História Academia Mágica Fairy Tail - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Brandish μ, Carla (Charle), Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gildartz, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Mystogan, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Pantherlily, Rogue Cheney, Sting Eucliffe, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria
Tags Fairy Tail, Magia, Nalu, Romance
Visualizações 82
Palavras 1.275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


p o x a c r u s h
oi meus pão de mel, turubom?
eu to trazendo mais uma fanfic sendo que tenho mais umas 3848 pra terminar ainda no wattpad e aqui no spirit também, alias vão lá ler Hey Nerd depois daqui rs (é nalu tbm só que n tem magia)

Capítulo 1 - Partida


Era apenas mais um dia normal na vida de Lucy, uma garota alegre e de longos – e belíssimos – cabelos dourados, vivia em uma mansão que mais parecia um castelo e ela fosse a princesa. Seu pai Jude Heartfilia, sempre cuidou muito bem para que a loira não fosse infeliz como no ano da morte de sua irmã mais velha, Michele.

A loira chegou dentro da sala principal como um furacão, perto do lago onde sempre treinou com seus espíritos acabou achando uma chave de prata brilhando em uma rocha, porem aquilo fora nada menos que uma armadilha feita por sua mãe, que também é uma maga celestial.

As duas eram incrivelmente parecidas, para Jude ter as duas em sua vida era como um sonho. Ele não queria mais nada, apenas ter certeza que as duas estavam felizes e que poderiam viver como queriam.

- Pai, a mamãe fez aquilo de novo! – gritou Lucy de um jeito histérico ao entrar no escritório do pai.

- Lucy, não entre assim em meu escritório. – falou o mais velho de um jeito calmo e rindo da aparência da filha. – Você sabe como sua mãe é, apenas quer ver como esta o seu treinamento. – falou rindo mais ainda por ter deixado Lucy ainda mais brava.

- Ate você esta contra mim pai. – ficou emburrada, porem logo começou a rir também.

Era sempre assim na vida de Lucy, tinha uma família feliz e animada, nunca lhe faltou nada a não ser sua querida irmã mais velha. Jude é o único da família que não quer usar magia e nem mesmo se interessa.

Lucy ao sair do escritório do pai foi ao seu quarto, retirou suas roupas e foi tomar um banho. Ao terminar seu amado banho viu que uma das suas chaves douradas brilhavam fortemente, colocou suas roupas rapidamente e invocou Loki, o espírito de Leão.

- Lucy minha querida eu achei uma academia perfeita para você! – falou Loki enquanto ajeitava seus óculos e mostrou o panfleto para a sua dona.

- Obrigada Loki, e você sabe muito bem que pode atravessar o portal por si só. – falou mostrando sua língua em seguida.

- Queria que eu te visse nua? – perguntou sorrindo malicioso.

- O-o que? Claro que não seu idiota! – gritou corando forte e fechou o portão de Loki.

Deu uma suspirada funda e se jogou na cama, essa seria a primeira academia que tentaria entrar, sempre treinou com sua mãe que é uma maga incrível, quando a mesma deu suas únicas três chaves douradas a filha para que a mesma “herdasse” sua magia, assim as duas foram treinando arduamente ate que Lucy encontrasse uma academia que ela gostasse.

Lucy se levantou e foi contar suas chaves, tinha dez chaves douradas e mais oito prateadas, devido ao fato de ter uma certa amizade com o rei dos espíritos celestiais o mesmo criou uma chave própria para a mesma de cor branca com umas estrelas em dourado, usar essa chave drenava totalmente a magia de Lucy, deixando-a sem usar magia por no mínimo três dias.

Abriu a porta de seu quarto e foi ate a sala de jantar, estava na hora do almoço ela pressentia isso. Ao chegar perto da mesa sentiu o cheiro de sua comida favorita, tinha realmente acertado que era a hora de descer.

Viu que seu pai e sua mãe já estava sentados comendo e conversando, os acompanhou e tentava em seus pensamentos formar um jeito de falar sobre a academia de magia que Loki havia encontrado para ela.

Quando todos terminaram de comer, Lucy respirou fundo arrancando olhares curiosos de seus pais.

- Mãe, pai eu preciso falar uma coisa com vocês. – chamou mais atenção de seus progenitores. – Como vocês sabem, desde que recebi as três chaves de você, mãe, eu venho procurando uma academia de magia que eu goste. E eu encontrei. – nesta frase Jude e Layla se assustam.

- Como assim minha querida? – perguntou confusa, Layla.

- A academia se chama Fairy Tail, eu soube que é uma ótima academia e vários magos poderosos de hoje em dia estudaram lá. – falou rapidamente.

- Sim querida, entendemos. Mas você sabe que se for estudar lá terá que sair de Crocus, não é? – a loira assentiu. – Eu não me importo de você ir, esperou desde seus nove anos para entrar em uma academia e eu sei o quanto esta forte. – falou seu pai e Lucy ficou animada.

- Sim, minha Lucy, não nos importamos, sabemos o quanto isso é importante para você. – falou Layla sorrindo.

Os dois sabiam muito bem que o destino de Lucy era estudar na Fairy Tail, a mesma sempre demonstrou interesse em ir para aquela academia quando foram visitar Magnoia pela primeira vez quando tinha seus treze anos.

Lucy estava tão animada por seus pais terem permitido a sua ida à Fairy Tail que ate mesmo arrumou a mesa e lavou a louça para poupar o trabalho de suas empregadas, se bem que não seria a primeira vez que a mesma fazia aquilo.

Foi para seu quarto e começou a arrumar as suas malas, estava sendo um tanto rápida porem o quanto antes chegar em Magnolia melhor seria para se adaptar. Logo no dia seguinte Lucy iria para Magnolia, porem partiria pela noite já que tinha que aproveitar o dia com seus pais.

O dia passou rápido para Lucy, logo estava na hora que a loira teria que ir dormir, passou o resto do dia com seu pai conversando sobre seus livros e escritores favoritos.

Ao amanhecer Lucy foi acordada por Layla abrindo as cortinas do quarto da mesma a fazendo resmungar desaprovando o ato de sua mãe.

- Poxa mãe deixa eu dormir mais cinco minutos, quem sabe mais três horas. – falou rindo.

- Que cinco minutos o que, vai levantar agora, eu e seu pai queremos aproveitar o máximo com você. – falou.

Logo Lucy pulou da cama indo ao banheiro, já havia se esquecido de sua partida para Magnolia. Colocou um vestido e calçou seus chinelos, foi tomar seu café da manhã e saiu com seus pais para um parque.

Lucy sempre morou em Crocus e ainda se enchia de brilho dos olhos quando via as flores do parque brilhando, os vendedores fazendo magia para entreter o povo, tudo isso ainda fazia com que Lucy tivesse ainda mais brilho em seus olhos.

Os Heartfilia havia passado o dia fora e ao chegar a noite os três ficaram tristes, a partida da filha seria algo muito impactante, assim como para os progenitores, como para os funcionários da mansão que viram Lucy crescer e que se entretinham com os momentos atrapalhados da loira.

Lucy pegou suas malas e seu molho de chaves – junto de seu chicote – e desceu pelas escadas de sua casa, no caminho ia se despedindo de seus empregados, mas que também eram seus fieis amigos.

Ao sair de sua casa a olhou pela ultima vez, apesar de saber que visitaria seus pais algumas vezes, ela sentia que não os veria mais.

Seus pais a levaram ate a estação e com isso foi se ouvido muito o choro de Layla  Lucy, as duas sentiriam falta de quando a mais velha pregava peças em Lucy e Jude de receber uma Lucy ensopada em seu escritório.

Se despediram antes que o trem partisse sem a loira, Lucy estava triste, porem animada por ir pela primeira vez a uma academia de magia.

- Fairy Tail que me espere! – sussurrou Lucy ao olhar para a janela do trem.

Foi nesse momento em que Lucy ouviu gritos de uma garota ruiva, dois garotos se abraçando dizendo que eram melhores amigos e também um gato azul.


Notas Finais


eu amo vcs meus xuxus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...