é só uma fase e tudo mais.

Hj é sexta-feira e minha mãe convidou a tia Márcia e o matheo pra virem aqui em casa comer pizza. Não estou afim de ver ninguém, estou bem na bad.

Assim q batem na porta eu me levantando do sofá e vou pro meu quarto,ligo a TV e fico assistindo. Alguém bate na porta do meu quarto.

*toc toc*

Me levanto e vou abrir a porta, fico surpresa por ver q é o MATHEO.

-oi.- Ele diz tímido.

-oi.-respondo seca.

-posso entrar? E q...-Ele diz meio sem jeito.

-Eles estão falando sobre coisas de velhs ?.- Disse fzd careta e abrindo a porta.

-é pse...daí em pensei em vir falar contigo.-Ele disse entrando e sentando na mesa do computador.







Continua 



Notas Finais


Até o proxxxxximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...