História A.A.N.Z (interativa) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Interativa, Luta, Musica
Exibições 15
Palavras 1.636
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Hey There!
Este capítulo foi o mais fofinho de escrever, além do próximo que tem shipp pra karai.
É o seguinte, as meninas são "superfamosas" e por isso a tietagem geral. As fotos deles estão aqui na foto do capítulo para vocês terem uma noção e teremos uma entrevista publicada no tumblr da história em breve.
A festa de Halloween vai acontecer no próximo capítulo e espero que estejam empolgados. Vamos ter várias fofocas na festa.
E ao inves de perguntas, hoje vou fazer um pedido. Me deem sugestões de acontecimentos na festa. Adoro as sugestões de vocês, e dar um jeito de encorpora-las ao longo do capítulo é uma espécie de desafio gostoso para mim. Mesmo que não tenham ideias indiquem músicas, ou qualquer coisa.
Obrigada e boa leitura gente.

Capítulo 11 - Midnight, I can't sleep


Fanfic / Fanfiction A.A.N.Z (interativa) - Capítulo 11 - Midnight, I can't sleep

Sentada, com o computador no cola, Sun Hee já não prestava atenção no dorama que pretendia assistir. Seu pensamento estava longe, mais especificamente no quarto 563, mesmo sem saber que era lá que ele estava.

Matthew acabara se aproximando ainda mais de Sun Hee nos últimos dias. Se sentava perto dela, a acompanhava para as aulas de canto - ela considerava ser acompanhada, mas ele apenas seguia seu caminho junto a ela - e parecia um daqueles príncipes de filmes da Disney... Ela estava apaixonada por ele e tinha consciência disso.

Olhou pela janela e a lua cheia atraiu sua atenção por completo. Que horas eram? Mais de meia noite com certeza... Mia não estava na cama. Havia saído para alguma boate com Morgan. Algo que ela havia dito antes de sair veio a mente de Sun Hee: "Ninguém nunca está lá fora. Principalmente porque vai chover".

Saiu pé ante pé do quarto. Tomando cuidado ao abrir o elevador, ao pisar no jardim e ao sair de perto das janelas. Não havia nada e nem ninguém lá fora, o que era ótimo na humilde opinião de Sun. 

Na passagem entre dois prédios havia um banquinho, mal iluminado, mas que tinha uma visão perfeita da lua. Iria até lá. Esse era o plano. 

O vento gelado cortava caminho por Sun, que mesmo com um casaco enorme de Mia, sentia um frio dilacerante. Caminhava bem devagar analisando cada mísero detalhe pelo caminho até o prédio de dança, imaginando como seria uma cena de dorama naquelas redondezas.

Cantarolava tão baixinho quanto era possível, mas parou no momento em que um som de trovão estourou no céu junto com o clarão do raio. Choveria em breve, ela constatou. Quão breve era o breve?

Se sentou no banco que estava ansiosa para alcançar, dobrando as pernas sobre a madeira e abraçando os joelhos. Não era de fuxicar nas coisas dos outros, mas o mural de Mia exibia um trecho de música que lhe veio a mente.

"O brilho da lua acima de mim
O que eu posso ser? 
O amor da minha vida vai aparecer 
Só deve ter acordado atrasado"*

Será que seu amor estava acordado? Ele dizia acordar tarde pois dormia mais tarde ainda. Vendo séries, escrevendo, desenhando. Será que ele estava pensando nela? Ele dizia que quando gostava de algo ficava meio obcecado por algum tempo. O que ele estaria fazendo? O que estaria pensando? 

Ele poderia estar ali por perto, mas ela era a única pessoa que saia do quarto a meia noite e quinze para admirar a lua.

Talvez ela não quisesse que Matthew estivesse ali. Até porque se estivesse - dentro dos padrões normais - estaria voltando de alguma festa. Será que ele era o estilo galinha? Meio Mia? Ou era mais caseiro? Como ela.

O som do trovão veio ainda mais forte e a chuva começou a cair, limpando os pensamentos maus referente a Matthew que começaram a se formar. Ele era perfeito. Só aquela maldita chuva não! Corria pelo jardim, mas o desespero fez com que ela se perdesse. Onde estava indo?

- Sun Hee? - ouviu chamar e se virou na direção da voz que já conhecia. Ele usava uma calça de moletom e uma camiseta vermelha do Homem de Ferro. - Sun, o que está fazendo aqui?

- Sai para olhar a lua. 

- Você é doida, meu amor. - ele disse pegando Sun pela mão e correndo com ela.

Quando finalmente alcançaram o portão do dormitório, ambos sorriam por estarem juntos na chuva. Sun parou para admirar o rapaz enquanto ele abria a porta para ela.

- Está chovendo, Sun! Vem, vamos entrar!

- Eu quero fazer um coisa antes. - ela disse segurando o pulso do rapaz.

- O que? 

Sun não respondeu. Se aproximou lentamente de Matthew, colocando a sua mão na bochecha do rapaz antes de aproximar seus lábios e beija-lo. Matt não estava pronto para aquilo, mas era o que mais queria. 

Sun não era muito experiente, na verdade nunca havia beijado, mas parecia ser o certo o modo como estava fazendo.

Separou os lábios molhados dos de Matthew e sorriu.

- Matthew, eu seria louca se dissesse que te amo?

- Não. Eu seria louco se dissesse que você se tornou minha vida em alguma semanas?

- Não. - ela disse com um sorriso.

Ele a acompanhou até o quarto sem diminuir o tom de voz ou qualquer outra preocupação. Se fosse pega, estaria com Matthew. Nada importava. Quando ele abriu a porta do quarto para Sun entrar, Mia já havia voltado.

Sun não percebeu a troca de olhar entre os irmãos. Algo como se Matthew agradecesse Mia. Pelas informações, pela conversa, pelo apoio. E Mia agradecendo Matthew por estar cuidando da pequena Sun Hee quando ela não pudesse.

- Durma com os anjos, Oppa.

- Só se eu puder dormir aqui. - ele disse com um sorriso. Beijou Sun mais uma vez. - Durma bem, Babe. - quando ele saiu e Sun fechou a porta, suspirou tão alto que pensou ter acordado Astra, mas ela apenas se mexeu na cama e voltou a roncar.

Ia começar a detalhar a história para Mia quando foi empurrada para debaixo do chuveiro quentinho. Matthew havia deixado Sun na chuva, agora Mia precisava colocá-la para se esquentar.

Depois do banho, Mia ficou noite a dentro ouvindo os suspiros de Sun pelo irmão. Era fofo. Sun Hee finalmente conseguiu dormir depois das três horas da manhã, mas Mia continuou acordada, lendo mensagens apaixonadas do irmão. Dizia o quanto Sun era bela, divertida, falante, simpática. 

No fim das contas, Sun e Matthew já estavam dormindo, mas Mia continuou acordada até quase 5 da manhã imaginando ter um romance tão belo quanto seus pequenos gafanhotos estavam tento.

Obviamente acordou como um zumbi na manhã seguinte. Quando encontrou Ricky, já acompanhada de Morgan e um café expresso do Starbucks para cada - as piadas idiotas começaram.

- Nossa! Estou em The Walking Dead? - ele disse rindo enquanto entrava na sala de história com as meninas.

- Poderíamos estar em Supernatural. Quem sabe os Winchester matavam você? - Morgan provocou indo para o fundo da sala, onde poderia tomar seu café sem encheção de saco da professora.

Ricky revirou os olhos. As aulas entediantes da manhã seguiram. Astra tirou dez na prova de Geografia, Mia começou a fazer as contas para a média de química, Ricky só tirou notas altas provocando as professoras o máximo possível. Nada fora do normal.

Na hora do almoço a sala do jornal estava superlotada. Os ingressos para festa de Halloween estavam indo como água naquela tarde, talvez porque só faltavam dois únicos dias para festa.

- O que está pensando em vestir? Para festa? - Morgan perguntou para Ricky que pegava uma caixa cheia de convites. 

Sendo melhor amigo da vida de Mia, ele tinha esse carma benéfico, era parte importante de cada serviço no jornal mesmo que "não participasse" do mesmo. Ele havia sido convidado a entregar os convites com Morgan e Mia.

- Acho que não vou. Estou meio doente, se continuar assim nem vale a pena ir. - Ricky disse tentando parecer convincente. Na verdade Ricky não poderia aparecer na festa. Lucky seria responsável pelas fotos, só um poderia ir e obviamente o escolhido foi Lucky. Era sua responsabilidade e ele cumpriria.

- Você quem sabe, Richard. - ela disse voltando a entregar os convites para os animaizinhos ali presentes. 

Apenas as vozes dos alunos de fora puderam ser ouvidos por um longo tempo. Mia, Morgan e Ricky só diziam coisas como: "Quantos você deseja?", "Aqui está" e "Só um minutinho, por favor", foi quando alguém apareceu correndo, parando na janela da sala.

- Elas estão aqui! Elas chegaram! - Ashley saltitava.

- Elas quem? - Mia perguntou.

- XG. - Astra apareceu junto a menina loira. - E não estão sozinhas.

Não houve um único aluno que não correu. Talvez Kyung, que procurava pela irmã. Nas últimas semanas, eles não haviam se falado e ele se sentia mal por isso. Mas Sun já estava nos portões da escola. 

De cavalinho em Matthew, tentava enxergar as meninas que estavam saindo do ônibus de turnê admiradas com a escola.

Astra gostava muito da XG, era verdade. Sempre fora apaixonada pelo som das meninas, mas se tivesse que escolher entre elas ou os acompanhantes das meninas não pensaria um segundo. Era literalmente apaixonada pelos meninos da Pizzaclub. Junior era o garoto que ela havia pedido a Deus.

- Junior! Junior! - ela gritava tento pequenos ataques cardíacos. 

- Você deve gostar só um pouco do Pizzaclub... - Pablo comentou rindo.

- Eu sou louca por esses meninos, Pablo! Eu poderia me mudar pra Russia se isso fosse me proporcionar uma tarde com eles.

- Bom saber. - Junior disse se aproximando da grade. - Estou precisando de companhia para a turnê da Europa. - brincou pegando o pôster que Astra segurava enquanto a garota babava. - Qual é o seu nome?

- Astra. - disse apaixonada.

- Espero te ver na festa, Astra. - disse devolvendo o pôster a Astra.

Ricky, Morgan e Mia estavam no fim do corredor de alunos, ansiosos para ver de perto a banda. Matthew se aproveitou e caminhou com Sun nas costas até a irmã.

- Olá!  - Lissa se aproximou empolgada. - Ai meu santo Yoongi! Você é coreana? - ela perguntou á Sun Hee. - Nossa, você é linda!

- Meu Deus, Lissa! É um prazer te conhecer.

- Tá, tá. É um prazer para todo mundo! Podemos entrar? Sou Amelie, co-editora e redatora chefe do blog do colégio. Prontas para a entrevista das suas vidas? 

As meninas riram e entraram, acompanhando Mia e sua gangue. Todos ali tinham um mesmo pensamento: Aquela seria a melhor festa da vida.


Notas Finais


* - A letra é de uma música original minha que eu emprestei para a fanfic "Diário de Uma Popstar" (de onde partiu a XG e o Pizzaclub. Chama-se "Wake Up Later" e vocês não vão achar na internet, nem um ritmo, então não esperem esse tipo de coisa no Google.

Obrigada por ler! Comente!
Amo vocês!

PS: NÃO ESQUEÇAM DE ACESSAR O TUMBLR, COM UMA THEME NOVA MARAV!
Link: http://aanzoficial.tumblr.com/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...