História Academia de sonhos - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Greater Dog, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Exibições 79
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


fic bem fofis

Capítulo 4 - Compras e mudança


Fanfic / Fanfiction Academia de sonhos - Capítulo 4 - Compras e mudança

FRISK ON 

Nos estávamos andando pelos corredores até chegarmos a saída onde era replerta por guardas

- sans nos podemos sair mesmo daqui?

- não 

- VOCÊ TEM DEMÊNCIA?! COMO QUE NOIS VAi COMPRAR O VESTIDO? - ele da uma leve risada e me pega pela mão 

- uma vantagem de estudar aqui tanto tempo e que você arranjar alguns contatos 

- como? - ele olha para os lados como se certificasse que ninguém estava por perto

- como o dos guardas - ele me puxa pela minha mão e vai em direção aos guardas que abrem automaticamente o portão que por sinal era gigante 

Fomos em várias lojas magníficas com vestidos lindos, sans disse que eu poderia escolher qualquer um, nos entramos em uma loja muito linda e grande e começamos a procurar um vestido, ele procurava o mais bonito e eu o mais barato

- então qual a roupa que a gente vai ter que usar

- os garotos vão te usar blazer e as garotas vestidos longos de gala - reviro

- para que vestido longo? tenho essas perna toda trabalhada na gostosura aqui para mostrar mesmo - ele ri e fica pensativo

- frisk você não achava meio Solitário morar no orfanato?

- não muito...Até porque eu dividia o quarto com tipo umas 20 crianças....e tinha minha irmã chara

- pera a garota com a maior nota do teste e sua irmã?!

- sim

- porra diz para ela me dar umas aulinhas - puxo a gola da camisa dele para ele me encarar

- sei bem que aulinhas são essas

- o que é ta com ciúmes?

- não - ficamos em silêncio só procurando um vestido

- bem se quiser eu posso comprar esse vestido para ela - ele mostra um vestido vermelho sangue com muito brilho e um decote bem grande 

- ele é lindo *-*!

- então só falta o seu

- pra ser mais rápido você procura desse lado que eu vou no segundo andar

- de boas - Quando cheguei no segundo andar me deparei no canto da parede com vestido mais lindo que eu já tinha visto (capa)na minha vida ele era totalmente branco com as pontas pretas, seu tomara que caia era cheio de brilhantes

- ele é do meu tamanho! meu deus isso só pode ser uma miragem - pego o vestido com delicadeza e vejo o preço...10.000 - SANGUE DE CRISTO TEM PODER! - eu ia colocando o vestido de volta quando do nada VEM O FILHO DO CAPRETA MORDE MINHA ORELHA - NYAAAA

- ei escandalosa! - sans me abraça por trás o que me faz corar um pouco 

-  achei que era um estuprador desgraça!

- esse vestido e magnífico!

- e...!

- vamos levar? - ele fala ainda abraçado comigo

- não! - ele paresse confuso

- ue porque? - ele me solta e me vira pra sua frente

- eu sou não posso...

- porque?? - eu abaixo o cabeça e respiro fundo 

- porque eu nunca vou pagar eles! - ele me impressa na parede como da primeira vez que a gente se viu e me dá um beijo que me deixa completamente corada

- e meu presente de.....boas vindas - ele passa a mão por minhas bochechas quentes 

- qual o beijo ou os vestidos - ele chega bem perto meu ouvido 

- os dois - depois Já compramos os vestidos Voltamos para escola onde tava acontecendo maior fuzuê, era pessoa correndo com Mala pessoa correndo com vestido

- o que caralho ta acontecendo - sans pergunta com uma cara de poker face

- vocês não souberam? parece que os dormitórios agora vão ser de menino e menina já que entraram tantas pessoas que os dormitórios individuais não vão ser o bastante - fala uma menina com uma franja que cobria seu olho esquerdo e uma curpo de dar inveja - prazer, metatton, mas pode me chamar de metta - ela mostra a mão e eu a aperto - se vocês quiserem saber quem vai ficar no quarto de quem é só olhar a lista que tá no salão principal eu fiquei com um chamado papyrus 

- Meu irmão! - nos duas olhamos para ele - e melhor você cuidar bem dele ouviu 

- bora logo olhar o troço sans - pego ele pela mão e vou puxando - quando chegamos no salão principal tinha tipo uns 200 pirralhos olhando telão de led com os nomes

- eai já achou o seu - perguntei

- sim - eu ingoli o seco tudo o que eu menos queria que ele ficasse com muffet (AI MEU DEUS EU TO COM CIÚMES!?)

- Então?

- diga oi para o seu novo colega de quarto - ele me abraça com vontade e eu pude até sentir seu cheiro, o cheiro de sabonete caseiro

- aí meu deus eu vou ter que tua cara todo dia - falei brincando e revirando o olho 

- eu sei que ama 

- o que é aquela fila 

- sei lá - então que nem dois curioso entramos ba fila só pra saber o que era

- Vão querer que sabor 

- vocês tão vendendo comida? - pegunta sans

- na verdade é camisinha mesmo 

- O QUEEEEEEEE? - pergunto quase desmaiando 

- ok então me de 5  de morango... - sans fala pegando dinheiro na carteira 

- SANS!

- que foi não gosta de morango? - ele fala com uma cara maliciosa 

- aí que vergonha sans!!!

- então vai pro quarto e me espera lá - ela sussurra pagando a sua compra

- SANS SEU TARADO

                     CONTINUA...



Notas Finais


eu quero morder ele*-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...