História Acervo - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias F(x), Girls' Generation
Personagens Hyoyeon, Jessica, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Girls' Generation, Kryber, Ones-shot, Seosic, Snsd, Sunsoo, Taeny, Yoonhyun, Yoonyul, Yulsic
Exibições 319
Palavras 1.727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei bem mais rápido do que pretendia, mas vocês não se importam, neh
Essa one é dedicada para uma pessoa muito especial. Boo espero que você ~e todos vcs que vão ler~ goste. É um dos meus clichês preferidos, quando vi já estava escrevendo então me perdoem se já estão enjoados hahaha enfim, desculpem os erros e boa leitura!

Capítulo 10 - Confession


― Vamos Fany-ah! ― Taeyeon gritava do primeiro andar. ― Vamos chegar atrasadas! 

 

Tiffany colocou o colete sobre a blusa vermelha e com uma última olhada no espelho, correu para o corredor. Desceu as escadas e encontrou a melhor amiga a olhando com cara de poucos amigos. 

 

― Que foi? ― Tiffany perguntou. 

 

Taeyeon nada disse, apenas olhou a amiga dos pés à cabeça. 

 

― Você vai para a festa vestida assim? 

 

Tiffany olhou para sua roupa e não viu nada demais. Um short branco que deixava suas lindas pernas à mostra, uma camiseta vermelha e um colete também na cor branco. E não podemos esquecer do tênis rosa. 

 

― Têm algo errado com ela? ― Questionou a ruiva. 

 

Taeyeon balançou a cabeça de modo negativo. Tiffany se adiantou para passar pela porta.  

 

― A questão é essa. Você está muito bonita, o que vou fazer quando os meninos caírem matando em cima de você? Olha o tamanho desse short! 

 

Tiffany sorriu com a declaração. Se Taeyeon soubesse o que suas palavras causavam em Tiffany. 

 

― Que mentira! ― Tiffany bateu seu ombro contra o da amiga. ― Depois que Leeteuk chega você só tem olhos para ele. 

 

Taeyeon agora estava em frente à porta do motorista, mas antes de entrar no veículo ela encarou Tiffany que abria a porta do carona. 

 

― Eu sempre estou de olho em você. ― Ela estava sorrindo. 

 

Tiffany não evitou de engolir em seco. Não me faça ficar mais apaixonada por você. 

 

― Não estava reclamando que estávamos atrasadas? Vamos logo. ― Tiffany entrou no carro e colocou o cinto de segurança. 

 

Taeyeon rapidamente manobrou o veículo e conduziu pelas ruas de Seoul. Tiffany estava ansiosa, mas não sabia o porque. Pegou o telefone e desbloqueou a tela vendo que Jessica havia mandado uma mensagem. 

 

“Já estou aqui, onde vocês estão?” 

 

“Chegamos em dez minutos” 

 

― Quem é? ― Taeyeon perguntou sem tirar os olhos da pista. 

 

― Jessica, ela já chegou. 

 

Tiffany desviou o olhar do telefone a tempo de ver Taeyeon fazer uma pequena careta e não pode evitar o risinho. 

 

― O que? ― Taeyeon perguntou. 

 

― Esse seu ciúmes da Jessica.

 

― Eu não tenho ciúmes da Jessica! 

 

― Seeei. 

 

Tiffany adorava provocar Taeyeon. A mais velha sempre fora muito possessiva com relação à sua amiga americana. Tiffany sempre tinha que repetir para si mesma que aquilo não passava de uma reação normal a amizade forte que tinham. Afinal, elas se conheciam desde criança e sempre fizeram tudo juntas. 

 

― Tudo bem, eu posso ter um pouco. ― Taeyeon confessou enquanto diminuía a velocidade do carro e parava em frente à casa que acontecia a festa. ― Mas eu não tenho culpa alguma. Porque você tinha que ser assim? 

 

Tiffany que até então sorria ficou confusa com a última parte e franziu a testa. 

 

― Assim como? 

 

Taeyeon abriu a porta e saiu do carro seguida por Tiffany. Elas estavam lado a lado atravessando o gramado.

 

― Você atrai as pessoas para perto. Todas querem a sua atenção. ― Taeyeon explicou. ― Eu não gosto… 

 

Se soubesse que só você atrai minha atenção, Tiffany pensou. 

 

― Tão fofa essa minha Taetae! 

 

― Yah! Não sou fofa! 

 

Tiffany riu e pensou em passar os braços pela cintura da outra, mas alguém foi mais rápido. Taeyeon quase saiu do chão com o abraço de urso de Leeteuk. 

 

― Finalmente chegou. ― Ele beijou o rosto de Taeyeon que sorriu para o namorado. ― Oi Tiffany. 

 

― Oi. ― Tiffany forçou um sorriso. ― Eu não vou ficar de vela, então se me dão licença. 

 

Tiffany já se virava para ir embora quando sentiu seu braço ser segurado. 

 

― Vou ficar de olho em você! ― Taeyeon sorriu. 

 

Tiffany piscou para a amiga e se afastou. Foi até a cozinha e pegou algo para beber. Encontrou alguns conhecidos no caminho, mas os cumprimentou rápido e logo voltou para a sala. Sentou em um banco e ficou observando Taeyeon e Leeteuk dançarem. 

 

― Essa sua cara de idiota apaixonada está extremamente sexy. ― Alguém sussurrou no ouvido da ruiva. 

 

Tiffany virou o rosto na direção da dona da voz e encontrou Jessica. 

 

― Boba. ― Tiffany rolou os olhos e se inclinou para beijar o rosto da loira. 

 

Elas ficaram em silêncio por alguns minuto. Jessica estava concentrada em responder as mensagens no telefone enquanto Tiffany seguia todos os movimentos de Taeyeon no outro lado da sala. Quando Jessica finalmente tirou a atenção do telefone ela seguiu com o olhar o que a ruiva encarava. 

 

― Vai acabar babando assim. 

 

Tiffany se virou com os olhos arregalados. 

 

― Babando? Quem? Eu não! 

 

Jessica riu. 

 

― Eu ainda não consigo entender como a Tae não percebeu que você gosta dela. ― A loira confessou. 

 

― Eu não gosto dela. ― Tiffany disse atraindo a atenção da outra. Jessica ergueu uma das sobrancelhas desacreditada. ― Eu a amo. 

 

― Estou com vontade de apertar suas bochechas de tão fofa que você está. ― Jessica confessou causando risadas na ruiva. ― Mas não vou fazer isso porque vai contra a minha religião. 

 

― Fico feliz por isso. 

 

O telefone de Jessica vibrou e depois de responder a mensagem ela voltou-se para Tiffany. 

 

― Por que não se declara Fany? ― Jessica perguntou. 

 

― Ficou louca? Eu não posso fazer isso! 

 

― Por que não? O que pode acontecer? ― Jessica insistiu. 

 

Tiffany ficou quieta por alguns segundos. Seu olhar encontrou Taeyeon sorrindo. 

 

 ― Ela pode nunca mais olhar na minha cara. ― A ruiva engoliu em seco e voltou a olhar Jessica. A loira viu a dor na íris castanha. ― Se isso acontecer, não sei o que vai ser de mim. 

 

― Então você vai viver esse “e se?” até quando? É melhor se arrepender de ter feito algo do que morrer com a dúvida. Eu sei o que estou falando Fany, você mais do que todos sabe disso. 

 

Tiffany mordeu o lábio inferior. Ela sabia que a amiga estava certa, mas e se tudo desse errado? E se ela levasse um tapa na cara? Sua cabeça enchia-se de perguntas enquanto seu coração se apertava para lembrar-lhe da pior coisa que poderia acontecer. Taeyeon se afastar. 

 

― Ela vai me deixar. ― A ruiva resmungou. Jessica iria argumentar, mas viu a amiga virar o copo com a bebida de uma vez. 

 

― Wou.. Vai com calma! 

 

― Vou falar com ela. 

 

― Tiffany, quando eu disse que deveria falar com ela, não é agora. Não nessa festa, não com o namorado dela aqui. ― Jessica tentou segurar a ruiva, mas ela se livrou do aperto no braço facilmente. 

 

― Se eu não falar com ela agora, vou perder a pouca coragem que eu tenho.

 

Jessica por fim balançou a cabeça. 

 

― Tudo bem. Qualquer coisa estarei aqui. 

 

― Obrigada. 

 

Tiffany se afastou do lugar em que estava e começou a procurar Taeyeon. Ela estava aqui há alguns instantes, como ela sumiu tão rápido? A ruiva andou pela sala inteira e como não encontrou a baixinha seguiu para a cozinha e depois para a entrada da casa. 

 

― Onde é que… 

 

― Me procurando? Eu disse que ficaria… 

 

Tiffany sentiu tocarem seu ombro. Ela não precisou se virar para saber quem era. Aquele cheiro de baunilha era inconfundível. 

 

― Eu preciso falar com você. 

 

Tiffany não esperou por uma resposta. Puxou Taeyeon pelo braço e arrastou-a até a parte de trás da casa. Havia poucas pessoas ali, de modo que não seriam atrapalhadas por ninguém. Taeyeon, que estava confusa, ficou apreensiva quando viu a feição da amiga. 

 

― Está tudo bem, Fany? Você parece pálida. Está se sentindo bem? 

 

Tiffany balançou a cabeça de modo positivo, incapaz de falar algo. Sua cabeça dava voltas e suas mãos estavam inquietas. A ruiva engoliu em seco e tentou se acalmar, mas assim que seus olhos encontraram os de Taeyeon sua coragem se foi. 

 

― Tiffany! 

 

― Hm? 

 

― Você está me preocupando. Acho que é melhor voltarmos para casa. 

 

― Não! ― Tiffany disse apressada. Taeyeon parou no mesmo segundo. ― E-eu preciso de dizer algo antes. 

 

― Diga então. O que aconteceu? 

 

Tiffany assentiu. 

 

― Aconteceu... ― A ruiva começou e teve total atenção da amiga. ― Aconteceu que eu estou apaixonada, e… 

 

― O QUE?? ― Taeyeon arregalou os olhos surpresa. Tiffany fez uma expressão de susto por conta do tom de voz da outra. Taeyeon acabou rindo por conta da cara da amiga. ― Desculpe, é que eu fiquei surpresa. 

 

Tiffany mexeu as mãos em sinal de nervosismo, ato que não passou despercebido por Taeyeon. 

 

― Você está nervosa. Devo acreditar que você está muito apaixonada por esse cara. ― A baixinha continuou, agora com um sorriso no rosto. ― Quem é, eu conheço? 

 

Tiffany desviou os olhos por alguns instantes clamando aos céus por ajuda. 

 

― Ahm, você conhece. ― Começou de forma desajeitada. ― Mas não é um cara. 

 

― Omo! 

 

Tiffany voltou o olhar para ver a expressão da até então amiga. Ela estava surpresa, mas não havia nenhuma rejeição ali. Pelo menos não ainda. 

 

― Você não… 

 

― De forma alguma. ― Taeyeon chegou bem perto fazendo o coração de Tiffany saltar. Ela segurou o rosto da ruiva entre as mãos e sorriu docemente. ― Você é uma das pessoas mais importantes para mim, não te deixaria por nada. 

 

Aquelas últimas palavras deram a força que Tiffany precisava. Quando Taeyeon fez menção de que iria se afastar, Tiffany ergueu o braço esquerdo e segurou a cintura fina da loirinha mantendo o corpo dela junto ao seu. Taeyeon não acharia nada de errado naquilo se os olhos de Tiffany não estivessem encarando os seus tão intensamente. E foi a vez dela engolir em seco. 

 

― Tiffany o que você…? 

 

A ruiva nada disse. Apenas inclinou seu rosto perigosamente para perto dos lábios rosados da loira. Quando estava a menos de cinco centímetros de encostar as bocas, a ruiva desviou a direção e seu nariz tocou no pescoço alheio. Tiffany não conseguiu reprimir o desejo de respirar fundo e quase sorriu quando viu Taeyeon se arrepiar. 

 

― Todo mundo é fadado a conhecer uma pessoa especial e sonhar com o amor. ― Tiffany sussurrou baixinho no ouvido de Taeyeon que sentiu o corpo estremecer. ― No meu caso, foi você

 

 

 

 

 


Notas Finais


Voces já sabem o que devem fazer!
Ela terá parte II então fiquem ligados!
~Boo a última frase foi para você <3~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...