História Acasos do Destino - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Bianca di Angelo, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Dionísio, Frank Zhang, Frederick Chase, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Jason Grace, Katie Gardner, Leo Valdez, Luke Castellan, Malcolm, Miranda Gardiner, Nico di Angelo, Octavian, Percy Jackson, Piper Mclean, Poseidon, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Sally Jackson, Silena Beauregard, Thalia Grace, Travis Stoll, Will Solace, Zeus, Zoë Nightshade
Tags Caleo, Jasiper, Percabeth, Solangelo, Thaluke
Exibições 257
Palavras 1.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, FemmeSlash, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Dêem um desconto, primeire fic.
Capítulo aos que favoritaram, obrigada!
Espero que gostem.
Boa leitura!!

Capítulo 5 - Capítulo 5


Percy POV

Eu adorava as brigas da Thalia e do Jason, são muito divertidas, ela é a única que consegue tirar o Jason do sério tão rápido. Afinal meu primo sempre foi calmo apesar que ele também era assustador quando se irritava. Quando éramos mais novos eu lembro que estudávamos em uma boa escola em Londres, mas quando mexeram com a minha irmã lembro que ele ficou furioso, eu também fiquei pra falar a verdade, mas isso era mais normal pela minha parte.

De repente eles começaram a gritar um com o outro então eu e a Lucy trocamos olhares de compreensão, resolvendo que precisávamos intervir antes que aquilo acabasse mal.

- Thalia calma, já deu né? – disse tentando acalma-lá.

- É Jason, calma! – disse a Lucy tentando acalma-ló também.

- Cala boca Jackson!! – disse minha querida prima bufando, eu simplesmente ri e a abracei dando um beijo em sua testa, ela ainda estava resmungando, mas se acalmou.

A Lucy abraçou meu primo dando um beijo em sua testa, e ele relaxou colocando a cabeça em seu ombro. Todo mundo olhou pra gente com cara de "What the fuck?"(N/A: Não sei escrever isso). Hazel riu e explicou.

- É assim gente o Percy é o único que consegue acalmar a Thalia tão rápido, assim como a Lucy com o Jason, mas relaxa eles são assim desde sempre, tão rápido quanto a Thalia tira o Jason do sério a Lucy o acalma – disse para todos que olharam pra gente com cara de "fazer o que né?" dando de ombros e rindo, até o Nico deu uma risadinha.

- Então gente, querem comer alguma coisa por aí? – perguntei, já estava com fome.

- Claro, estou com fome, vamos? – disse a Thalia animada, já perceberam que a minha prima é meio bipolar?

O resto do povo concordou então nos dividimos, o Chris e a
Clarisse foram com o Beckendorf e a Silena assim ninguém fica de vela, o Justin foi com o Jason, a Calipso com a Lucy, a Annabeth e a Piper com a Thalia, o Leo e o Frank comigo, e o Nico e a Hazel foram juntos.

Chegamos em uma lanchonete simples e confortável, não gosto de restaurantes caros, são chatos e desnecessários. Apenas ia nesses tipos de restaurante quando estava com a minha família visto que a fama nos obriga a esse tipo de coisa.

- Então vamos comer o quê? – perguntei, então a garçonete chegou e ficou olhando pra mim, pro Jason e pro Justin o motivo eu não sei (N/A: Percy, seu lerdo). Resolvemos pedir um lanche cada um, quando alguém veio na nossa direção, Luke.

- E aí gente? Tudo beleza? Nem vi vocês na escola, oi Thalia
– disse nos cumprimentando, acho perceberam que ele tem uma quedinha pela Thalia, não? Bem, se não perceberam saibam que ele tem um abismo por ela, a qual ficou meio corada quando ele ficou olhando pra ela, mas minha prima é muito cabeça dura pra ficar logo com ele!

- Oi e aí Luke? – cumprimentei-o sorrindo, ele é bem legal – quer sentar com a gente? – perguntei olhando para a minha prima que fingia que não via o louro.

- Claro – disse ele sorrindo amigavelmente.

- Gente esse é o Luke – todo mundo o cumprimentou brevemente.

- Que foi Thalia? Está com calor? Seu rosto está vermelho – o Jason a provocou fazendo assim que todos olhassem para ela. O Nico negou com a cabeça já sabendo o que viria a seguir.

Minha irmã deu um sorriso discreto e a Thalia olhou o irmão com uma cara de poucos amigos.

- Meu rosto está vermelho é de vergonha por ter um irmão tão sem noção – ela disse irritada o que só confirmava que ela gostava do Luke. O meu primo sorriu satisfeito pois sabia que com esse tipo de comentário ela estava praticamente se entregando. Sorri tentando ser discreto e não acabar apanhando da minha prima. Já tinha levado um tapa hoje, estava de bom tamanho.

Todo mundo começou a conversar depois disso e logo a garçonete voltou com os pedidos olhando fixamente para o Luke que não percebeu o olhar. A Thalia ficou mais vermelha, mas era de raiva, agora entendi o motivo da garçonete ficar nos olhando (N/A: Até que enfim). Comemos os nossos lanches, aqui era uma boa lanchonete e todos eram muito legais também de modo que o clima entre nós estava agradável, e a Annabeth estava linda, eu já disse isso, né? Enfim ela estava linda.

Quando acabamos de comer, pagamos a conta e fomos embora, deixei o Leo e o Frank em suas respectivas casas e os outros fizeram o mesmo. Nem pedi o número da Annabeth, vai que ela não gosta. Voltei para o apartamento ainda pensando na garota de olhos cinzas. Logo minha irmã chegou.

- Oi Percy – disse minha irmã, bem deixe-me descrevê-la, ela é um pouco mais baixa que eu, saudável não magra, cabelos negros e com leves cachos nas pontas, como os da minha mãe, olhos verdes, pele levemente bronzeada e uma expressão suave e tranquila, na minha opinião ela é muito bonita.

- Oi Lucy, como foi com o nosso pai? – disse a minha irmã curioso sobre sua ida até Londres.

- Bem, você sabe como é nossa família, né? – disse ela sentando do meu lado na minha cama e colocando a cabeça no meu ombro – Acredita que o nosso querido tio Zeus mandou um jatinho apenas pra trazer eu e o Justin pra NY, aff coisa chata, ele disse que assim eu chegaria em segurança, como se eu não soubesse me cuidar! – disse indignada, ri de sua expressão, realmente nós não gostamos de coisa cara.

- Você e o Justin vieram sozinhos? – perguntei olhando pra ela.

- É com o motorista, a aeromoça e o carregador, foi um tédio – disse minha irmã me abraçando, fiz carinho em seus cabelos, ela fechou os olhos. Também fechei os olhos e ficamos um tempo apenas relaxando até que ela indagou de repente pra mim.

- E aí? Você gostou da loura? – perguntou a Lucy abrindo os olhos verdes para me olhar. Sabia que não tinha nem como mentir, ela sempre via quando eu falava a verdade ou não.

- Não sei, ela é linda, simpática e eu tenho uma sensação boa quando estou com ela, uma coisa que eu nunca senti – ela sorriu pra mim como minha mãe faria se eu contasse a ela, isso me fez sorrir involuntário pois eu sabia que minha irmã estaria ao meu lado em qualquer circunstância.

- Talvez você esteja amando, ou pelo menos se apaixonando por ela, afinal às vezes romances começam assim – disse minha irmã fechando os olhos novamente.

"Será?" pensei, talvez isso fosse muito bom ou muito ruim. Me apaixonar já fez com que eu ficasse cego em certas coisas e não percebesse coisas óbvias, entretanto com a Annabeth poderia ser diferente e eu esperava que fosse.

- Talvez – disse sincero, não pretendia mentir pra mim mesmo porque não me faria bem e também não me ajudaria para que isso se tornasse verdade. Pode parecer dramático, mas eu iria deixar que as coisas fluíssem naturalmente pois não sabia o que ia acontecer se tentasse evitar e também esperava que dessa vez desse certo, pra variar.


Notas Finais


Comentem por favor.
Isso me deixa muito feliz.
Beijos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...