História Aberto - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi
Tags Drama, Naruhina, Romance, Saino, Sasukarin, Sasusaku
Visualizações 60
Palavras 1.633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente, é esse capitulo o maior martírio da minha vida, então já pedindo desculpas logo agora.
Eu não sabia como abordar de vez ou como fazer a tal "revelação".
Enfim, aproveitem.

Capítulo 11 - Filme de Terror


Ressaca moral, se tinha uma palavra que me representava naquela segunda era essa. Eu tinha feito a maior burrada saindo do apartamento de Sasuke daquele jeito, eu poderia ter agido como uma adulta descente que fui ensinada a ser, porém não sou. Depois que sai correndo daquele apartamento que me toquei e quase peguei aquele elevador outra vez e voltei pra ele pedindo para que fossemos um pouco mais devagar, esperando que ele entendesse. Porém eu não voltei, minha falta de coragem e vergonha não me deixaram voltar.

Porém não foi apenas na segunda, na terça ele também não havia entrado em contato, e eu já estava começando a achar que talvez ele não quisesse mais ver minha cara nem pitada de rosa, o que é irônico já que ele já tinha me visto assim. A culpa estava lá enraizada, talvez não tivesse sido a rejeição e sim como ela aconteceu? Ou talvez eu tenha machucado a masculinidade dele não aceitando? Muitas coisas se passavam pela minha cabeça, mas eu tinha apenas uma certeza, de que eu tenha exagerado na minha reação.

Na quinta de manha, ainda sem noticias, eu já estava prostrada na sala de aula, pensando em um jeito de falar com Sasuke e pedir desculpa, o professor na frente da aula parecia deslocado no meu ponto de vista, ele falava e eu não entendia então meu celular vibrou em cima da mesa me chamando atenção. Não vou mentir, achei que fosse Sasuke facilitando meu trabalho, mas não era.

Tenten: Preciso

Tenten: Falar

Tenten: Com

Tenten: Você

Tenten: URGENTE!!!!

Meu celular começou a vibrar com um louco em cima da mesa, o que fez algumas pessoas me olhares estranho na sala.

 Sakura: Calma! Não precisava disso! Quase comeram meu fígado aqui! O que é?

Tenten: Pessoalmente! Não consigo contar assim.

Sakura: Almoço?

Tenten: Feito.

Essas mensagens não me deixaram apreensiva, já que Tenten sempre foi muito exagerada com alguns assuntos. Na primeira vez que recebia essas mensagens eu pensei que ela estava morrendo, mas ela apenas precisava de ajuda para criar uma nova paleta de cores pastéis, viu? Exagerado. A algumas semanas atrás ela me mandou uma mensagem parecida e ainda não tinha me acostumado com o jeito estranho de se expressar que ela utilizava, e outra vez nada importante, mas ainda sim a inocente caiu como um patinho.

Três horas depois eu estava sentada na costumeira barraca do almoço esperando Tenten, bebia um pouco do suco que pedi para enquanto esperava, se tinha uma coisa que eu sabia sobre Tenten, mesmo pelo pouco tempo de convivência, é que ela era enrolada e se atrasava sempre para os compromissos, então mesmo que eu tenha chegado na hora, eu esperava por pelo menos meia hora. E dito e feito, ela só chegou meia hora depois que as aulas normalmente, mas não estava sozinha. Junto com ela estava um garoto alto de pele clara e cabelos longos e azulados.

- Desculpa o atraso, eu tinha esquecido que também tinha combinado com o Neji. – Tenten fala se sentando na minha frente. – Alias, Sakura esse é o Neji. Neji essa é a Sakura.

- Prazer. – Sorrio e estendo minha mão e ele aperta tímido.

- O prazer é meu, desculpa atrapalhar! – Ele responde.

- Tudo bem! Espero que goste da comida daqui. – Sorrio.

- Enfim, - Tenten fala afobada. – não vim para formalidades, eu descobri da onde eu conheço o tal garoto da medicina.

- É teoria da conspiração?  Você está toda agoniada! – Falei rindo.

- Você vai parar de rir quando ouvir o que eu tenho para te contar. Isso se você já não sabe. – Ela responde.

- Que medo. Fala logo. – Falo franzindo a testa.

- Okay, você estava saindo com ele sabendo quem ele é, não é mesmo? Diz que sim! – Ela fala apreensiva, esperando uma resposta.

- O Deus Grego dos meus sonhos? – Brinco. – Claro que sim Tenten, Sasuke é estudante de medicina.

- Não isso! – Ela fala frustrada.

- Sasuke? Sasuke Uchiha? – O tal Neji se manifesta.

- Sim, conhece ele? – Encaro.

- Claro que conheço, todo mundo conhece ele. – Ele solta uma risada fraca. – O Samara.

- Sim! – Tenten então fica me encarando. – Você sabe que ele é o Samara, né?

- Os amigos chamavam ele assim o tempo todo. – Falo.

- Porque esse é o apelido dele! – Ela fala afobada novamente. – Você conhece a reputação dele, Neji?

- Não só a reputação, como ele também. Minha prima namora o amigo louco dele. – Ele fala bufando.

- Naruto? – Pergunto rindo.

- Sim! Conhece ele também?

- Claro! Sua prima é a Hinata? Vocês realmente se parecem! – Sorrio.

- Agora parem com essa cena que parece de reencontro de parentes! O assunto aqui é sério.

Eu já estava ficando totalmente chateada com aquela agonia toda de Tenten, então já sem paciência e chamei o tia da barraca e fiz meu pedido

- Então, vocês não vão comer não? – Falo sem animo.

- Isso mesmo, come enquanto ainda não sabe o que te espera. – Tenten fala.

- Eu vou te bater! Para de tentar me assustar! - Bato o copo de suco vazio e cima da mesa.

Neji deu um pulo de susto que quebra totalmente o clima de chateação que estava no ar.

- Neji, você está bem? - Falo segurando o riso.

- Neji, você é muito assutado, calma! – Tenten não tenta ter consideração como eu e já está soltando umas gargalhadas.

Esquecemos um pouco sobre o assunto e comemos.

- Da onde vocês se conhecem? – Pergunto.

- Aquela festa que a Ino me chamou do design. – Ela me olhar.

- Você foi? – Pergunto. – Não te vi lá! Se eu soubesse não tinha ficado sozinha!

Se bem que eu não tinha realmente ficado sozinha, diga-se de passagem até sinto falta um pouco daquele dia, o dia que conheci o enigma Sasuke.

- Enfim, eu não vi nem a Ino lá. – Ela responde.

-  Eu fui junto com ela e não vi ela, você não estava realmente esperando ver ela né? Não me surpreende mais ela sumir nessas festas.

- Voltando ao assunto. A quanto tempo você conhece o Samara?

- A gente se conheceu na festa do design também. – Sorrio.

- Então já acabou? – Neji que permanecia quieto responde.

- O que acabou? – Falo confusa.

- Você realmente não sabe? – Tenten me olha triste.

- Eu cansei dessa brincadeira, fala de uma vez antes eu perca de vez a paciência que eu já não tinha, Tenten!

- Tudo bem então. – Ela morte o lábio inferior e encara Neji. – Você não quer contar?

- A amiga é sua! – Ele responde.

- Então você já assistiu O chamado?

- Claro! – E então uma luz vem na minha cabeça e eu solto umas risadas. – A não, mentira! O apelido dele é Samara por causa de um filme de terror meia boca?

- Vai achando graça mesmo.

- Ele se parecia com ela quando era menor? Ele tinha medo dela? – Tento adivinhar o por que daquilo, mas ainda ria.

- Não, Sakura. – Tenten, já parecia desanimada e sem vida. – O apelido dele é Samara porque ele tem um método parecido com o dele, reverso, mas parecido.

- Como assim?

- Samara te liga e avisa que em 7 dias ela ira te buscar, certo? – Neji fala.

- Todo mundo conhece essa história. – Rolo os olhos.

- Sasuke, ele fica com você por 7 dias e te larga. – Tenten então completa.

- Não entendi. – Falo confusa.

- Ele te trata como a rainha da vida dele por 7 dias, te faz se sentir amada, e então uma semana depois é como se nada tivesse acontecido, está entendendo agora? – Tenten fala. – Ele namora, Sakura.

- Isso não faz sentindo! – Arregalo os olhos e encaro os dois na minha frente.

- Normalmente ele avisa primeiro onde a pessoa está se mentendo, não entendo porque ele não fez isso com você. – Neji fala pensativo.

- Mas não é possível! Se ele namorasse não poderia ter feito tudo que ele fez comigo! Eu sou a outra?

-Não é isso. – Tenten fala triste. – Eles tem um relacionamento aberto, todos sabem disso. Menos você, pelo jeito.

- Relacionamento aberto?

- Sim, ele ficam com outras pessoas, mas namoram.

- Para de mentir para mim, Tenten! Não é nem primeiro de abril para você começar com isso hoje.

- Ela está falando a verdade. – Neji suspira.

- Eu não estou me sentindo muito bem. – Falo me levantando.

Pego minha carteira e jogo uma quantia na mesa, coloco minha bolsa nas costas e saio da barraquinha. Atrás de mim eu ouço Tenten me gritando e Neji falando para ela ficar.

- Ela precisa de um tempo. – Foi o que ele falou.

Eu realmente precisava de um tempo. Eu estava tão perplexa que nem percebi as lagrimas caírem como um rio pela minhas bochechas, apenas senti minha blusa começar a ficar úmida. Não podia ser verdade, eu fui traída antes mesmo de começar um relacionamento? Não. Eu fui a traição? Aquela sensação de confusão me pegou desprevenida, não sabia o que eu fui ou o que eu era.

Cheguei no meu apartamento, peguei o celular e vi várias chamadas perdidas de Tenten, além de mensagens, mas ignorei tudo e disquei o numero dele, chamou uma vez, duas vezes, três vezes “Sua chamada está sendo encaminhad...”  desliguei, tentei outra vez, “Esse número encontra-se indisponiv...”.

- Ele desligou o celular? – Falo alto sem acreditar.

Então as palavras de Tenten invadem minha cabeça outra vez  “...então uma semana depois é como se nada tivesse acontecido”, ele realmente me largou como se nada tivesse acontecido?

Me joguei na cama e deixei as lagrimas saírem, extravasei todos aquele sentimentos e então me deixei cair na escuridão do sono. Talvez fosse apenas um pesadelo. Foi o que eu pensei.


Notas Finais


Obrigada gente por continuarem aqui!
Até o proximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...