História Acaso ou destino? - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Personagens João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Tags João Guilherme, Jolari, Larissa Manoela, Lm&jg
Exibições 175
Palavras 558
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Vida



UMA SEMANA DEPOIS


LARI NARRANDO
Sete dias se passaram o João tinha recebido alta a quatro dias sua mãe e sua irmã voltaram para o mexico eu ainda não tinha voltando a estudar e nem a fazer os shows o João ainda não estava completamente recuperado do acidente ele estava passando eese tempo na minha casa pois o doutor pdeiu para ele ficar em repouso para não haver complicações era de manhã mais ou menos 10 horas acordei e fui levar o café para o João
Lari: bom dia meu amor - falei entrando com a bandeja na mão
João: ah Lari deixa eu dormir mais um pouco - ele falou resmungando eu coloquei a bandeja na mesa e sentei na cama
Lari: levanta logo João eu trouxe seu café - assim que eu terminei de falar ele rapidamente se levantou - ah falou em comida você levanta correndo ne
João: claro ne eu preciso comer - falou pegando o sanduiche enquanto ele comia eu ficava olhando pra ele logo ele percebeu - por que me olhas?
Lari: eu to lembrando de quando eu fiquei mal por causa do Thomaz e você cuidou de mim agora eu estou fazendo a mesma coisa
João: é mesmo foi muito bom cuidar de você - ele falou me dando um selinho - mas vem cá agora que você falou cade esse sujeito?
Lari: sumiu e espero que não volte
João: eu tambem né vida mas a gente nunca sabe - falou tomando o suco
Lari: João você me chamou de vida?
João: chamei?
Lari: claro que chamou
João: você não gostou?
Lari: amei assim como eu te amo - falei enxendo ele de beijinhos
João: eu tambem te amo
Lari: bora sair
João: pra onde?
Lari: sei lá praça, praia...
João: eu acho melhor praça
Lari: então eu vou trocar de roupa
João: vai lá


JOÃO NARRANDO
Enquanto a Lari foi se arrumar eu fiquei pensando em tudo que estava acontecendo de três meses pra cá eu queria vingança antes de conhecer essa garota e agora ela ta virando meu mundo de ponta cabeça enfim me levantei da cama e fui pegar algumas roupas que a Lari tinha levado pra casa dela coloquei uma bermuda, uma camiseta e um bone de aba reta pra trás desci e ainda fiquei esperando ela por mais dez minutos
João: VAMOS LARI - gritei da sala
Lari: JÁ TO DESCENDO - gritou tambem e fiquei mais cinco minutos esperando quando finalmente  ela desceu 
João: finalmente - falei me levantando do sofa
Lari: calma meu bem eu já estou pronta
João: to vendo
Lari: e como eu estou?
João: muito linda
Lari: linda é - ela chegou mais perto de mim então começamos nos beijar e do nada ela parou - hum é melhor a gente ir
João: mas foi você que me beijou - falei rindo
Lari: eu sei - disse sorrindo
João: vamos?
Lari: vamos - saimos pela porta fomos com o motorista dela até a praça assim em meia hora estavmos lá assim que chagamos - João algodão doce
João: e o que que tem?
Lari: eu vou comprar quer?
João: não

LARI NARRANDO
Eu estava a caminho do carrinho onde estavam vendendo algodão doce quando sentada em um dos bancos da praça eu vi uma garota chorando fui em direção a ela
 


Notas Finais


tá ai gente mais um capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...