História Acaso ou destino? - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Personagens João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Tags João Guilherme, Jolari, Larissa Manoela, Lm&jg
Exibições 158
Palavras 852
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Ele foi embora



JOÃO NARRANDO
Assim que cheguei bati na porta e rapidamente minha mãe abriu a porta me enxendo de abraços e beijos
João: já chega mãe que coisa isso - falei rindo
Maite: tava com saudade do meu filho
João: eu tambem tava
Maite: deixa eu te ajudar com as malas - fomos com as malas até meu novo quarto colocamos as malas no chão e descemos pra sala - o que achou da casa?
João: é muito linda mãe e o quarto tambem
Maite: que bom que você gostou
João: é por pouco tempo em
Maite: e porque pouco tempo?
João: ah mãe eu tenho 18 anos já esta mais do que na hora de sair da aba da mamãe ne
Maite: é até que você está certo mas o que você tá pensando em fazer daqui pra frente?
João: quero começar uma nova vida mãe esquecer um pouco da musica partir um pouco pra area da literatura e do empreendedorismo
Maite: como assim?
João: eu to pensando em escrever um livro
Maite: nossa filho que interessante e essa parte do empreendedorismo?
João: eu to querendo criar uma grife o que você acha?
Maite: acho muito bom e eu vou te ajudar a criar a grife
João: obrigado mãe
Maite: escuta e a musica vai deixar de lado?
João: claro que não só vou dar um tempo na minha carreira musical
Maite: que bom
João: deixa eu ir mãe aproveitar que é cedo
Maite: vai aonde?
João: procurar uma casa pra comprar
Maite: vai lá quer o carro emprestado?
João: não precisa eu acho que vou apé e volto de carro
Maite: que isso em kkk - sai da casa da minha mãe e fui a procura de uma casa que eu havia achado a venda pela internet fui andando mesmo em 40 muinutos eu já tinha chegado bati a porta e o dono me atendeu
Dono da casa: ola
João: o senho é o dono do imovel?
Dono da casa: sou eu mesmo você deve ser o rapaz que quer comprar vem pode entrar - enteri e fomos andando pelo jardim da casa que era enorme logo entramos dentro da casa que era simplesmente linda cada comodo um mais luxuoso que o outro enfim sentamos a mesa eu começei a assinar os papeis da compra enquanto ele me contava um pouco da história de vida dele terminei de assinar entrequei tudo pra ele dei um tempo pra ele arrumar as coisas dele sai rumo a uma loja de carros de um cara que construia uns carros muito da hora era só pedir pra ele que ele fazia duas semanas antes de ir viajar pro Mexico eu tinha pedido pra ele fazer um carro modelo KNIGHT RIDER MUSTANG expliquei direitinho pra ele o que eu queria enfim cheguei lá e ele estava falando com uma cliente
João: Carlos? - ele terminou de falar com o cliente e veio me comprimentar
Carlos: caraca João é você mesmo cara?
João: eu mesmo em carne, osso e louco pra ver meu carro
Carlos: então chega mais me conta como anda a vida - fomos em direção ao carro
João: depois que meu pai morreu parece que tudo dá errado na minha vida cara
Carlos: e porque você diz isso?
João: depois que ele morreu parece que ele deixou um vazio dentro de mim sabe que eu só conseguia preencher com vingança
Carlos: vingança?
João: é passei dois anos a procura do cara que matou meu pai depois que encontrei tentei saber ao maximo da vida dele acabei descobrindo que ele tinha uma filha então pensei vou me vingar dela
Carlos: como isso cara?
João: me aproximei dela viramos amigos não demorou muito pra começarmos a namorar tentei de todos os jeitos trair ela mais não conseguia dai depois de algumas tentativas finalmente consegui trair ela 
Carlos: nossa cara
João: ela ficou muito magoada magoada comigo por isso que eu vim pro Mexico se eu ficasse lá eu ia ficar maluco
Carlos: que barra em
João: jaja passa
Carlos: concerteza chegamos ta aqui seu carro - estava coberto por um pano preto que logo eu e ele tiramos e vou te contar que carro 
João: eu nunca vi um carro tão lindo
Carlos: isso por que você ainda não viu por dentro
João: bora entrar - entramos e ele foi me explicando cada detalhe depois de tudo explicado paguei a ele o que devia e fui com o carro pra casa da minha mãe


LARI NARRANDO
Acordei era 6 da manhã tava cedo o dia tava diferente senti que algo dentro de mim estava faltando mais eu não sabia o que era então levantei e desci lá na sala vejo o Luckas conversando com a Giovanna fiquei em cima da escada ouvindo
Luckas: ce sabia que o João foi embora?
Gih: sério porque?
Luckas: por causa da disso tudo que ta acontecendo 
Gih: pra onde ele foi?
Luckas: Mexico
Gih: tem previsão de volta?
Luckas: pior que não - corri pro meu quarto tranquei a porta e começei a chorar como assim o João foi embora
 


Notas Finais


obgd gente pelas mais de 1000 exibições daqui a pouco tem mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...