História Accept • yoonseok - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Visualizações 138
Palavras 713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Advinhem que fanfic está próxima do fim! Sim, accept :(( vou sentir falta de escrever, confesso.
Boa leitura, amores ♡

Capítulo 11 - Amigos não se beijam.




Um ano se passou. As coisas não haviam mudado tanto desde então, mas Yoongi, sim. Primeiro as roupas: jogou todas as roupas masculinas fora, deixando apenas algumas calças em seu guarda-roupa, em seguida, fez questão de pintar as paredes de seu quarto de um rosa pastel, tão clarinho quanto seus dentinhos alinhados. Jungkook voltou a andar com ele e Hoseok, e eram um ótimo trio, até que Jimin se mudasse para a cidade, e se tornassem um quarteto.

Pouca coisa havia mudado entre Hoseok e Yoongi, podia-se dizer que continuavam tão inseparáveis quanto antes, mas havia algo, que estava incomodando o mais novo, desde então. Com a confiança que adquiriu durante o ano, Min provou aproximações que nunca imaginaria com o melhor amigo. Mais beijos na bochecha, que na maioria das vezes o causavam uma confusão no estômago, e toques mais íntimos. Nada de malícia, mas que talvez tenha despertado uma confusão na cabeça ainda muito ingênua do pequeno.

Yoon mesmo, tomava algumas iniciativas às vezes. Como naquele momento, em que havia acabado de pedir para se deitar entre as pernas de Hoseok, e o maior, como o bom amigo que era, aceitou sem hesitar. Depois, pediu ao mesmo um pouco de cafuné, com uma voz manhosa, que Hobi havia apelidado como "vozinha pidona", que o mesmo julgava ser uma graça.

— Eu não gosto desse desenho, Hobi — murmurou, com um biquinho, ainda encarando a tevê. — Você muda para mim? — Perguntou empolgado, fazendo o mais velho concordar, mesmo que a contragosto.

— Você nunca gosta dos mesmos desenhos que eu, como você se diz meu "melhor amigo", agindo assim? — O maior resmungou, fazendo Yoongi encara-lo preocupado.

— Desculpa, Seok-ah... e-eu posso começar a gostar se você quiser — se virou para o outro, encarando-o por cima do ombro, ainda que o corpo estivesse virado para frente, aconchegado entre as pernas de Jung.

— Yooni, eu estava apenas brincando, você não precisa gostar das mesmas coisas que eu — então, finalmente fez sentido para o garoto, que abriu a boca em compressão.

— Assim como os meninos — ele fez uma pequena pausa, como se pensasse direito no assunto —, você não precisa gostar de meninos — Hoseok encarou o menor, curioso.

— Como assim, Yoongi? — Replicou, sério.

— Ontem, enquanto eu assistia a novela com a minha omma, senti meu coração pulsar aqui embaixo — apontou para a virilha, com o rostinho vermelho, mesmo que não entendesse o próprio motivo para estar tão envergonhado. — Quando vi do-dois meninos juntos...

— Juntos? — Jung questionou.

— Eles estavam se beijando — murmurou, fazendo biquinho ao pronunciar as palavras, como sempre fazia. — Mamãe disse que era porque eu gostava de meninos também — virou a cabeça para frente, com o pescoço já dolorido de olhar para o maior por cima dos ombros.

Durante um tempo, Hoseok permaneceu em silêncio, enquanto ambos assistiam aos desenhos de preferência do menor. Ruminava as palavras de Yoongi a todo tempo, tentando entender ao certo o que tudo aquilo significava. Mas bem, no fundo ele não sentiu como se fosse errado, Min aparentemente gostar de meninos. Tudo em si aceitava toda aquela situação de bom grado, e com a maior naturalidade possível. Talvez porque fosse Yoongi... bom, ele não sabia explicar.

Tempo depois, Yoon dormiu entre as pernas de Hoseok — como sempre. Jung pegou o corpo menor no colo, sentindo as pernas bambearem pelo peso nada fácil de Yoongi, se arrastando quase que sem força alguma para o andar superior, quase deixando que o menor caísse consigo na escada. Assim que chegou ao seu quarto, jogou o mesmo na cama, que nem ao menos fez questão de acordar, por culpa de seu sono pesado.

Hoseok acariciou seus cabelos, estudou sua feição serena, e todos os seus mínimos detalhes. O nariz, os cílios, as sobrancelhas, as maçãs do rosto coradas num tom pêssego natural. E por final, a boquinha rosada, que sentiu vontade de tocar, sentir a textura. Depois de ter tais pensamentos, balançou a cabeça emitindo um "ew!" dentro dos próprios pensamentos.

— Amigos não se beijam, Hoseok! — Disse a si mesmo.

É, então talvez eles devessem ser algo a mais. Ou pelo menos era o que Yoongi queria, e esperava que Hoseok também quisesse. 


Notas Finais


sentiu o coração pulsar lá embaixo, nhonho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...