História Acaso ou destino? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Romance
Visualizações 161
Palavras 941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Helloooooooooooooo people!

Eu estou tipo, muito feliz por postar essa fic, mesmo que ninguém leia, EU AMO ELA e isso já me deixa feliz. Eu fiquei muito animada quando escrevi essa fic, o plot dela me deixou apaixonada e eu não pude deixar de virar uma máquina de escrever! Minha primeira long-fic e eu estou um pouco nervosa, mas enfim...

Queria muito agradecer a ~MariBlackbird que betou a fic inteira pra mim (e mari, eu sei que foi difícil eu aparecer com todas essas palavras pra ti kkkkkk), e também pq foi graças ao Challenge dela que eu tive a ideia pra essa história!

Esse primeiro capítulo é pequeno e espero que não deixem de ler por isso, mas os próximos (acho eu) serão maiores!

ENJOY!

Capítulo 1 - Prólogo - Meeting in daycare


Fanfic / Fanfiction Acaso ou destino? - Capítulo 1 - Prólogo - Meeting in daycare

A professora da creche pediu educadamente para os dois homens entrarem em uma das salas de aula vagas, e os indicou cadeiras para se sentarem. O lugar era grande, contendo pequenas mesas e cadeiras, armários com vários brinquedos e a decoração infantil e divertida necessária para o local.

— Agradeço por comparecerem senhores, eu vou pedir para as crianças entrarem. – A professora disse e logo se dirigiu à porta da sala de aula.

— Appa! – As meninas idênticas correram em direção ao pai, pulando em seu colo e quase derrubando-o da cadeira onde estava sentado.

— Eu não fiz nada, já vou avisando! – O garoto um pouco maior que as gêmeas proferiu rapidamente, ao ver seu pai no recinto.

— É o que veremos, Yoongi. E vocês duas, não corram assim, quase me derrubaram. – Jimin se dirigiu aos filhos, olhando seriamente para eles e tentando fazer uma pose de durão, o que não parecia estar dando muito certo.

— Appa! Appa! – Foi ouvido novamente, assim que um casal de crianças entrou na sala correndo em direção ao outro homem que se encontrava ali.

— Oi filhos, o que vocês aprontaram dessa vez?! – Inquiriu Jungkook suspirando ao pegar seus filhos no colo.

— Bom, agora com todos presentes, podemos começar. – Anunciou a professora ao se sentar em uma cadeira logo à frente dos dois homens e suas respectivas crianças. – Não sei se os senhores têm conhecimento deste fato, mas seus filhos vivem brigando entre si, gerando discórdia por toda a turma e...

— Não tenho nada a ver com isso. – Yoongi sussurrou, interrompendo a professora.

— Sim, Yoongi, você não briga com os filhos do senhor Jeon, o seu problema é dormir demais durante as aulas. – Ao ouvir a professora, Jimin imediatamente lançou um olhar de reprovação ao filho, que simplesmente deu de ombros. – Mas como eu estava dizendo, Hana e Ahra que são as filhas do senhor Park, vivem brigando e implicando com Bae e Yun, que são os filhos do senhor Jeon, e vice-versa, pois a implicância é mutua. – Ela fez uma pausa ao olhar de um para o outro, e logo continuou – Eu sei que não é fácil ser pai solteiro, o que é o caso dos dois, mas as brigas entre eles têm aumentado cada dia mais e isso atrapalha o desenvolvimento das atividades não só de seus filhos como do resto da turma.

— Filhas, expliquem pro Appa, por que brigam com seus coleguinhas?! Não foi isso que eu ensinei pra vocês. – Jimin perguntou olhando de uma gêmea para outra. 

— Appa, Bae fica chamando a Hana de burra, só porque ela é um pouco lerdinha, não posso deixar ele falar assim dela, então eu puxo o cabelo dele! – Disse a pequena Ahra tentando se defender.

— O Bae é um bebê chorão, Appa! Eu tenho que defender ele da Ahra, então eu chuto ela! – Yun disse para Jungkook como se fosse algo bastante óbvio.

— E eu não posso deixar a Ahra apanhar por me defender, então eu pulo nas costas da Yun, pra ela parar. – Hana terminou de explicar olhando para Jimin.

— É realmente isso que acontece, todos os dias. – Diz a professora. – Vou deixá-los conversar com seus filhos e já volto. – Disse ela, logo se retirando da sala.

— Bae, você não pode chamar seus colegas de burros, isso não se faz! É feio e o Appa está muito chateado com você. – Jungkook disse olhando o menino a sua frente e logo se dirigindo à menina. — E você Yun, não é com violência que você tem que defender seu irmão, chame a professora e ela dará um jeito.

— Ahra, você não deve puxar o cabelos dos seus colegas para defender sua irmã! Fale comigo ou com a professora, mas isso não! – Jimin bufou olhando para as filhas. – E Hana, só porque sua irmã faz não significa que seja certo você fazer também. Não se deve usar violência, filhas. – Logo se virou para o filho mais velho com uma expressão não muito boa. – Dormindo, Yoongi?! Você devia cuidar das suas irmãs e estudar, mas prefere dormir, não é?!

— Appa, eu não sou da turma delas, não poderia vigiar. E eu gosto de dormir, acabo rápido minhas atividades e durmo. O que tem de mal nisso? – O menino respondeu logo formando um bico nos lábios e cruzando os bracinhos.

— Peça desculpas para sua colega por ter falado aquilo, Bae. – Jungkook disse e logo empurrou o filho em direção as outras crianças.

— Desculpa Hana, não vou fazer mais. – O garoto disse, carregando uma expressão emburrada.

— Vamos filha, o que se diz? – Jimin incentivou a filha.

— Tudo bem, eu desculpo. Perdoa eu por pular nas suas costas Yun. – Hana disse olhando a outra garota com cabelos um pouco mais curtos que o seu.

— Ta bom, eu te perdoo, e a Ahra também me desculpa por chutar ela? – A menina perguntou olhando para a outra que estava com uma cara de poucos amigos.

— Hunf, desculpo. – A pequena Ahra respondeu, mas logo recebeu um olhar bravo de seu pai. – Ta bom, ta bom, me desculpe por puxar seu cabelo, Bae.

— Tudo bem, não dói tanto assim. – O menino respondeu.

— Me desculpe pelos meus filhos, principalmente por Bae, que é um pestinha. – Jungkook pediu, pela primeira vez olhando diretamente para Jimin.

— Oh, sem problemas! Eu sei bem como é, afinal, tenho três. – Jimin sorriu enquanto respondia, automaticamente fazendo com que o outro sorrisse também e, naquele momento, ambos sentiram uma empatia mútua.

Logo todos ouviram um ressonar baixinho e olharam para Yoongi, que tinha tomado o lugar de suas irmãs no colo de Jimin, e estava dormindo agarrado ao pai.

Essa foi a primeira vez que Jimin e Jungkook se viram, porém não a última.


Notas Finais


E acabou por aqui!
Obrigada a quem leu e espero que leiam a continuação que deve sair logo! Qualquer coisa estou nos comentários e podem vir falar comigo!

Bye bye, até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...