História A vizinha - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXID
Personagens Hani, Hyerin, J-hope, Jimin, Jin, Junghwa, Jungkook, LE, Rap Monster, Solji, Suga, V
Tags Ahn Sisters, Jimile, Lemin
Exibições 24
Palavras 1.535
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Crossover, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom diaaa, boa tardeee ou boa noiteee🌚
A fic demorou pra atualizar eu sei....
Maaasssss eu tenho motivos
Eu começei a fic quanto era feriado ai eu tinha tempo....mas essas semanas ta meio corrido de provas.....mas enfim...espero q goxxxteeemmm❤❤

Capítulo 4 - Eu te amo


                     *hani on*

   -Hani preciso falar com você-disse Junghwa olhando no fundo dos meus olhos, vou adimitir que ela é muiiittoooooo fofaaaa aaaaaaaaa

-pode falar- olha eu to com um medinhoooooo

-Eu tenho medo de te falar e vc se afastar de mim porque você ja esta afim da LE e vc nem me conheçe tãaaaooo bem igual você conhece a LE.

-pode falar jungs- só faltava ela dizer que gosta de mim ahduahsuahusa

-Hani eu te amo- meu deus do céu ja posso pegar o meu diploma de profeta pq ja to prevendo o futuro aqui- mas vc ja ama a LE- disse ela começando a chorar, nossa, o choro dela da vontade de chorar também sei la doi o coração ver ela chorar

-Calma junghwa não chore- disse chegando mais perto dela limpando suas lagrimas- eu meio que não sei oq falar.....ninguem nunca disse que me amava antes- dei uma risadinha de lado pra não ficar com um clima ruim

-Hani por favor não se afaste de mim- apos ela dizer isso ela começou a chorar mais ainda

-eu nunca iria fazer isso jungs- levantei o rosto dela pra que ela olhasse em meus olhos e fui ficando mais proxima dela até que nossos labios se juntaram iniciando um beijo longo e calmo, seus labios tinham gosto de cereja mesmo ela estando no hospital até que tivemos que nos separar por causa da merda do ar que faltava, olhei pra junghwa e ela estava corada e com a mão tampando a boca.

-Você é muito fofa- disse dando um sorriso então ela acabou ficando mais corada ainda, ficamos ali um tempo falando coisas aleatorias até que eu olhei meu celular e

-MEU DEUS JA É 23:00 MINHA MÃE VAI ME MATAR EU PRECISO IR JUNGS TCHAU- dei uma beijo na testa dela e sai correndo igual uma garça do quarto aonde ela estava peguei o elevador e sai correndo até o ponto de onibus (ja que não tinha carro) chegando la meu onibus não iria passar mais porque ja era 00:15 então fui obrigada a ir a pé para casa, estava um frio do caramba e não tinha 1 ser vivo na rua, eu estava passando em uma parte da rua aonde uma luz estava queimada até que senti alguem me empurrando então acabei caindo no chão

-AISH ISSO DOEU - levantei limpei meus joelhos e olhei para tras e vi uma pessoa segurando um taco de baseball- quem é você? Não me assusta assim desgraça- eu não conseguia ver o rosto mas via o corpo.... E era de uma mulher, ela foi chegando mais perto de mim segurou em meu braço com muita força

-vou te dar uma lição, você nunca mais vai nem olhar pra LE - ela levantou o taco e começou a bater e mim, até que um momento ela ia bater em meu rosto quando eu segurei o taco e dei um soco maravilhoso bem no nariz dela- AI DESGRAÇADA - ela levantou sua cabeça e seu nariz estava sangrando- AGR VC VAI APRENDER A NUNCA REVIDAR- ela largou o taco no chão me deu um soco, meu nariz e minha boca estavam sangrando muito até que ela me empurrou e eu cai no chão batendo minha cabeça e tudo foi ficando escuro até que eu desmaiei, eu senti uma mão gelada no meu rosto e começei a ouvir uma voz feminina dizendo

-moça acorda você esta sangrando muito - eu fui abrindo os olhos lentamente e vi um rosto muitttooooo bonito, era uma menina loira tinha uma franjinha tipo a minha, tinha olhos grandes e estava usando um rabo de cavalo

-Ai minha cabeça- disse tentando levantar- que horas são?

-2:30 da madrugada- meu deus do céu a essa hora minha mãe ja deve estar chamando a policia da china- minha mãe vai me matar- disse tentando levantar mas acabei caindo de novo porque estava com uma dor enorme nas minhas pernas e minha barriga

-calma moça não tente se levantar, eu te levo para minha casa no carro do meu pai- disse a garota me pegando no colo e uau que força ein, ela abriu a porta de tras do carro e me colocou deitada no banco de tras, ela deu a volta no carro e sentou no banco da frente ligou o carro e começou a ir em direção a sua casa, bom, eu acho

-qual é o seu nome?- perguntou a garota

-Hani e o seu? - perguntei com dificuldade poque eu estava com uma dor que não da nem pra falar como era

-Hirai momo mas me chame só de momo - apos um tempo chegamos em sua casa então ela me pegou no colo novamente entramos na casa dela, era uma casa nem tão grande e nem tão pequena mas era confortavel, então reparei que cheguei no quarto dela, era tipo o meu, era azul a cama estava toda bagunçada, tinha varias roupas no chão, muitos mangás espalhados em cima da mesa aonde ficava seu pc

-vou te deixar aqui rapidinho, só vou tentar lembrar aonde minha mãe deixava a maleta de primeiros socorros- disse ela me deixando em sua cama e saiu do quarto, eu olhei para o lado e avia um quadro com 4 pessoas, ela, seus pais e eu acho que sua irmã

-pronto, por um milagre achei rapido- disse ela entrando no quarto com uma maleta branca sentando do meu lado aonde eu estava deitada- nossa você esta muito machucada, o que aconteceu com você?-disse momo abrindo a maleta tirando varios medicamentos de la

- eu estava voltando do hospital porque minha amiga acabou sofrendo um acidente, ai eu fui pegar meu onibus mas ja estava tarde e ele não iria passar mais, então fui obrigada a ir a pé para casa, mas uma garota que eu não consegui ver quem era disse "você nunca mais vai nem olhar para a cara da LE"- parei de falar para respirar um pouco

-Quem é LE?- disse momo olhando pra mim e limpando os ferimentos do meu rosto

-LE é a garota que eu gosto- momo parou o que estava fazendo e olhou para mim sorrindo

-Então quer dizer que você tb gosta de mulheres- momo após falar isso continuou fazendo os curativos mas dessa vez dando um sorriso de lado

-sim- disse rindo

-Prontcho terminei - momo fechou a maleta e saiu do quarto para guardar ela

-Momo- chamei ela tentando ficar sentada na cama e acabei conseguindo grazadeus

-sim Hani- ela entrou novamente no quarto sentando no mesmo lugar da cama de antes

-aonde estão seu pais e sua irmã?- ela mudou sua expressão de feliz pra triste

-Meus pais morreram em um acidente de carro....e minha irmã Jihyo se envolveu com drogas e esta presa a 4 anos....agora eu moro sozinha

-ai meu deus desculpa eu não sabia- me senti super culpada de perguntar isso porque ela começou a chorar

-não tem problema....isso aconteceu faz 5 anos então isso ja foi passado- ela limpou as lagrimas e voltou a sorrir- então, esta com fome? - fiz um sinal de sim com minha cabeça então lembrei

-putz, a minha mãe ja deve estar ligando para o fbf a essas horas- peguei meu celular e fiquei de boca aberta, ele estava com a tela toca trincada ja que quando eu apanhei ele estava na minha cintura

- se quiser liga para ela com o meu celular- disse momo me dando seu celular então começei a discar o numero de minha mãe

         *ligação on*
-alo?

-oi omma é a Hani

-HANI CADÊ VOCÊ MENINA EU TO DESESPERADA AQUI- ela avia gritado tão alto que momo ouviu e começou a rir muito

-calma mãe, eu acabei saindo tarde do hospital e acabei caindo e bati minha cabeça na rua e acabei desmaiando agora eu estou na casa de uma amiga minha vou passar a noite aqui, chegando em casa eu te explico direito

   *ligação off*
Nem deixei ela falar nada e ja delsiguei antes que ela ficava louca e rodava a baiana

-eu preciso ir momo....ja que disse que iria passar a noite aqui sem sua permissão vou ir procurar um hotel pra passar a noite

-Que isso Hani, pode dormir aqui não tem problema eu arrumo a cama pra nós duas dormir e pego um pijama meu pra você- disse ela pegando uma roupa em seu guarda-roupa- vou fazer uma pipoca la na cozinha, vai se arrumando

-ok- peguei a roupa e começei a me trocar, ela tinha me dado um short preto e uma blusa de moletom preta do one piece enorme, serio, ficou muito grande em mim, então desci as escadas e vi momo sentada no sofá comendo a pipoca e vendo um filme então ela me viu e disse

-uau vc ficou lindona com essa roupa- disse ela rindo e me olhando de cima a baixo, então sentei ao lado dela e começei a comer pipoca tambem, até que ela reparou que eu estava com uma frio do caramba jogou uma coberta que estava no braço do sofá em mim e passou seu braçou atras de meu pescoço até que eu adormeci ali mesmo


Notas Finais


Esse capitulo ficou grande ein... Desculpa os 3000 erros pq hoje não deu pra revisar o cap....bjao❤❤❤❤ (se manifestem nos coments)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...