História Accept me - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Kookmin, Lemon, Mpreg, Namjin, Traição, Vhope, Yaoi
Exibições 237
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI!
podem me xingar pela demora e a ousadia de voltar com um cap ruim, os dias que eu passei sem escrever foram o suficiente pra eu perder a pratica
esse sumiço de alguns dias não foi intencional, meu projetinho de shawol que acompanha meus dilemas diários pode confirmar que eu não estou nos meus melhores momentos.
desculpa por esse cap e vamos lá <3
essa pessoinha com o jin e o jimin na foto do cap pra quem não conhece é o Key, meu tão amado utt

Capítulo 41 - Não sou obrigado


Fanfic / Fanfiction Accept me - Capítulo 41 - Não sou obrigado

Jimin, jungkook e key haviam ido ao shopping comprar novos celulares para o casal, o que era para ser uma simples compra, se tornou em diversas sacolas com roupas de bebê, brinquedinhos, mamadeira, chupeta, sem falar no berço e carrinho que seriam entregues pela loja no dia seguinte. Foi nesse passeio que jungkook percebeu que se não trabalhasse e estudasse para ser um reconhecido veterinário, provavelmente ficaria pobre

Jimin se deitou exausto no sofá largo de sua sala, começando a configurar seu  novo celular, jungkook estava no quarto arrumando as compras que não eram poucas, amém, capitalismo! enquanto key preparava algo para comerem.

— KOOKIE! CORRE! PELO AMOR DE G-DRAGON!- gritou o ruivo

Jungkook escutando os gritos de desespero, correu até a sala, seu coração estava tão acelerado que um ataque cardíaco não seria uma surpresa

— Meu amor, você está bem? Tá sentindo dor? o bebê vai nascer? Vamos para o hospital!- o mais novo se atrapalhava nas próprias palavras

Jimin não segurou a risada, jungkook estava confuso com aquela situação, pois os gritos a poucos minutos atrás eram totalmente opostos as gargalhadas que o ruivo dava

— Sua cara foi tão engraçada, preciso fazer isso mais vezes- continuou rindo, jungkook fechou a cara assim que percebeu a brincadeira, se a verdadeira intenção de jimin era matá-lo do coração, a tentativa foi quase bem sucedida

— Quer ficar viúvo antes de se casar, Park?- a risada cessou e o rosto gordinho de jimin ganhou um tom avermelhado, jeon realmente estava insinuando que um dia se casariam — Posso continuar arrumar as compras ou você quer tentar me matar mais uma vez, amorzinho?

o ruivo havia até esquecido o motivo de ter chamado jeon ali, mas relembrou assim que ouviu key cantarolar algo na cozinha.

 Jimin queria o número de seokjin, a falta que seu melhor amigo/omma fazia era enorme, apesar de key está sendo um ótimo amigo e dedicando seu tempo a jimin, ninguém ocuparia o lugar de jin, assim como ninguém nunca ocuparia o lugar do castanho que estava na sua cozinha. Ambos o ajudaram em momentos cruciais e se não fosse eles com sua super proteção, jimin não saberia o que fazer

— É... eu queria o numero do jin, você não tem anotado em algum lugar?

— Eu sei o do Namjoon, queres?- assentiu o menor.

Jeon deitou ao lado de jimin no sofá, levou seus lábios para o ouvido do outro e sussurrou o número de namjoon, sorriu quando percebeu  seu amado completamente arrepiado por conta da aproximação, adorou saber que o corpo de jimin ainda reagia aos seus toques e provocações, deixou um beijo estalado na bochecha alheia e voltou ao quarto para organizar as coisinhas do seu bebê

Jimin demorou uns minutos para sair do transe, Jungkook tinha esse poder sobre si, levar sua mente para outra dimensão. Após seu corpo despertar dos encantos de jeon, o mais velho decidiu que ligar para o namorido do seu melhor amigo

Três toques e Namjoon atendeu

— Alô? Quem fala?- perguntou e no fundo foi possível escutar namjoon falar “seokjin, para de me morder, será que é possível?” jimin riu do comentário do seu hyung

— Oi, hyung! Aqui é o jimin

— Oh céus! Alguém lembrou que tem pais, Seokjin- novamente a voz doce de jin se fez presente preguntando quem era na ligação, quando namjoon respondeu “ Jimin”, os olhos do mais velho encheram de lágrimas, a saudade que ele sentia do seu baby era inexplicável, jin puxou o celular da mão do seu namorido em desespero

— J-Jimin?

— Omma? Quanto tempo- Jimin percebeu que o outro já chorava  — Ei, jinnie! Não chora!

— Eu estava tão preocupado,  você está bem? Como está o bebê? Se orgulha de ser uma filho desnaturado? Por que sumiu? Como está com Jeon? Tem feito amiguinhos novos?

Jimin amava o jeito preocupado de jin, o fazia sentir amado e protegido.

— hahaha uma pergunta de cada vez, Omma.  O bebê e eu estamos bem, eu não me orgulho de ser um filho desnaturado, aconteceram coisas que eu vou te contar outro dia, eu resolvi dar uma nova chance para o kookie, é só isso? Tô esquecendo alguma pergunta?

— E os amiguinhos?

— Fiz alguns... já conhecia o yoongi, aquele moço que trabalha na editora, fiz amizade com o meu médico e o namorado dele, e também tem o key, ele está nesse exato momento revirando minha cozinha, espera um pouco que eu vou chamar ele.  KEEEEEEEEEEEEEEY, VEM CONHECER O JINNIE- gritou Jimin, ele estava ansioso em apresentar os dois, mas só percebeu que causou a terceira guerra mundial quando key saiu da cozinha gritando em sua direção

— NÃO GRITA, SERZINHO QUE A MAIS OMMA AMA! EU NÃO TENHO PROBLEMAS DE AUDIÇÃO

Quando  key falou “omma”, e o pior, alto o suficiente para que seokjin ouvisse, o ruivo pensou “ Porra! Fiz merda”,  Jimin olhou para key assustado como se pedisse socorro

—Jimin, eu vou tentar ser o mais calmo possível com você, meu lindo- jin falou usando sua voz mais calma — O QUE ESSA PESSOA COM VOZ DE VIADO BARRAQUEIRO DISSE?

— Jinnie, não fala assim do key omma

Key observava tudo com uma cara de “ WTF”

— Key o que, park jimin?

Jimin estava quase jogando o celular novo na parede e correndo pra se trancar no quarto, mas isso não ajudaria em nada

— N-Nada, Jinnie omma, esquece tudo isso, tá?! Eu te amo muito, omma

— Park desnaturado jimin, passa o celular para essa pessoa agora, agora!- o mais velho ordenou e jimin obedeceu

Pediu com sinais para que key deixasse a chamada no viva voz,  os dois rapazes se apresentaram calmamente e foi que jimin pensou ter se preocupado desnecessariamente, jin não seria grosseiro com alguém que acabou de conhecer, não é?

— Então, key... foi um prazer te conhecer, mas agora eu peço com toda gentileza e a mínima vontade de ir ao Japão para matar alguém, que se retire da casa e da vida do meu filho, pois só tem espaço para uma omma

— Com toda a gentileza, eu não farei isso!

— Com toda a gentileza, é melhor ir embora

— Não sou obrigado a nada, beijos de luz

Jimin já estava se irritado com a infantilidade de ambos, ele só queria paz na sua vida, mas ela parecia não colabora.

Puxou o celular de key, respirou fudo e começou a falar

— Chega! Será que vocês não percebem que eu tô quase pra surtar? Porra! Jin, você é o melhor amigo que eu poderia ter, eu te amo muito e por muito tempo você foi minha única família, eu não sei como agradecer tudo o que fiz por mim. Kibum, você foi um anjo que apareceu naquele beco, agradeço por você ocupar seu tempo comigo e mesmo que seja cedo pra dizer isso, eu também te amo, mas se vocês dois não pararem com isso, eu juro que vou virar uma pessoa sem omma

Claro que os dois não gostavam da ideia de dividir jimin, mas eles tinham um amor em comum e queriam vê-lo bem, pela paz que jimin tanto desejava, Jin e key poderiam pensar em não se odiar

Tudo pelo jimin



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...