História Academia Sobrenatural - Capítulo 19


Escrita por: ~

Exibições 52
Palavras 1.208
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Herege nada paciente


O pensamento da Katherine naquele momento ? Ela poderia matar a Isabelle, voltar pra a Hydraulic e compelling o Damon dizendo que ela se mudou pro Alasca e caso se e esta feliz, mas ela não seria capaz de matar ela ja que da primeira vez deu errado. 

- O que vocês querer ? - Isabelle estava abaixada.

- Nos nada, confesso que se fosse por mim nem estaria aqui, mas os que me rodeiam so fazem idiotice então aqui estamos nos. - Isabelle se levanta e vai ate a Katherine em forma de ataque, mas Max a segura. 

- Você não vai querer tomar meu sangue va por mim.

- Me solta. - Ela começa a se debater. 

- Você sabe o que você é ? - Demi se aproxima dela.

- Um bicho que toma sangue, não sei direito. 

- Você é uma vampira. - Ela se aquietou.  - E você sabe o que acontece quando um vampiro chega perto do sol.

- Katherine fez um movimento com as mãos que abriu todas as janelas.

- Nãoooo... Me solta.

- Calma, so queremos ajudar.  - Max ainda a segurava.

- Eles sim eu nem tanto.

- Katherine!

- O que ? Apenas estou sendo sincera e nada mas. - Max a solta.

- Ta... Como eu virei isso... É vampiro ?

- Vampira no caso.  - Demi revira os olhos.

- Você não lembra ? - Katherine deu uma leve levantada na sobrancelha.

- Não... Sim, sim eu lembro você me atacou ai depois eu me lembro dele me dando sangue e depois eu acordei e aqui estou cheia de sangue. 

- Resumiu bem.

- Vocês dois são vampiros ?

- Esse loiro te deixa lenta em. - Max deu um sorriso sarcástico.

- Você também é uma ? - Ela se vira pra a Demi. 

- Não.

- Existe mas de nos ?

- Ja ta se sentindo parte da família é querida ?

- Eu so queria saber ja sou uma ?

- Sim existe sim, Hydraulic esta cheia. - Katherine escuta barulho de sirenes de polícia e bombeiros. - Precisamos ir.

- Mas não posso sair no sol esqueceu ?

- Demi mim da um anel.  - Katherine estende a mão pra ela.

- Não, porque os meus ? Max tem dois.

- Demi só pedindo um anel e não sua alma.

- Ok! - Demi revirou os olhos e tirou um anel em formato de cobra e os olhos da cobra tinha dois mini diamantes.

- Obrigada.  - Katherine foi ate a janela pega um pouco de sol. 

- O que ela vai fazer ? - Isabelle tentava ver.

- Vai fazer um anel do sol pra você, então você vai poder sair no sol sem vira churrasco.

- Eu posso fazer isso ? Um anel ?

- Não. - Katherine volta.  - Aqui e não faz eu mim arrepender por ter ti dado esse anel. 

- Digo o mesmo.  - Demi passou por ela. - Katherine e esses corpos ?

- Peguem todos e coloquem naquela sala. - E assim eles fizeram. 

- E agora ?

- Você volta naquela sala e pega algumas bolsas de sangue, umas dez e saia daqui, peque o carro e nos espere bem longe daqui. - Demi assentiu e sair correndo. - Max.

- Manda.

- Fecha as entradas em todos os lados ate esse andar. 

- Ok! - Max saiu rapidamente. 

- E eu ?

- Você cala a boca e deixa o resto comigo.

- Certo. 

- Incendia! - Os corpos começam a pegar fogo.

- O-Oh eu posso fazer isso ?

- Não. - Katherine da um passo em direção as chamas e fecha os olhos. - Ex Spiritum Intaculun, In Terrum Icenduim, Fes Matos Salvins Adisdum!

- Porque você fez isso ?

- Garota, fala a boca se não esse anel não vai te impedir de morrer queimada. 

- Vamos! - Max aparece.

- Vou te ensinar uma coisa.

- O que ?

- Ah correr.  - Katherine deu um sorriso e eles sairam de la rapidamente. 

Quando anoiteceu todos estavam no refeitório pra o jantar, quando de repente entra uma morena toda de preto, com óculos escuros, todos voltam o olhar pra ela incluindo Katherine e Max.

- Que merda é essa ? - Katherine olha pra o Max era a Isabelle.

- Ela pintou o cabelo ?

Ela acena pra eles e vai andando ate la, Katherine definitivamente estava arrependida de não ter a jogado no fogo.

- Oi gente.  - Isabelle abre um sorriso enorme. 

- Que merda é essa ?

- Gosto ?

- Eu tenho que responder ?

- Garota não esta fazendo sol. - Max pira o óculos dela. - Tira isso.

- A-Ah meus olhos. - Alguns alunos olham pra eles.

- Me explica uma coisa, porque você esta toda de preto é so isso que quero saber.

- Eu fui pesquisar na Internet sobre vampiros e vi como eles eram, so usavam preto e tal.

- Garota, olha pra nos ? Estamos de preto ?

- Eu so achei que...

- Você não tem que achar nada. - Katherine a interrompe.

- Não grita.

- Eu não gritei. 

- Estão todos gritando. - Isabelle olha pra sua volta.

- Não tem ninguém gritando aqui, você que esta ouvindo alto.

- Benefício de audição de vampiro.  - Max se levanta. 

- Nossa isso é legal.

- Nossa você é tão idiota.

- Porque você chata comigo ? Você me matou lembra ? Eu muito bem que pra uma pessoa virar vampiro tem que morrer.

- Não foi eu que te matei, ate porque se fosse você não estaria aqui. 

- E quem foi ? Se apenas mim lembro de você e ele.

- Esse ele se chama Max, prazer e também não foi eu.

- Então quem foi ?

- Deixa eu te ensinar uma coisa pra você não dizer que sou ruim. - Katherine tentava mudar de assunto.

- O que ?

- Se concentra, limpa sua mente e todo esse barulho vai sumir.

- Nossa subiu tudo. - Ela abraça a Katherine. 

- Me solta ou eu arranco seu coração.  - Isabelle arregala os olhos.  - Não estou brincando é serio, mim solta.

- Desculpa. 

- Se concentra. Pronto agora presta atenção, você pode ouvir a conversa que quiser a distância que quiser. 

- Serio ? - Katherine assentiu. - Nossa que legal. E como eu faço ?

- É so você olhar pra alguém que esteja conversando e se focar neles. Por exemplo aqueles garotos estão falando da bunda daquelas garota. 

- É verdade e aqueles estão falando de uma festa hoje a noite.  - Isabelle deu uns pulos. 

- E você não vai. - Max corta toda a diversão dela.

- Porque ?

- Os estragos que você fez no hospital hoje.

- Não tive culpa.

- Claro,  fomos nos que matamos todas aquelas pessoas no hospital hoje. - Isabelle da as costas e da um passo.

- A-Ah e por favor vai andando ta. Não corra.  - Katherine deu uma risada deixando Isabelle com raiva.

- Vai da trabalho cuidar dela ne ?

- Você não faz ideia Max. 


Notas Finais


Gente Hydraulic esta de portas abertas pra novos alunos, quem quiser deixa nome, características e o que você gostaria de ser.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...