História Acampamento de verão ( Interativa ) - Capítulo 14


Escrita por: ~ e ~IzzyGeraldi18

Postado
Categorias Amor Doce, Mitologia Grega
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Boris, Castiel, Dajan, Jade, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Rosalya, Senhora Shermansky, Viktor Chavalier, Violette
Tags Acampamento, Amor Doce, Interativa, Mitologia
Visualizações 21
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Milhares de desculpas pela demora, o final do ano esta chegando junto com isso provas e trabalhos se acumula... Serio o que se passa na cabeça deles para fazer isso com os pobres alunos?!

O capitulo esta pequeno, mas com muitas informações :)
.

Capítulo 14 - Uma profecia


Fanfic / Fanfiction Acampamento de verão ( Interativa ) - Capítulo 14 - Uma profecia

.

Em um lugar longe de tudo e de todos, doze pessoas tanto homens quando mulheres se reuniam ao redor de uma grande mesa dourada que era um grande relógio de ponteiros. No centro um homem de vestes brancas gregas segurando um raio entre as mãos. 

- O teste foi falho! - Zeus dizia irritado. - Tão falho que alguém teve que se intrometer! 

- Pai! Ela não estava pronta, como queria que ela passasse?! - Atena com seus longos cabelos dourados gritou -E se fosse um dos seus? Não iria interferir também? 

- Os meus não precisam de ajuda, são fortes como eu! - Zeus bate em seu peito com orgulho. 

- Aquele garoto pode até ser, mas a outra ... Tenho pena! Não iria sobreviver a nada. - Diz Poseidon segurando seu tridente. 

- Os sangues que corre nas veias de todos, mostram que não são seres fracos. - Ares fala colocando seu elmo em uma mesa próximo. 

- Chega de discussão! Agora que acham o livro o que pode acontecer? - Afrodite se levanta interrompendo-o. 

- Mais cedo ou mais tarde eles teriam que saber sobre a verdadeira identidade e acontecendo isso os inimigos também ficaram sabendo. - Dionísio falou pensativo. 

- Isso é o que mais me preocupa, temos que treina-los! De alguma forma logo aquele lugar não será mais seguro! - Hermes completou. 

( ... ) 

 

Os dias se passaram e a morena contava o que tinha acontecido no porão, lógico que a maioria não acreditavam em tudo que estava dizendo que não passou de um sonho quando bateu a cabeça, porém demorou para se convencer que poderia ter sito isso. 

Em uma das aulas, Milena folheava o livro que tinha sido achado "Semideus e suas historias". O   guardava por sete chaves já que ainda não tinha olhado mais atentamente. Apesar do trabalho que o professor Faraize já tinha sido entregue, o assunto ainda lhe interessava.  

Folheando o livro, lendo as palavras em latim que se traduziam quando virava cada página daquele livro ou até mesmo ilustrações dos Deuses e seus filhos semideuses. Em uma daquelas folhas acabou por achar um texto que em seus olhos parecia um enigma e leu para si mesma. 
 

"Os doze voltarão e se comunicarão com os seus 
 

Uma de suas descendentes descobrirá a real verdade 
 

Ao lado dos outros e enfrentarão seu maior inimigo 
 

Aquele que enfrentaram o seu lado sombrio se lembrará 
 

Da verdade que se revelará 
 

Diante daqueles sendo meio sangues 
 

E juntos causará o despertar 

Resultado a destruição ou  a salvação" 
 

O sinal tocou dando o fim das aulas naquele dia. Demorou um pouco para perceber o que estava acontecendo até que guardou suas coisas e saiu da sala indo ao seu armário. 

- E aí pequena! - Castiel aparece do seu lado bagunçando seus cabelos morenos. - Faz tempo que não conversarmos, o que a de novo?! - Mile sorriu e logo respondeu. 

- Nada além dos meus deveres. - 

- Vi que estava lendo enquanto fazia "seus deveres". O que era? 

- Porque estava prestando atenção e mim? Ao invés da aula ou de alguém como a Amanda? - A baixinha se divertia vendo o ruivo corar levemente desviando o olhar. - Eu sei sobre os dois e fico feliz além de adorar o caso. 

- A é? Porque o senhor representante ficou preocupado com você? - O próprio perguntou desconfiando de algo. 

- Porque amigos se preocupam um com o outro... - Mile fazia de tudo para não deixar seu rosto vermelho como o cabelo dele. 

- E por isso que perguntei sobre a leitura, me preocupo com você!- Cast deu um sorriso que logo se desfez. - Eu sei que é amiga de quase todo mundo, mas porque você não melhora suas amizades? 

Mile ao tentar responder, acabou por avistar Kentin passando. Ao vê-lo, o ruivo logo se despediu da morena e logo ela correu para a direção do seu melhor amigo que conversaram sobre o vosso dia. 

Na quadra, as outras meninas se reuniram para ver Lauren jogando basquete contra Dajan. O próprio não estava nada contente em estar perdendo para uma garota, mas ela por outro lado comemorava a cada cesta que fazia. 

- Só mais uma para ganhar! - Lauren comenta passando a bola para ela para começar outra partida. 

- Pare com isso garota - Ele deu um sorriso a provocando-a - Ninguém ganha de mim! - Disse convencido. 

Sem mais delongas, Dajan mal tinha passado pela ruiva que conseguiu pegar a bola com um trible e acerta a cesta com uma jogada bem feita. 

- O que estava dizendo?! - Lauren comentou se divertindo. - Até que foi legal, revanche qualquer dia destes? 

- Com toda certeza! 

Eles apertaram as mãos e cada um foi para seu lado. As meninas faziam uma dança bem tosca para comemorar a vitória de Lauren. 

- Esta ruiva é demais! Não é?- Rosa foi até ela e a abraçou. 

- Queria saber jogar assim!- Violette comenta com um sorriso tímido em seu rosto. 

- Eu sei jogar! - Melanie comenta orgulhosa. 

- Verdade? Nunca te vi jogar, é boa mesmo? - Lauren perguntou curiosa. 

- Sou ótima! Sei fazer várias combinações no controle que vai te deixar de queixo caído! - A própria dizia convencida. 

Pensando um pouco perceberam do que se tratava de vídeo game. Elas riram do comentário, como já estava anoitecendo foram para as suas devidas casas. 

( ... ) 

Olivia tinha chegado no dia seguinte um pouco mais cedo que o normal, já que sua amiga Solar iria vim com o Lysandre então preferiu não incomodar os dois. 

Estava em um dos bancos que ficava no jardim. Lendo o assunto da aula até um garoto de cabelos verdes usando um macacão passou por ela chamando sua atenção. 

- Bom dia! - Ele disse. 

- Bom dia... 

Ela respondeu tímida já que não o conhecia, voltou rápido sua atenção a sua leitura para que o garoto não percebesse como suas bochechas estavam vermelhas. Apesar de não conseguir mais prestar atenção no que lia, tentava olhar de relance para o garoto que cuidava de algumas das flores do jardim. 

O sinal tocou fazendo se assustar, fechou o caderno e correu para a sala de sua primeira aula. 

Solar sentou ao seu lado, lembrando por um instante de como era bom em tê-la como amiga. Apesar da uma época que se separaram por ter que se mudar e logo depois de tanto tempo se reencontraram. 

Solar percebeu que seu rosto estava levemente corado, mas apenas sorria sem comentar nada prestando atenção na aula. Olivia sem entender decidiu fazer o mesmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...