História A well Nightmare - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias My Little Pony
Personagens Personagens Originais, Príncesa Cadance, Princesa Celestia, Princesa Luna, Rei Sombra, Twilight Sparkle
Tags Coraçao Sombrio, Diamante Falso, My Little Pony, Sombras, Um Pesadelo Do Bem
Exibições 31
Palavras 1.085
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltei com tudo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Parei.

Capítulo 7 - The returns


(VISÃO DA NÝCHTA)

O vento sopra forte aqui na Torre Negra, era meio dia, o sol iluminava os vastos campos além da floresta negra que fazia parte de minha torre (Autora: Se ninguém se tocou, o que é difícil, é a Torre Negra). A floresta negra separava a minha torre de dois lugares; um deles, a escola Harmony Academy. Me pergunto o que aquela princesa farsante faz lá... Bem, o outro lugar é a torre de meu irmão Iméra (Autora: Isso é nome de homem por acaso?  Nýchta: SIM!!! Agora deixa eu continuar!!!), a Torre Branca. Nos víamos pouco, mas como somos responsáveis por este mundo. Você que parece estar confuso, vou esclarecer as coisas: o rei e a rainha da galáxia, pais de Celestia e Luna, morreram a muito tempo, desde então, as galáxias não são mais controladas por eles, mas... Eu e meu irmão somos os Guardiões dos Opostos desta dimensão, cada com seus poderes, virtudes, morais, etc. Por enquanto Equestria está bem nas mãos das princesas do sol e da lua, e claro, pelos Elementos da Harmonia, mas aquela princesa idiota e falsa conseguiu enganar a todos! Argh! Como ninguém percebe que ela está fingindo?

Bem, continuando a explicação sobre mim e Iméra, apenas nós sabemos tudo sobre Equestria, mas não podemos interferir nos eventos daqui. Somos apenas guardiões, nosso trabalho e garantir que Equestria nunca irá ruir, é para isso que, em casos de extrema necessidade, eu ou meu irmão escolhemos alguém com os meus poderes ou dos dele, varia da situação. O que mais me surpreende é que ninguém descobriu os feitiços de proteção que impedem que vejam a minha torre e a de meu irmão. É só ser curioso e entrar na floresta negra. Mas, assim está bom. Assim, ninguém nunca saberá de nossa existência, exceto As Duas...

Desço do terraço (que é no último andar da torre). A Torre Negra é feita de ônix, diamante, lápis lazuli e decorada com pérolas negras. Dá um ar meio sombrio e a primeira impressão que teriam é que sou má. Eu não sou má, apenas sou a guardiã desta parte também... Agora, já que só estou falando com vocês leitores, vou explicar quem são As Duas e falar coisas sobre mim, não tenho nada para fazer mesmo... (Autora: Parece que você tá na bad.  Nýchta: Sim ;-;) Bem, As Duas são ninguém mais ninguém menos que Nightmare Moon e Daydream Sun.

Vou explicar sobre elas: na verdade, eu e meu irmão lutamos secretamente em uma época contra Daydream Sun e Nightmare Moon, transformando elas em espíritos, ou fumaça se preferir. Depois de muito tempo, Nightmare Moon descobriu a Princesa Luna e quando era uma adolescente, lhe jogou o feitiço da inveja para ela sentir inveja do poder de Celestia, e funcionou. Quando ela estava inteiramente consumida pelas trevas, Nightmare Moon bancou o ‘espírito’ e entrou no corpo de Luna, assim, conseguindo sua forma física novamente. Ela foi derrotada pelos elementos da harmonia e bla bla bla, voltou a virar fumaça, mas como ninguém prestou atenção, não perceberam e ela fugiu. Daydream Sun nunca conseguiu voltar a forma física pois nunca encontrou um pônei com o poder do sol. Claro, tinha Celestia, mas ela parecia imune aos feitiços de inveja...

Bem, é isso. Esclareci tudo a vocês. Agora vou falar sobre mim...

Sou a guardiã de tudo ligado às trevas e a noite. Não que eu não goste, mas eu também sou a guardião do mal, e isso me deixa meio triste. As emoções que controlo são tristeza, raiva, medo e amor. A última emoção é o que me deixa feliz, pois assim lembro que não sou de todo mal. Bem, eu sou uma pegasus preta com uma parte da asa que vai mudando de azul para roxo e vice e versa. Sempre uso uma coroa feita de prata com uma lua crescente feita de ametista, um brinco de estrela feita de jade e um colar de prata com um coração feito de diamante negro.

Não se preocupem, o diamante negro com formato de coração não significa nada, voltando a minha aparência... O meu olho esquerdo é metade azul e metade verde e o olho direito é metade verde metade azul e minha crina é branca de dia e cinza prateada de noite. Pronto!

Pra não perder tempo porque sinto que algo ruim vai acontecer, vou falar da coisa que mais me arrependo na vida: de ter abandonado minha família... Não que guardiões não possam ter famílias e coisa e tal, mas... Se eu não fosse embora, eles iam correr perigo!

Cheguei ao térreo e fui à tão pacata sala do trono. Vez ou outra um lobo de madeira aparecia lá, eles são tão fofos em minha opinião!

Iméra: *abre a porta da torre com um estrondo* IRMÃAAAAAAAAA!

Eu: O que foi, meu caro irmão?

Iméra: Daydream Sun e Nightmare Moon conseguiram recuperar sua forma física!

Eu: Por todas as estrelas! Como elas conseguiram?!

Perguntei aflita.

Iméra: Não sei. Só sei que...

Eu: Quando noite e dia e dia estiverem no céu, luz e sombras se tornaram sólidas e quando a terra toda tremer, até o mais forte dos reinos irá perecer. Bem irônico parecer que essa profecia está se concretizando.

Iméra: Não podemos esperar mais! A sua escolhida precisa derrotar essas duas e mais o Rei Sombra!!!

Eu: Não, ela não pode!

Iméra: E pode me dizer o motivo?

Eu: Porque a escuridão é como a gravidade; basta um empurrãozinho para virar realidade (Autora: ALERTA! ALERTA! REFERENCIA! ALERTA!).

Iméra: E o que isso quer dizer? Você que é a guardiã das profecias e dos sonhos!

Eu: Que se acontecer alguma coisa de errado ela irá cair fácil para o lado das trevas! Vamos precisar do seu escolhido... GloomyHeart está fora de cogitação...

Iméra: Serto... Então irei tentar me comunicar com LightKnight.

Depois disso meu irmão saiu pelos anormes portões de ferro e carvalho.

Decidi fazer algo útil depois disso... tentar alertar a minha família.

Subo rapidamente para a biblioteca e pego um pergaminho, uma pena e tinta.

“Meu filho, se receber está carta, não a jogue fora sabendo que é minha. Preciso pedir que você avise seu pai que duas antigas inimigas de Equestria voltaram, mais poderosas que Celestia. Vocês precisam se proteger, você é um unicórnio talentoso, sei que vai conseguir. E não precisa fazer este último favor, mas, se conseguir, me perdoe.

De: Nýchta, sua mãe”

 

Entreguei a carta para o meu falcão, ele sabia o destino da carta...


Notas Finais


JOGUEM SUAS TEORIAS!!!!!!! Quero saber o quem vocês acham que é o filho da Nýchta, onde ele está, quem exatamente é LightKinight e outras teorias que vocês inventarem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...