História About girls and flowers - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, , Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Shikamaru Nara, Temari
Tags Comedia, Sakuino, Shoujo-ai, Yuri
Exibições 53
Palavras 1.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá! Atrasei? Consegui ficar doente de novo, tenho a impressão que meu corpo quer sabotar a minha vida. Enfim, espero que gostem do capítulo, boa leitura.

Capítulo 8 - Sobre muitos erros e uma noite


About girls and flowers

 

Cap.8 – Sobre muitos erros e uma noite

 

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

 

Narrador POV’s on

 

 Era tarde... Tarde demais para desistir, e Ino notou assim que chegaram á rua em que a Haruno morava. A música soava alta, o suficiente para imaginar que logo os vizinhos bateriam na porta, ou quem sabe a polícia. Assim que entraram no prédio, subiram alguns lances de escadas e logo a Haruno entrou no apartamento, ouvindo aplausos e elogios, ela riu acenando aos amigos novos.

 Ino engoliu em seco, se dando conta do que estava fazendo, e nem mesmo sabia o motivo de ter começado com isso. Encarou Hinata, que ao contrário do que imaginava, parecia gostar da ideia. A Hyuuga seguiu para a cozinha americana, aceitando um drink de um garoto moreno que sorriu em sua direção.

- Hinata?!- Ino bradou completamente incrédula.

- O que? Já estamos aqui mesmo... – Hinata deu de ombros .

 O xingamento da Yamanaka foi abafado pelo refrão de “animals” de maroon5. Espremeu-se pela multidão, tentando encontrar algum local vazio o suficiente para que pudesse pegar seu celular, e quem sabe chamar ajuda de Chouji ou Shikamaru. Esquivou-se de um casal animado e correu para a varanda, enquanto discava alguém puxou o celular de sua mão. Virou-se irritada encarando Sakura, que facilmente desviou das tentativas da loira de conseguir o celular de volta.

- Foi uma ideia ruim! – Disse Ino, o mais alto que podia, tentando ser ouvida.

- Eu sei! – Sakura riu. – Vai se divertir, é uma festa! – Provocou.

- É, talvez eu vá! – Disse Ino, não gostando do tom sarcástico da outra. Tomou o copo de suas mãos e o virou em um gole, sob o olhar atento e impressionado de Sakura.

- Pega leve, esse treco é forte, foi o Hidan que trouxe. – Sorriu Sakura.- Tem certeza disso? Quer saber, deixa pra lá... Posso te levar para casa – Sakura a encarou preocupada assim que a loira roubou o copo de Hinata e o terminou em um gole.

- Caramba! – A Hyuuga encarou Ino assustada. – O que está fazendo? – Hinata sorriu nervosa.

- Me divertindo! – Disse indo em direção ao aglomerado de jovens que dançavam animadamente, logo se juntando a eles.

 

 As músicas seguiam altas, horas e horas se passavam, Ino dançava e ria com os outros, tão animados quanto ela. Sakura vez ou outra a procurava, preocupada com a loira. Depois de muitas cervejas e possíveis drogas que alguns usavam, se tornou insuportável para a Haruno continuar na agitação, precisou correr para a varanda, em busca de ar. Sentou-se no chão buscando um pouco de ar limpo, suspirando ao finalmente notar que estava com dor de cabeça. A música alta, por alguns segundos, a incomodou.

 Podia ver seus vizinhos pela sacada, estavam reclamando com um policial em uma viatura, provavelmente sobre o barulho. Sorriu de canto, imaginando o quanto lhe odiavam. Em sua primeira semana no prédio já tinha inimigos, estava estabelecendo um novo recorde.

- Sakura! – Hinata apareceu na varanda, sorridente e corada, segurando em Naruto como um apoio para se manter de pé. Bêbada, a rosada deduziu.

- Hey, ele não é o seu namorado? – Sakura sorriu, Naruto riu assentindo. – Ele veio na festa sozinho Hina, acho que ele queria te trair. –Sakura sorriu, imaginava que a Hyuuga ficaria irritada ao vê-lo ali, mas parecia não se importar.

- Eu já briguei muito com ele hoje! – Hinata disse, se enrolando com as palavras. – Mas olha só esse idiota! Ele é tão fofo que... Isso ai é alcóolico? – Hinata parou sua linha de raciocínio encarando uma garrafa de vodka no canto da varanda. – Nossa... Você não devia beber isso, é muito forte, eu vou beber por você, daí a gente se livra disso. –ela sorriu indo na direção da garrafa, quando Naruto a puxou sob risos. – Eii! Me deixa...

-Acho que já chega de bebida por hoje, certo? Vamos entrar! Até depois Sakura. –disse Naruto tentando levar a Hyuuga para a sala novamente.

 

De repente a gritaria na sala aumentou e Sakura estranhou, voltando para dentro em busca da nova diversão da festa, foi quando avistou a Yamanaka dançando em cima de seu sofá, se despindo sob os incentivos da plateia de bêbados, e outros apenas pervertidos.

-E-Espera! – Sakura correu o máximo que pôde, atropelando a multidão á tempo de impedir Ino de tirar o sutiã no meio de sua sala. – Ino! Acho que você precisa de um descanso. –Sorriu nervosa segurando a Yamanaka que a encarava parecendo achar graça até da respiração de Sakura.

- Não seja estraga prazeres! – Hidan gritou iniciando vaias. – Deixa a garota se divertir. –ele sorriu.

- Não se ela for se arrepender depois. –disse a Haruno, puxando Ino para longe da multidão. Passaram pelo corredor sob os protestos sem sentido da loira, até enfim chegarem ao quarto da Haruno, ambas entraram e Sakura trancou a porta novamente.

 

Ino tropeçou nos próprios pés e caiu na cama macia, rindo alto.

- Caramba, o quanto você bebeu? – Sakura riu nervosa. Como ia explicar isso aos pais dela? Péssima ideia.

- Não seja chataaa! – Ino reclamou, fazendo bico, se encolhendo na cama. – Ei... Cadê a minha blusa? – perguntou encarando a Haruno.

- Você a tirou, lá na sala. –disse Sakura, simples, sentando-se na beira da cama, cansada, pela primeira vez desejando que a festa terminasse logo. – Você sabe mesmo se divertir. –Sakura riu a encarando, logo fechando sua expressão ao notar que Ino começava a chorar. – O que foi? Está passando mal? – Perguntou preocupada.

- Eu sou uma idiota... – Ino disse, sentando-se na cama, com dificuldade.

- Bem, sim...  Mas do que exatamente estamos falando? – Sorriu Sakura colocando uma mecha do cabelo loiro atrás da orelha de Ino.

- É a primeira vez que eu saio para fazer algo que não sou obrigada... E eu me sinto uma idiota... – Ela choramingou. – Só o que eu faço é estudar e ser um exemplo de filha perfeita... Mas pra quê? O que eu faço depois? Depois da faculdade de gente metida? O que eu faço depois do emprego chato? Eu não sei... –Se jogou na cama chorando, encolhendo-se. – E ainda fui uma idiota com você, e eu não sei por que... Por que será? – Encarou Sakura.

- Você não é idiota... Só está garantindo alguma coisa no futuro. A única coisa que você esqueceu é de fazer algo para você no presente também. – Sorriu. Quando voltou a encarar Ino notou que ela estava  dormindo. Riu baixo ajeitando o corpo da garota debaixo dos edredons.

 Notou que a música abaixara. Saiu do quarto calmamente, notando todos quietos encarando um oficial na porta. Sorriu, enfim estava livre daquela festa. Aceitou sua multa educadamente e logo expulsou todos de sua casa, que agora mais parecia o cenário de uma guerra. 

 Se jogou no sofá, livrando-se dos copos descartáveis com chutes, desligando o estéreo com o controle, logo tirando seu celular do bolso, pronta para mandar uma mensagem para sua tia, perguntando de sua viajem, mas foi interrompida por uma ligação.

 

- Alô? – perguntou educadamente.

- Sakura-chan, você tem notícias da Ino? Estou preocupada... A Hinata veio dormir aqui hoje, mas não acho as duas, saíram sem avisar e eu não sei o que fazer... Nenhuma delas responde e- Sakura a interrompeu.

- Ah, sim, me desculpe Srª Yamanaka. Eu liguei para a Ino mais cedo, estava passando mal e não sabia o que fazer, sabe, sou nova aqui e não conheço muita gente. As duas vieram me ajudar com a febre. Desculpe se causei algum incômodo. – Disse Sakura, fingindo uma tosse entre frases.

- Graças á Deus... Está melhor? Posso levar alguns remédios caseiros... Diga á Ino que quero ela em casa até a hora do almoço. Até mais. – Disse desligando.

Sakura riu.

Encarou as horas em seu celular... Três e meia da manhã. Era hora de dormir. Buscou um cobertor em seu quarto, voltando ao sofá, casualmente se deitando ali e dormindo rapidamente.

 


Notas Finais


Espero que estejam gostando da fic! Vejo vocês no próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...