História Acampamento Lagoa Azul - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lu Han, Sehun
Tags Baekyeol, Chanbaek, Exo, Hunhan, Kaisoo, Lagoa Azul, Romance
Exibições 13
Palavras 1.875
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie, essa é minha primeira fanfic e eu estou com vergonha x,x
Eu sou muito fã do EXO e shipo d+ Baekyeol\chanbaek
Faz tempo que tenho essa fic guardada, só que eu preferia ficar quietinha só lendo mesmo. Até que eu sair do amario e me revelei.
Eu espero que vocês gostem, eu fiz ela com muito carinho e amor.
E eu queria agradecer a ~ByunBacon por ter me ajudado e ter feito minha capa, eu adorei mesmo. Obrigada meu anjinho <3
Boa leitura!!!

Capítulo 1 - One


- BaekHyun, Já está pronto? - Ouvia minha mãe bater na porta.  

- Sim mamãe, Já tô saindo. - Terminava de fechar a mochila e a colocava nos ombros. Pegava a mala e saia do quarto eufórico..   

Depois de três anos e meio trabalhando para juntar o dinheiro para essa viagem. Lá estava eu no carro do meu pai com um sorriso no rosto ouvindo minha playlist do Codplay.  

Estava tudo tão perfeito, todas as turmas do 3º ano iriam para essa viagem. Seria uma semana em um acampamento no meio do nada. Pelo menos teriam meninos solteiros e bonitos, teria meu melhor amigo comigo.  

Finalmente, depois de poucos minutos que pareciam horas, chegava a minha escola aonde um ônibus nos esperavam, me despedia do meu pai rapidamente e saia do carro.   

- Bom dia, Senhora Jung. - Sorria para a Diretora que retribuía o sorriso e me entregava um pequeno cartão com um número.   

- Bom dia, Senhor Byun. Não perca este cartão. Vai ser seu número de chamada. - Agradecia e entrava no ônibus, nada iria me deixar triste ou irritado hoje. Olhava cada lugar do ônibus atrás do LuHan e logo o encontrava e ao seu lado estava Oh SeHun, o garoto que tirava o sono do LuHan que tirava o meu só para falar do Running Back do time.  

Olhava para o Loiro com um biquinho e o via negar também com um bico. Bufava e procurava outro lugar para sentar. Escutava o motor ser ligado e olhava em volta, percebia que todos lugares estavam completos e só tinha um. No fundo do ônibus ao lado da pessoa que eu mais odiava daquela escola.  

Park ChanYeol.  

- BaekHyun, se sente logo, nós já vamos sair. - Ouvia a voz da diretora e suspirava.  

Caminhava ate a única cadeira vagar e colocava minha mala e minha mochila na parte de cima. Pegava apenas um casaco e verificava se meu fone e MP3 ainda estavam nas minhas mãos. Me sentava ao lado dele que nem parecia ter me notado ali, eu queria evitar, mas era impossível não olhar pra ele. Ele parecia estar dormindo. Usava uma roupa leve e simples, um pouco diferente do que ele usava de costume. Tinha um boné e usava um óculos escuro, seus braços estavam cruzados em frente ao peito deixando seus músculos bem a mostra e...  

- Eu posso senti seu olhar, Hyunnie. - Me assustava com sua voz rouca e observava um sorriso crescer em seus lábios.  

- Vá a merda, Park. E eu já disse para não me chamar assim. Que mania. - Bufava e colocava o cinto em volta do meu quadril, colocava meus fones e fechava os olhos deixando o casaco nas minhas pernas.  

Ele ria baixinho e voltava a ficar quieto.   

  

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  

ChanYeol On  

Eu não consigo entender o porque daquele projeto de anão gostoso, me tratar tão mal.  

Tá, talvez eu tenha dado motivos. Mas é porque eu não sei me controlar, meus hormônios ainda estão em combustão. Eu estava de olhos fechados quase dormindo quando senti uma movimentação ao meu lado, eu queria ficar sozinho, foi por isso que expulsei todos que queriam sentar ao meu lado. Mas ao senti o cheiro doce dele, eu deixei.   

Não, eu não sou apaixonado por ele. Ele só me atrai de uma forma que ninguém nunca me atraiu. Seu sorriso retangular, seus cabelos macios e cheirosos. Sua pele branquinha. Suas pintinhas, principalmente a que ele tem perto da boca. Suas curvas bem delineadas. Sua altura. Seu jeito brincalhão, sincero, meigo, mimado, idiota, estressado e posso até dizer selvagem.  

Eu sempre reparei nele, sempre quis me aproximar.   

Mas sempre saia merda, tipo. "Bom dia Hyunnie, use mais essa calça, realça sua bunda'' ou "Que língua afiada, ela bem que poderia ser usada para outra coisa."  

Ria baixinho e deixava o sono me levar, eu tinha acordado bem cedo. 

ChanYeol Off. 

 

BaekHyun On. 

Não sei quanto tempo eu tinha dormido, talvez uma ou duas horas, só sei que acordei e vi o ônibus vazio. O casaco que antes estavam em minhas pernas estavam nos meus ombros, o ar-condicionado ainda estava ligado e estava bem frio. 

Tirei o cinto e vesti o casaco, sair do ônibus e caminhei até o pequeno restaurante. Não havíamos chegado ainda, pois o acampamento fica no meio de uma floresta. Entrava no local vendo todos os alunos almoçando, sim eles estavam almoçando. Parece que dormi mais que o previsto. Procurava o LuHan e logo o achava comendo junto com os jogadores, revirava os olhos e tentava me esconder.  

- Baekkie! - Droga, ele tinha me visto. Acenava para ele e sorria, sentia meu estômago roncar e caminhava quase que automaticamente ate o self service para colocar meu almoço. 

Procurava algum canto para sentar sem que não fosse na mesa dos jogadores. Senti olhares sobre mim e vi o LuHan, ChanYeol e Kim JongIn olhando para mim. Esse ultimo sorria e me chamava com a mão apontando para o lugar vazio ao seu lado.  

Kim JongIn era um dos melhores jogadores e um dos mais bonito, junto do SeHun e do ChanYeol. Ele parecia aqueles Badboys, mas era apenas um rapaz bem legal e até carinhoso, em todo meu ensino médio, eu só vi ele namorar uma menina e só. Não ficou com mais ninguém. E não era pelo fato de ninguém querer ele, e sim, por ele não gostar. Ouvi boatos de que ele era gay e de que ele não namorou mais porque ninguém era tão bom pra ele. Mas eu sei que isso não faz o tipo dele, eu só falava com ele quando tínhamos algum trabalho para fazer ou coisa do tipo, e ele sempre me tratava com atenção e com um sorriso no rosto. Diferente de certas pessoas que sempre estava tirando minha paciência. 

Sentia meu rosto esquentar e caminhava ate eles. Me sentava entre o Park e o JongIn ainda vendo seu belo sorriso. 

- Achei que a bela adormecia não ia acordar. - Estava demorando para aquele poste começar, apenas ignorei ele e comecei a comer. Senti meu rosto esquentar ainda mais ao senti caricias em meus cabelos, eu já ia brigar com o Park ate ouvir uma voz doce ao meu lado. 

- Que cabelo macio, BaekHyun. Eu já ia lhe chamar para almoçar, estava preocupado. - Olhava para o moreno e sorria envergonhado.  

- Estava preocupado comigo, JongIn? - Perguntava brincalhão tentando deixar a timidez de lado. 

- Eu sempre me preocupei com você, pequeno. - Sentia seus dedos deixarem meus cabelos ele voltava a comer com um pequeno sorriso no rosto. 

Sorria um pouco mais e voltava minha atenção a comida, que estava mais que deliciosa. Só que o Park não parecia querer me deixar comer em paz.  

- Você esta me ignorando, Hyunnie? - Ele cutucava meu braço e eu novamente o ignorava. Ouvia ele bufa e terminar de comer rapidamente, me assustava ao ouvir ele sair pisando forte no chão. Dava de ombros e olhava para o LuHan que ria de alguma coisa que o SeHun estava falando. Sorria.  

- Eles formam um belo casal, não é? - JongIn também olhava na direção dos dois. 

- Sim, eu espero que eles fiquem juntos. - Sorria ainda mais e terminava de comer.  

- Eu também, SeHun uma vez me falou que tinha um certo loiro que não saia da sua cabeça. Não duvido que seja seu amigo. - Ele também tinha terminado e tinha toda sua atenção focada em mim.  

- Sério, que ótimo, o Hannie me falava a mesma coisa. - Ria sendo acompanhado pelo outro. 

- Seu relacionamento com o ChanYeol não parece muito bom. Vocês se odeiam? -Ele voltava a acariciar meus cabelos me fazendo relaxar meu corpo.  

- Eu... Como posso dizer, e-eu não odeio ele... Eu só não o suporto. - Dizia baixinho. 

- Sinto que essa implicância que vocês tem um com o outro, vai da em namoro. - Ele ria alto. 

- Tá reprendido em nome de Jesus! - Fazia o sinal da cruz e ria junto dele.  

Nós passávamos mais alguns minutos conversando até voltarmos pro ônibus para darmos continuidade com a viagem. 

- Senta comigo, Baek. Posso pedi pro Jong trocar de lugar com você. - Era uma ótima ideia, eu ia ficar longe do ChanYeol e ia ficar próximo do JongIn. Só que quando eu ia responder a diretora me interrompeu. 

Nada disso, todos sentados no seus lugares de antes, vou fazer a chamada. - Fazia bico e via o moreno sorrir. Caminhava até o final do ônibus novamente vendo o Park mais sério que o normal olhando fixamente para a janela. Me sentava colocando o sinto de novo e ouvia a mulher chamar todos os números. 

A viagem seria mais longa do que eu previa.  

 

9 Horas depois.  

 

Eu não sentia minha bunda, ela deve está reta depois de tanto tempo que eu passei sentado. Eu dormi de novo e me assustei quando acordei, minha cabeça estava encostava no ombro do Park que estava com a cabeça encostada na minha. Espero que ninguém tenha visto aquilo.  

O ônibus estava silencioso e só tinha algumas pessoas acordadas.  

Aproveitei o silencio para escutar musica e observar a paisagem que de estrada, passou a ser terra e algumas arvores. Chegamos. 

Sorria animado e depois de alguns minutos o ônibus parava e todos começavam a acordar e pegar suas coisas para descer. Exceto um. 

Colocava minha mochila nas costas e percebia que o ruivo ainda não tinha acordado. Eu bem que poderia deixar ele lá e sair igual que ele fez comigo na hora do almoço. Mas algo dentro de mim não me deixou fazer isso. 

- ChanYeol acorda! Já chegamos. - Balançava seu ombro e o via acordar aos poucos.  

- Já chegamos? - Ele perguntava com a voz  mais rouca que o normal e me espreguiçava. 

- Sim, vem logo. - Saia do ônibus e procurava JongIn.  

Só que eu não o achava de maneira nenhuma, parecia ter desaparecido no meio da multidão. Sentia um braço em volta da minha cintura e aquele belo sorriso em  minha direção novamente.  

- Perdido, baixinho? - Ele sorria divertido. 

- Estava a sua procura. - Sorria também e sentia seu corpo ser afastado de mim de maneira brusca. O Park o puxava ate aonde estava o time, bufava e procurava o LuHan, que por um milagre estava sozinho.  

Ficava ao seu lado e sorria para ele que sorria de volta, via a diretora caminha ate o centro e falar. 

- Sejam bem vindos ao Acampamento Lagoa Azul, crianças. Não tenho muito o que falar hoje. Aposto que estão cansados e doloridos. - Ela me olhava na mesma hora que eu me alongava, sorria sem graça. - Bom, cada casinha tem quatro camas. Os meninos ficaram no lado direto e as meninas no lado esquerdo. - Assim que ela terminava de falar começava os múrmuros e reclamações dos casais. - Vinhemos aqui para nos divertir e não para namorar, e eu já decidir quem vai dividir os quartos. - E mais uma vez veio uma onda de reclamações. - Cada um vai dividir o quarto com a pessoa que estava ao seu lado no ônibus. 

Continua...

 


Notas Finais


Obrigada pela atenção e até logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...