História Abyss - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 8
Palavras 340
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Abyss - capítulo único


Fanfic / Fanfiction Abyss - Capítulo 1 - Abyss - capítulo único

Aconteceu o que eu nunca imaginei...Porque comigo?! Eu só queria sentir o que tanto era bom segundo eles! Eu cai e agora vou ter que acabar com tudo que demorei tanto pra achar! Eu cai...perdi tudo! Não tenho coração, e estou sangrando por dentro. Estou me quebrando por fora. A dor é horrível. o que eu podia fazer?! Minha alma esta pedindo por ajuda, assim como eu. Estão esmagando meu coração e destruindo meus pulmões. a escuridão é a melhor companheira que posso ter no momento. Meus olhos só enxergam o sofrimento, e eu não sinto mais o chão. Estou caindo na dor eterna, tudo pelo amor que senti, e que agora foi arrancado de meu peito pelas minhas próprias mãos. O sangue quente escorre pelos meu lábios, indo de encontro com o chão gelado no qual caí. Os olhos famintos que me olham pedindo por um coração que ja não existe mais. Eu caí pelo amor que eu acreditei ser verdadeiro, e me deixei levar pelas palavras doces que minha alma tanto pedia e meu coração tanto clamava para ouvir. Agora tudo não passa de ilusões que me levaram a loucura e a abstinência que eu tanto alimentei. sou um corpo vazio num mar de confusão e dor. sou apenas mais uma que foi enganada pelos próprios sentimentos que só me levaram para o abismo que estava no meu interior.
sou carne, osso, pele, e sofrimento.

Me ajude a subir para a superfície desse mar de escuridão que me puxa para o fundo cada vez mais. onde estão meus olhos? Eu não vejo mais nada. apenas sinto, sinto seu toque, mas não é você. minha consciência esta dizendo adeus. Estou tomada por algo que eu não consigo distinguir. Me ajude a nadar. meu braços me traem e minhas pernas não se movem. estou me entregando cada vez mais.

Agora sou pó...

Agora sou nada...

Agora sou apenas mais uma alma que o amor enganou, para jogar nesse mar infinito ao qual me entreguei, e ao qual agora sou parte...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...