História Acho que te amo - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~dudamitagata

Exibições 107
Palavras 375
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Ficção
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


TIVE UM ATAQUE DO CORAÇÃO QUANDO REELI ESSE CAP ANTES DE POSTARR

Ps: Se vc tem coração frio ele vai derreter com esse cap <3

Capítulo 11 - Palhaço Assassino?


Fanfic / Fanfiction Acho que te amo - Capítulo 11 - Palhaço Assassino?

Pov's Bianca Tatto

Acordo de madrugada com um pesadelo, olho em volta, vejo Pedro deitado ao meu lado, tento dormir, porém... Não consigo, resolvo mexer um pouco em meu celular

-Mor? - Levo um susto ao escutar Pedro, AI MEU SENHOR JESUS CRISTINHO PAI ETERNO, ele me chamou de "Morrr"

-Oi Pepo- Digo rouca 

-Você tá bem, porque que está acordada?

-Acordei de madrugada e perdi o sono

-Hum... Quer sair andando por aí?- O olho assustada

-Você tá louco? São duas da manhã

-Oxi, e oque que tem? - Ele pergunta como se fosse óbvio 

-Mano, tem hora que você faz cada pergunta idiota que ó... Até vou deixar quieto, vamos logo - Ele sorri vitorioso 

Pego umas paradas, espero Pedro e vamos

Enquanto andamos por aí, vejo um ser humaninho vestido de palhaço com uma faca nos olhando de longe

-Pedro... Esse palhaço vai nos matar-Sussurro para ele

-Sai de mansinho...- Ele sussurra de volta 

Vamos saindo de fininho até que o palhaço começa a correr atrás da gente começamos a correr mais do que o flash

Tropeço em uma pedra e caio dando um mal jeito no meu pé, Pedro olha para trás e volta para me ajudar, tento correr mas não dá, meu pé está doendo DEMAIS e olha que não sou de frescuras 

-Pedro, não dá, meu pé está doendo muito

-Vish...- Ele me pega "no colo" e corre comigo

-Mano, oque você está fazendo, eu sou pesada

-Eu faço academia pra isso, agora só cala a boca e deixa eu correr do palhaço

Ele corre comigo e vamos para aonde estava as cabanas, o palhaço já se afastou a tempo, mas só para garantir, continuamos a correr

Entramos na cabana...

-Aonde tá doendo?

-Em toda essa área da canela - Ele meio que massageia a área onde está doendo, mas por incrível que parece não ajuda

-Está melhorando?

-Não, deixa isso, amanhã vamos para o hospital

-Tem certeza? Isso pode estar quebrado

-Acho que não é pra tanto Pedro, deve ter no máximo embolado o nervo...

-Sabe... É que eu me preocupo muito com você...

-Eu sei meu amor - Lhe selo, o mesmo sorri para mim enquanto me abraça de lado e ficamos conversando até pegarmos no sono 


Notas Finais


EU DISSE QUE ESTAVA FOFOOOO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...