História A Vingança de um Coração Partido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assassinados, Canibalismo, Coração Destruído, Mistérios Descobertos, Morte, Psicopata, Sadomasoquismo, Sangue, Suspense, Terror
Visualizações 3
Palavras 1.201
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá tudo bom , eu sei que eu tenho que postar minha outras histórias , mas é que eu tô com esta ideia da história na cabeça antes mesmo de eu começar a escreve as minhas fanfics , mas eu já tenho um certo dia para postar cada história !!!
Eu também tenho que dar uma ajeitada nelas mas garanto que na próxima semana sexta , eu posto um que já faz meses que não sai capítulo novo . Bom vamos a história.

Capítulo 1 - Lágrimas de uma Coração Partido


Fanfic / Fanfiction A Vingança de um Coração Partido - Capítulo 1 - Lágrimas de uma Coração Partido

- Ela começa a se aproxima , com o objeto que brincava em seus dedos , e em sua face se estampava um sorriso sinistro , que arrepiada até o último fio de cabelo , na cabeça do rapaz , que demonstrava medo enfrente a está pessoa -

- O que foi , parece que viu uma assombração - diz a voz com sarcasmo.

- P-P-Por que , v-você es-esta fazendo i-i-isso ? - Pergunta o rapaz  que se atrapalha , de tanto medo que estava sentindo , está quase  desmaiando tanto medo.

- Como .... Como você ousa me perguntar isso ! - disse em um tom super irritado , se aproximando com a faca , na garganta do rapaz , que com o ato paralisa todo seu corpo pelo choque , e começa a soar frio - Como você pode fingir , que nada acontece , você e um tolo mesmo. - diz afastando um pouco a faca , nisso o rapaz consegue pensar em algo , quando ia colocar em prática , voz se pronuncia. - Se eu fosse você , não faria isso. Diz sentando num cadeira e cruzando as pernas.

- V-você ... SÓ PODE ESTA LOUCA !!! - diz , mas é calado por um tapa que ecoa todo o lugar , o fazendo de imediato ficar de cabeça baixa.

- você nunca , repito NUNCA levante a voz a mim desta maneira. - diz , é isso com irritação em sua voz. - Ah , é claro que estou louca , louca para me vingar , você vai pagar , e vai pagar caro pelo que me fez passar. - diz , se sentando novamente na cadeira , e em seu face brincava um sorriso psicopata.

Em um sussurro pergunta - mas ... O que ... Eu fez ... De tão ruim ... A você ... Akeno !!! 

- Bom se você não lembra , vamos refrescar sua memória - diz , contando tudo para ele.

                - Algum meses antes -

- Akeno venha quero que você , conheça alguém , venha - disse uma garota de cabelos roxos e curto , com um sorriso radiante no rosto , e logo atrás uma garota de cabelos rosas e com um sorriso de pura alegria atrás da garota de cabelos roxos.

- espera Shino , eu não corro muito , espera - disse tentando chegar perto dela , quando Shino para , Akeno agradecia mentalmente , assim começou a pegar o ar que estava lhe faltando , nisso percebe algo ou melhor , alguém se aproximando delas , pro extinto levanta a cabeça de uma vez , quando faz isso repara que este alguém é um garoto , moreno , alto , e com o sorriso mais lindo , que Akeno já tinha visto.

- Oi Shino - disse comprimentando sua amiga , depois se vira para Akeno - Oi ... Ahm ... Qual é seu nome ? - Akeno sente seu coração falhar , em quanto olhava ele , sem mesmo disfarçar.

- Você quer , um babador Akeno ??? - pergunta Shino , com a maior cara de malícia para Akeno.

- Ahn ... O que claro que não !!! - diz , inflamado as bochechas e faz biquinho , o isso Shino aperta as bochechas dela , e o garoto só ria das duas.

- Para Shino , Para !!! - diz quase chorando , de tanto quanto sua amiga apertou suas bochechas.

- Tá eu para , eu para - diz , se afastando e sorrindo para ela - bom eu queria te apresentar , um amigo meu , este é Kaito - diz , apontando para o moreno - e esta é a Akeno - depois se vira para Akeno.

- Muito prazer - diz lhe esticando a mão , meio reseosa a aperta.

- o Prazer e todo meu - diz , cobrando um pouco , que não passou despercebido pro uma certa , arroxada que fez cara de malícia , o que fez Akeno ficar com ainda mais vergonha.

O tempo passou e Akeno e Kaito foram se aproximando , saindo como amigo , bem pelo menos no começo foi assim , mas com o tempo ela acabou , por despertar sentimentos pelo rapaz , cada vez que ficava perto dele , tinha mais certeza do que sentia , até que um dia decidiu se confessar para ele , depois do colégio , Akeno foi para sua casa para se preparar , fez tudo que tinha que fazer , pegou uma carta é um caixinha de chocolate , que tinha feito na aula de culinária na escola , tava chegando onde o rapaz sempre ficava lendo ou vendo as folhas de Sakuras caírem , esperou e nada dele , esperou mais um pouco e nada até que depois começou a ouvir alguns , ruídos atrás de alguns arbustos que ficava perto do banco , onde se encontrava sentada , pela curiosidade foi ver o que era e teve a maio surpresa de sua vida , viu seu amado e sua melhor amiga , aos beijos e amassos , com a surpresa deixou tudo cair os assustando , que logo se largam , mas o pior não foi isso , foi se feriadão por aquele que queria da o seu coração.

- Qual é garota até aqui , você não cansa de me persegui não !!! - disse fazendo Akeno cair na real.

- Acho que não precisa , ser tão grosso com ela - disse sua ex-bff 

- Não ele tem razão , eu não devia ter vindo , sinto muito por ter estragado o clima de vocês - diz , se abaixa para pegar , as suas coisas - bom estou me retirando aproveite seu momento juntos - diz , caminhando sem nenhuma pressa. 

Isso fez o coração da menina se aperta , ao ver a cena de sua bff assim , ou melhor , sua ex-bff pq depois disso , ela tinha certa dúvida se Akeno voltaria as falar com ela , o já o garoto não estava muito aí com isso , sempre achou Akeno muito pegajosa.

Com Akeno as coisas não estavam , nem um pouco boas.

- Como eles puderam fazer , isso comigo , como ??? - disse chorando desesperada - mas isso não vai ficar assim eu vou me vingar , a se vou. O tempo passou e mesmo assim Akeno ainda não tinha superado , mais com o tempo foi , te que decidiu fazer aquilo que tinha prometido a alguns anos atrás.

                      - Tempo atual -

- e foi isso que você me fez - diz indiferente , já o rapaz ficou estático e perguntou.

- o que você , vai fazer comigo ??? - com um pouco de receio pergunta , ela por sua vez da o sorriso mais sinistro , que já deu em toda as sua vida.

- Ah , você vai vira , o meu Brinquedinho Pessoal - diz , passando a faca em sua pele , a pressiona a fazendo um corte , não muito grande mas o suficiente para sair sangue.

CONTINUA ???


Notas Finais


Obrigada por ler até aqui !!!! Espero que tenham gostado desta história eu fiz com o maior carinho do mundo para vocês !!!!
Obrigada de novo e fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...