História A vingança- imagine Chanyeol - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jimin, Jungkook, Kai, Lay, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Imagine Chanyeol
Visualizações 192
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


gente vocês já estão cansados de me ver falando isso, mas vamos lá. Desculpa por ter demorado,eu estava em semana de prova ai eu tive que estudar. E talvez demore pra sair o próximo, porque vai ter uns imprevistos e uns compromissos,e não vai dar mas eu vou trazer capitulo novo o mas rapido que eu puder!!
Obrigada!
B
O
A
*
L
E
I
T
U
R
A
!

Capítulo 8 - Seu idiota


Fanfic / Fanfiction A vingança- imagine Chanyeol - Capítulo 8 - Seu idiota

Eu estava dormindo, já estava no meu 505º sono, até escutar batidas freneticamente na porta, peguei meu celular pra checar a hora e ainda eram 03:00 da manhã, quem é o satanás que vem me acorda as plena 03:00 da manhã! Olhei para os lados e não vi ninguém, as meninas foram dormir fora. Resolvi deixar as batidas pra lá, porque eu estava com muito sono, porque ainda era cedo! Vai que a pessoa desiste ir embora. Mas o(a) corajoso(a) não parou. Fui me arrastando até a porta. Abri a mesma, e me deparei com um Chanyeol ofegante. Ele entrou no meu quarto e trancou a porta. Ele foi se aproximando de min e me imprensou na parede.

-Faz silencio!

-É O QUE? VOCÊ ME ACORDOU AS 03:00 DA MANHÃ! E ME PEDE PRA FAZER SILENCIO?! Mas você é um desgra...-ele não deixou eu terminar e tomou meus lábios. Eu não sabia o que fazer, eu não consegui mover um musculo. Sei que isso já tinha acontecido, mas dessa vez eu travei. Até que a língua do mais velho invadiu a minha boca. O beijo era calmo e doce, e foi se tornando quente e necessitado. Ele foi andando a passos cegos até a minha cama. Onde ele me deitou na mesma sem quebrar o beijo, suas mãos foram descendo e contornando todo o meu corpo. Sua mão foi ate a minha coxa onde ele apertou a mesma sem piedade. Eu gemi entre o beijo e ele deu um sorriso de lado, se divertindo com o meu ‘’desespero’’. Seus beijos foram descendo até o meu pescoço deixando mordidas, beijos e chupões. Aquela região ia ficar marcada pra caramba mas eu não estava me preocupando com isso.

Estava tudo indo muito bem, até a porcaria do celular dele começar a tocar.

Ele ficou estranho depois que viu a tela do celular.

-Eu tenho que ir!-disse ele dando um ultimo selar em meus lábios e saindo pela porta.

Isso tá muito estranho!

Sai rápido da cama e botei um short e um moletom qualquer, peguei meu celular e sai do quarto. Como o corredor do quarto das meninas era enorme, deu pra ver ele no final. Ele não tá indo pro quarto dele, ele tá indo na direção oposta. O que esse moleque vai fazer?

Ele dobrou em um corredor, eu ia fazer a mesma coisa ,mas ele parou e começou a falar com aquela Yang Mi.

-Onde você estava Oppa?

-Desculpa linda! Eu estava dando conta de uma garota que não sai do meu pê! Nada de importante!

Eu quase kai pra trás(descupa eu tinha que fazer isso rsrs), deu um aperto no coração, eu podia sentir as lagrimas querendo descer, mas as segurei.

-Então deixa eu recompor o seu tempo perdido, hum?- falou com uma voz manhosa, ai que nojo!

-Só se for agora agora!-exclamou e entrou no quarto sendo acompanhado dela.

Eu sai dali correndo em direção ao meu quarto, as lagrimas já desciam pelo o meu rosto descontroladamente.

-Aquele filho da puta, desgraçado arrombado do caralho, idio...- eu tinha batido contra alguém, levantei meu olhar e vi o Sehun.

-s/n? Você esta b...- não esperei ele terminar a frase e o abrasei, e me derramei em lagrimas contra o seu peito.-wow calma princesa, o que aconteceu? Vamos para o meu quarto tá? Lá você me explica tudo direito, ok?- eu apenas assenti e o mesmo me guiou até o seu quarto.

-Pronto pequena, agora me conte o que aconteceu!

Ele me deitou em sua cama e logo após fez o mesmo me abraçando, deixando minha cabeça encostada em seu peito.

-Bom...- contei tudo pra ele.

-COMO É QUE É? COMO ELE FEZ ISSO COM VOCÊ? MAS QUE FILHO DA PUTA!- ele se levantou e começou a andar de um lado para o outro passando as mãos nos cabelos.

-Eu fui tão trouxa! Pensando que ele seria capaz de mudar, eu sou uma idiota mesmo!- disse me encolhendo e derramando algumas lagrimas.

-Não princesa, não fica assim! A gente resolve isso amanhã, ta certo!- disse me abraçando.

-Posso passar a noite aqui Sehun? As meninas saíram e eu não quero ficar sozinha.

-Claro pequena!

Ficamos conversando por um tempo, eu já estava melhor que antes, mas ainda estava triste! Ele disse que ia tomar banho eu apenas concordei e me deitei na cama,comecei a mecher no celular. Ate que a porta do banheiro se abre e o Sehun sai dele. Ele estava só com uma calça de moletom o que deixava de fora o seu abs.

-Vou vim dormir com você sempre!- disse e nòs dois rimos.

-Engraçadinha!- ele veioate a cama e se deitou na mesma.

Eu me virei para o lado contrario que ele, não demorou muito e eu senti seus braços envolvendo a minha cintura, me trazendo par mas perto dele.

-Boa noite Hunnie!-disse já fechando os olhos.

-Boa noite minha princesa!- disse dando um beijo no meu pescoço o que fez eu me arrepiar. Ele começou a acariciar os meus cabelos e assim acabei dormindo.

(Leiam as notas do altor)


Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpa plo capitulo pequeno. Até o próximo, xauuuu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...