História Academia das Sombras - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Magia, Romance
Visualizações 6
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii galerinha, não faz nem 5 horas que postei o último capítulo, que foi o primeiro.
Mais infelizmente havia muitos erros ortográficos no primeiro capítulo, por conta do corretor do celular, que mais atrapalha do que corrigi.
Sorryyy plizzz vou prestar mais atenção nas escritas e quando acabar revisar, para que esse erro n se repita, afinal não a pode confiar na tecnologia não é? Ksksks
Bom eu disse que faria uma continuação se, e só se vocês pedissem, mais eu nem dei tempo, então esse fica de brinde
Além disso algumas amigas viram e gostaram muito dá história e pediram continuação. E antes que eu me esqueça queria agradecer a ~Wwwxz ou também conhecida por ally, que foi a primeira a ver a história e favoritou, muito obrigada você levantou meu humor!! Essa continuação é especialmente para você (e para minhas amiguinhas loukinhas pra ver a continuação)
aliás atenção com esse Cap tá eu sei que a classificação é 18+ mais eu achei melhor avisar que esse Cap vai ter linguagem imprópria (falando isso pq algumas crianças acabam indo olhar coisas de adultos sem saber oque é ou oque vai acontecer, então vou avisar quando tiver alguma coisa imprópria nos Cap)

Ok ok ok chega de papo furado que eu sei que to entediando vocês, aproveitem mores!!! Espero que gostem ^-^

Capítulo 2 - Com o poder dos ancestrais


      LEIAM AS NOTAS DO AUTOR!!!


Abri meus olhos após um minuto sem sentir a dor ardente do fogo em minha pele, cheguei a estranhar e por um momento pensei que estava morta, quando olhei para frente ainda estava com a mão erguida sob as chamas, como se mandasse elas pararem.

Saltei para trás com um pulo que fez meu coração sair pela boca, olhei para as chamas, petrificada, as chamas que estavam prestes a me engolir a um minuto atrás, agora estavam paradas e me surpreendi ainda mais quando movimentos a mão e elas seguiram minha mão, como se eu as controlassem.

--- MAIS QUE MERDA É ESSA??!!

O som de minha voz ecoou em todo o campo queimado.

Decidi testar minha hipótese levando minha mão para a direita, as chamas a seguiram como servos obedecendo a seu senhor. Decidi fechar a  mão e ver oque acontecia, a medida que eu fechava devagar as chamas iam se apagando. Assim sem mais nem menos. Fiquei confusa por alguns momentos e logo olhei para trás. Vendo a égua deitada ao chão, gritando de dor e sangrando descontroladamente.

Derrepente um instinto surgiu em mim, e eu sabia exatamente oque fazer, mais antes de faze-lo eu olhei ao longe e avistei minha tia correndo desesperadamente até mim, aos berros.

--- Merda, será que ela viu oque eu fiz com o fogo?! --- pensei em voz alta.

mais agora não havia tempo para se preucupar com isso, precisa ajudar a égua antes que fosse tarde demais para fazer qualquer coisa.

Me aproximei da égua e pairei minha mão a centímetros das costas dela, sem toca-la, pois seus olhos já diziam que ela estava sofrendo o suficiente e não queria ser tocada. Respeitei e não toquei nela.

Derepente comecei a falar coisas que eu não fazia ideia de onde tinham vindo ou oque ela significavam, mais segui meu instinto ao pé da letra. Literalmente.

---Sana nostri plagas, salvum facere vitae.

Falei com convicção, quase gritando as palavras.

---Sanitatem, praesidium, praevalebunt!!

Comecei a gritar as palavras e senti algo dentro de mim. Algo poderoso. Gritei a última frase, quase chorando.

---APUD IMPERIUM MAIORUM, SANA ME VOBIS!!!

Gritei tão alto que acho que o país todo ouviu.

--- SANA ME VOBIS!!!!! 

Quando falei as últimas palavras um poder inimaginável entrou em contato com o meu corpo. O poder estava se apossando de meu corpo. Derrepente meus pés saíram do chão, eu comecei a flutuar e pensar.

Mais que merda é essa?

Em um piscar de olhos eu não conseguia mais pensar em nada. Ergui meus braços para o céu nublado e relâmpagos tiveram conexão direta com meu corpo. E por incrível que pareça não estava doendo, mesmo que algumas lágrimas rolassem pelo meu rosto. Eu me sentia ficando mais forte, como se eu estivesse canalizando o poder dos relâmpagos e ficando mais poderosa. E foi ai que percebi, o poder não estava se apossando de meu corpo. meu corpo estava se apossando do poder.

Ter essa ideia na cabeça me aterrorizava a cada segundo. Mais por outro lado eu gostava do poder, me sentia divertida.

Derrepente caí no chão, tonta e abalada, mais eu não estava nem aí para mim, corri até a égua e olhei suas costas. Completamente curadas, não havia nem um arranhão, como isso era possível??! 

Acariciava a égua quando senti algo escorrendo pelo meu rosto. achei que fosse mais uma última lágrima caindo pelo meu rosto mais quando fui limpar minha camisa branca se sujou, mais aquilo n era água, era sangue!

Derrepente eu fiquei ainda mais tonta do que já estava, talvez a ideia de saber que eu estava sangrando pelos olhos tenham ajudado a me abalar ainda mais, eu estáva cansada e perdendo o foco. Derrepente tudo ficou escuro. Demorei alguns segundos para perceber oque havia acontecido. Eu havia desmaiado.



Notas Finais


Tradução para vocês mores:

Sana nostri plagas: curar nossas feridas

Salvum facere vitae: salvar vidas

Sanitatem: cura

Praesidium: proteção

Praevalebunt: prevalecer

Apud imperium maiorum: no controle de nossos antepassados

Sana me vobis: eu te curar.

Sou caidinha por um latim e vou usar muito ele por que o latim é a língua mais usadas pelas bruxas.

Bom mores até o próximo anciosos pelo oque vai acontecer? Amanhã chego com outro capítulo! No máximo depois de amanhã

Tchauuuu moreeees!!!!! :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...